zap
MAIS OBRAS MS 3 MESES
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meio ambiente - 03/11/2008 - 00h05

PMA lança plano de atuação para o período de piracema




Por Nadjanara Morbeck, do Notícias MS

         Será lançado hoje (3) o plano operacional da Polícia Militar Ambiental (PMA) para o período de Piracema nos rios que atravessam o Estado. O evento vai contar com a participação do governador André Puccinelli e acontece a partir de 8h da manhã no auditório Manoel de Barros, no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camilo, na Capital. Na mesma ocasião serão entregues viaturas para as polícias civil e militar e acontece também a aula inaugural do Curso de Formação de Soldados.

          A PMA vai apresentar o esquema especial de fiscalização que será aplicado durante o período de reprodução dos peixes nos rios de Mato Grosso do Sul. A temporada de proibição da pesca predatória começa já no início de novembro – dia 1° na bacia do rio Paraná e dia 5 no rio Paraguai. Para coibir tentativas de descumprimento das regras que vigoram durante a piracema e garantir a preservação destes animais, a PMA desenvolveu um esquema especial de fiscalização, intensificando as ações nas áreas em que se concentram os cardumes.

          Durante os anos anteriores as ações ambientais da polícia durante o período de defeso têm demonstrado bons resultados, com destaque para o crescimento no índice de prisões, o que caracteriza como exemplo da eficácia das fiscalizações da PMA e mostra para a população que crimes ambientais também são passíveis de prisão. A lei 9.605 prevê pena de um a três anos de cadeia para quem for pego praticando pesca predatória.

          Os estoques de pescado nas peixarias (foto) também serão fiscalizados pelos policiais militares ambientais, evitando a compra irregular de peixes para a comercialização, prática que incentiva a pesca predatória. Os métodos utilizados para a realização das fiscalizações serão outro tópico abordado pela PMA durante o lançamento da campanha da piracema.

Produção Rogério Valdez

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
21/08/2017 - 11h33
PMA resgata veado que caiu em lagoa de tratamento de aterro sanitário de Anastácio
10/08/2017 - 11h16
MS registra o maior número de queimadas dos últimos 7 anos
09/08/2017 - 07h53
Em apenas uma semana, agosto já é o 2° mês com mais focos de calor
04/08/2017 - 11h04
Bodoquena, um paraíso de águas, serras e grutas
02/08/2017 - 08h44
Quantidade de focos de calor em julho foi a maior dos últimos 18 anos em MS
 
Últimas notícias do site
21/08/2017 - 17h12
Vídeo: Ministro oficializa migração de 23 rádios da frequência AM para FM
21/08/2017 - 17h06
Vídeo: Ministro oficializa migração de 23 rádios da frequência AM para FM
21/08/2017 - 17h00
Vídeo: Ministro assina documento que autoriza migração de rádios AM para FM em MS
21/08/2017 - 15h10
PMA autua pecuarista por desmatamento Terenos
21/08/2017 - 11h51
IFMS prorroga inscrições em Feiras de Ciência para setembro
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.