CARNAVAL CORUMBÁ 2018
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Ciência e Tecnologia - 17/01/2011 - 09h29

Família de escritora vive 'off-line' de tecnologia para contar a experiência em livro




Por Redação Pantanal News/Portal Educação

Com tanta tecnologia fica difícil imaginarmos que conseguiríamos viver sem um computador acessando todos os dias a internet, assistindo televisão ou consultando o smartphone? Porém, o que parece impossível foi realidade para uma escritora australiana. Além dela, a família inteira aderiu à vida “desplugada” durante um semestre e descreveu essa experiência em um livro.

“Foi um alívio sem a
tecnologia, meus filhos aprenderam a fazer uma coisa de cada vez e um deles mudou de profissão”, conta a escritora Susan Maushart, em entrevista a BBC. Segundo Maushart, a ideia começou após notar que seus três filhos não usavam a mídia eletrônica, “eles habitavam a mídia eletrônica”.

“Temia por cyberbullying e coisas do tipo, a quantidade de tempo que eles passavam conectados, o impacto disso nas suas relações, nas refeições e sono”, conta a escritora. Em conversa com um dos filhos, enquanto jogava videogame, ela o perguntou: “como seria a vida, se eles não tivessem tantas tecnologias? De imediato, o jovem de 15 anos respondeu: “a vida seria uma chatice”. “A partir disso, resolvi implementar o experimento de seis meses off-line”, relata.

Porém, o desafio só foi possível após “subornar” os filhos com parte do lucro, se conseguisse transformar a experiência no livro The Winter of Our Disconnect, que foi lançado somente nos EUA.

Ela conta que foi difícil até mesmo ficar longe do iPhone. “Levava comigo ao banheiro, comprava capinhas e dormia com ele”, diz a escritora. Para Maushart, ficar longe da
tecnologia foi um “alívio libertador”.

Em um primeiro momento, a filha mais nova decidiu ir morar com o pai e só voltou à casa de Maushart após seis semanas do início do projeto. Em períodos de desespero, os adolescentes resgataram o Lego e os jogos de tabuleiro do fundo do armário – e gostaram. Segundo a escritora, foi um experimento que chamou até a atenção dos amigos dos filhos, que alegavam inclusive que a falta do computador prejudicaria os estudos. Para a escritora, isso não aconteceu.

“Pelo contrário, eles se saíram melhor. Eram mais eficientes, porque não estavam fazendo mil coisas ao mesmo tempo. Minha filha mais velha usava o computador da universidade e, sem distrações, terminava os trabalhos com mais rapidez”, descreve.

Hoje, após o resultado dos seis meses, diz que houve mudanças até permanentes. “Durante o experimento, meu filho começou a tocar saxofone e agora estuda (o instrumento) profissionalmente. Minha filha mais velha redescobriu seu amor pela leitura e aprendeu a fazer uma coisa de cada vez. E a mais nova, bem, eu ainda tenho que pedir que ela saia do Facebook”.

Para a tutora do
Portal Educação, psicóloga Denise Marcon, é difícil se desviar das tecnologias e o uso da internet, já que estão presentes na vida de milhões de pessoas. Entretanto, esse hábito causa muitos problemas. “O uso excessivo destes meios pode desencadear nas crianças, adolescentes e adultos problemas de relacionamento e até mesmo isolamento social, permitindo que deixem de lado outras atividades prazerosas, limitando-se somente ao uso do computador”, explica.

“A iniciativa desta autora é muito interessante, pois mostra que ainda podemos viver sem a
tecnologia e redescobrir outras atividades que fazem muito bem às nossas vidas”, encerra Marcon.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
22/11/2017 - 09h39
Projetos do IFMS conquistam principais prêmios de feira científica estadual
08/11/2017 - 15h17
Estudantes do IFMS vencem competição nacional de foguetes
25/10/2017 - 07h46
Reinaldo participa da abertura da Semana de Tecnologia nesta quarta-feira
21/08/2017 - 11h51
IFMS prorroga inscrições em Feiras de Ciência para setembro
22/06/2017 - 10h05
IFMS promove evento de tecnologia aberto à comunidade em Aquidauna
 
Últimas notícias do site
16/01/2018 - 15h43
Secretaria disponibiliza 80 mil doses de vacina contra febre amarela em MS
16/01/2018 - 14h30
Obra de qualidade é uma das marcas do Governo, diz Rose depois de visitar Corumbá
16/01/2018 - 10h30
Ipê-roxo é primeira árvore do Cerrado a ter genoma sequenciado
16/01/2018 - 08h40
Rebanho de MS cresceu para 21.8 milhões de cabeças de gado em 2017, diz Iagro
16/01/2018 - 08h34
Prefeitura de Corumbá implanta ponto eletrônico
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.