CARNAVAL CORUMBÁ 2018
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Internacional - 19/01/2011 - 10h57

Bolívia promete normalizar fornecimento de gás ao Brasil e à Argentina




Por Redação Pantanal News/Agência Brasil

O presidente da estatal Jazidas Petrolíferas Fiscais da Bolívia (cuja sigla é YPFB Corporation), Carlos Villegas, afirmou que a partir do próximo dia 1º será normalizado o fornecimento de gás natural para o Brasil e a Argentina. Segundo ele, a medida será possível depois da conclusão do processo de manutenção das plantas de San Alberto e Sabalo, ambas localizadas no Sul da Bolívia.

Segundo Villegas, houve um acordo entre as empresas Petrobras, do Brasil, e Enarsa, da Argentina, para aumentar o volume de exportação aos dois países. O governo da Bolívia anunciou ainda que o sistema de fornecimento de gás natural será padronizado, mas não detalhou como será o processo de padronização.

"A partir de fevereiro, pretendemos restabelecer a distribuição [de gás natural]. Mas antes, necessariamente, deve ser concluída a manutenção das plantas", disse Villegas. As informações são das agências oficiais de notícias da Bolívia, a ABI, e da Argentina, a Telam.

Paralelamente, a Petrobras confirmou ontem (18), em comunicação à estatal boliviana, que vai participar da exploração de petróleo e novas jazidas de gás na Bolívia. Villegas disse que a Petrobras mantém atividades na região de Ingre, em Santa Cruz. De acordo com ele, há três áreas já selecionadas para a exploração.

Pelo plano de exploração da estatal boliviana, considerando a próxima década, a Bolívia tem um potencial de gás de 54 trilhões de pés cúbicos e um potencial de produção de petróleo de 1,409 milhão de barris.

Segundo Villegas, estão em vigor 43 contratos de exploração, envolvendo  12 empresas de diversos países, incluindo o Canadá e o Irã. Atualmente, a estatal mantém 30 áreas distintas no país para a exploração de gás e petróleo. Mas outras 32 estão em negociação.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
08/01/2018 - 07h50
Cachorrinha reencontra donos após ser capturada por águia nos EUA
24/10/2017 - 11h16
Em Assunção, Ruiter expõe desafios e oportunidades para viabilidade de hidrovia
14/09/2017 - 10h45
Raras girafas brancas são observadas em parque no Quênia
11/09/2017 - 14h23
Distantes, moradores de MS vivem angústia com parentes nos EUA
08/09/2017 - 07h10
Aquidauanense que mora no Texas relata desespero com furacão
 
Últimas notícias do site
16/01/2018 - 15h43
Secretaria disponibiliza 80 mil doses de vacina contra febre amarela em MS
16/01/2018 - 14h30
Obra de qualidade é uma das marcas do Governo, diz Rose depois de visitar Corumbá
16/01/2018 - 10h30
Ipê-roxo é primeira árvore do Cerrado a ter genoma sequenciado
16/01/2018 - 08h40
Rebanho de MS cresceu para 21.8 milhões de cabeças de gado em 2017, diz Iagro
16/01/2018 - 08h34
Prefeitura de Corumbá implanta ponto eletrônico
 

88

ZAP NOVO
Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.