especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Internacional - 20/01/2011 - 11h05

Embaixador brasileiro diz que acredita na conclusão das eleições haitianas




Por Redação Pantanal News/Agência Brasil

O embaixador do Brasil no Haiti, Igor Kipman, disse que a chegada do ex-presidente Jean-Claude Duvalier - Baby Doc - a Porto Príncipe causa "frisson” mas que se mantém confiante de que o país caribenho conseguirá concluir seu processo eleitoral, interrompido por suspeitas de fraude no primeiro turno.

“Sou um otimista”, disse o embaixador. “Acho que até a semana que vem deve ser anunciado o resultado oficial e não vejo nenhum motivo, no curto prazo e nem a médio prazo, para que haja instabilidade. Estamos estimando um segundo turno no dia 20 de março”, disse Kipman.

A primeira votação ocorreu em 28 de novembro de 2010 e o segundo turno deveria ter sido realizado no último domingo (14). Depois de enfrentar protestos diante da divulgação do resultado, as autoridades haitianas decidiram esperar por uma análise feita pela Organização dos Estados Americanos (OEA), que foi entregue esta semana ao Comitê Eleitoral Provisório (CEP), órgão que tem o poder de acatar ou rejeitar as recomendações feitas pela comunidade internacional.

O relatório, apresentado pela Comissão Especial de Verificação da OEA, identificou
“irregularidades significativas” e recomendou que sejam feitas novas votações. Caso o CEP decida pela realização do segundo turno, a OEA recomendou substituir o candidato governista Jude Celestin por Michel Martelly, que disputaria a presidência do país com a primeira colocada, a  candidata de oposição Mirlande Manigat.

Kipman minimizou os efeitos da presença de Duvalier no país e disse que considera “remota”, mas não impossível, a anulação do processo eleitoral em curso. “O CEP, diante de todos esses percalços e opiniões divergentes, pode decidir anular as eleições. Aí parte-se para um novo processo, abrem-se novas inscrições”, explicou o embaixador.

Dessa forma, seria aberta a brecha para que Duvalier possa entrar na disputa. O ex-ditador haitiano chegou ao país no domingo (16) e disse que voltava para “ajudar” na reconstrução do país, arrasado pelo terremoto do ano passado. Já o advogado de Duvalier, Reynold George, declarou que ele tem pretensões políticas e que tem todo o direito de exercer de novo o poder no Haiti. “Um político nunca morre”, declarou George.

O mandato do atual presidente, René Préval, termina no próximo dia 7 de fevereiro, mas há um entendimento de que ele pode postergar sua saída para o dia 14 de maio, quando completam cinco anos a contar do dia de sua posse.

Além disso, Préval conseguiu aprovar no Congresso uma lei que lhe permite permanecer o tempo que for necessário para que o processo eleitoral seja concluído. O limite para essa lei, no entanto, é o dia 14 de maio. “Não é novidade esse atraso nas eleições. Isso aqui é uma coisa recorrente. Em 2005, as eleições foram postergadas quatro vezes”, comentou Igor Kipman.

Na terça-feira (17), Duvalier foi indiciado pela Justiça haitiana por assassinatos, corrupção, roubo, desvio de dinheiro  público durante seu governo. Mesmo enfrentando acusações, ele tem o apoio de parte da população. Muitos simpatizantes são ex-militares que atuaram durante o governo de Duvalier.

Baby Doc herdou o poder em 1971, com a morte do pai, François Duvalier, conhecido como Papa Doc. Quando assumiu, tinha 19 anos. A milícia ligada à família Duvalier é  conhecida como os Tonton Macoutes e é acusada de ter exterminado 30 mil pessoas e desaparecido com cerca de 15 mil.

A simpatia ao ex-ditador, na opinião do embaixador brasileiro, tem uma motivação pragmática. “Há sempre essa saudade do tempo do governo dele. As pessoas têm essa perspectiva de que no governo de Duvalier havia energia 24 horas por dia, havia mais segurança”, reconhece o embaixador que minimizou os efeitos de sua volta. “Ele chegou no domingo, hoje [ontem, 19] já é quarta-feira e não houve grandes manifestações de rua ou violência. Eu acredito que isso não deve ocorrer”, analisou Kipman.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
08/01/2018 - 07h50
Cachorrinha reencontra donos após ser capturada por águia nos EUA
24/10/2017 - 11h16
Em Assunção, Ruiter expõe desafios e oportunidades para viabilidade de hidrovia
14/09/2017 - 10h45
Raras girafas brancas são observadas em parque no Quênia
11/09/2017 - 14h23
Distantes, moradores de MS vivem angústia com parentes nos EUA
08/09/2017 - 07h10
Aquidauanense que mora no Texas relata desespero com furacão
 
Últimas notícias do site
19/01/2018 - 07h35
Carnaval de Corumbá terá Axé Blond, Revelação e baterias da Mangueira e Gaviões da Fiel
19/01/2018 - 07h10
Carnaval de Corumbá: atrações tem até hoje para realizar cadastro
19/01/2018 - 07h05
Carnaval de Corumbá: blocos oficiais iniciam ensaios e enredos falam de temas atuais
18/01/2018 - 10h35
Carnaval de Corumbá: inscrições para concurso de fantasias seguem até 31 de janeiro
18/01/2018 - 09h13
Após Exército, Marinha também entra na luta contra o Aedes aegypti em Corumbá
 

88

ZAP NOVO
Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.