especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Internacional - 22/01/2011 - 10h45

Irã e comunidade internacional voltam a dialogar sobre programa nuclear




Por Redação Pantanal News/Agência Brasil

Os negociadores do Irã e da comunidade internacional recomeçam hoje (22) em Istambul, na Turquia, as conversas sobre o programa nuclear iraniano que ontem, ao serem retomadas, acabaram sem acordo. Houve ainda um momento de tensão com o aviso do embaixador iraniano na Agência Internacional de Energia Atômica (Aiea), Ali-Asghar Soltanieh, de que não haverá  suspensão do projeto de enriquecimento de urânio.

Para líderes estrangeiros, o fim do enriquecimento de urânio é fundamental para renegociar o encerramento das restrições ao Irã.  De acordo com especialistas, o processo de enriquecimento é uma das etapas da fabricação de armamentos.

Nas reuniões de ontem estiveram presentes representantes do Irã, do P5+1 (Grã-Bretanha, China, França, Rússia, Estados Unidos e Alemanha), do Conselho de Segurança das Nações Unidas e da União Europeia. Nas conversas, as autoridades iranianas destacaram a necessidade da busca pelo diálogo com base no Acordo de Genebra, que determinou quatro etapas de negociações. Esta fase agora, em Istambul, inaugura a primeira rodada de diálogo.

Há sete meses, o Irã é submetido a sanções impostas pelo Conselho de Segurança das Nações Unidas e unilateralmente por alguns países como os Estados Unidos, o Canadá, a Austrália, o Japão e outros. A decisão foi tomada como forma de pressionar o Irã a abandonar o programa nuclear desenvolvido no país.

As restrições atingem diretamente as áreas de economia e comércio, vetando transações bancárias e o transporte por via marítima e aérea. Porém, os governos do Brasil e da Turquia atuaram para impedir a imposição das sanções. Ambos foram responsáveis pela intermediação de um acordo para a troca de urânio enriquecido com o Irã.

O acordo, porém, não foi aceito pela comunidade internacional que mantém a suspeita sobre a produção secreta de armas nucleares no Irã. Os iranianos negam a acusação e afirmam que o programa nuclear desenvolvido por eles tem fins pacíficos.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
08/01/2018 - 07h50
Cachorrinha reencontra donos após ser capturada por águia nos EUA
24/10/2017 - 11h16
Em Assunção, Ruiter expõe desafios e oportunidades para viabilidade de hidrovia
14/09/2017 - 10h45
Raras girafas brancas são observadas em parque no Quênia
11/09/2017 - 14h23
Distantes, moradores de MS vivem angústia com parentes nos EUA
08/09/2017 - 07h10
Aquidauanense que mora no Texas relata desespero com furacão
 
Últimas notícias do site
19/01/2018 - 07h35
Carnaval de Corumbá terá Axé Blond, Revelação e baterias da Mangueira e Gaviões da Fiel
19/01/2018 - 07h10
Carnaval de Corumbá: atrações tem até hoje para realizar cadastro
19/01/2018 - 07h05
Carnaval de Corumbá: blocos oficiais iniciam ensaios e enredos falam de temas atuais
18/01/2018 - 10h35
Carnaval de Corumbá: inscrições para concurso de fantasias seguem até 31 de janeiro
18/01/2018 - 09h13
Após Exército, Marinha também entra na luta contra o Aedes aegypti em Corumbá
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.