zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meio ambiente - 02/12/2010 - 07h53

Desmatamento na Amazônia cai 14% e alcança menor taxa em 22 anos




Por Redação Pantanal News/Governo Federal

A taxa anual de desmatamento da Amazônia, com os números da devastação entre agosto de 2009 e julho de 2010 revela queda de 14% na taxa de desmatamento em relação ao ano passado. O acumulado deve chegar a cerca de 5 mil quilômetros quadrados (km²), a menor taxa desde o início do monitoramento pelo Projeto de Monitoramento do Desflorestamento na Amazônia Legal (Prodes). O sistema utiliza satélites para observação das áreas que sofreram desmatamento total, o chamando corte raso. A área desmatada equivale ao tamanho do Distrito Federal ou a quatro vezes o da cidade de São Paulo.

Em 2009, a Amazônia perdeu 7,6 mil km² de floresta, consolidando a tendência de queda observada pelo Instituto Nasional de Pesquisas Espaciais (Inpe) desde 2005, depois que a derrubada atingiu pico de 27 mi km² de desmate em 2004.

No entanto, apesar da tendência de queda, o desmatamento na Amazônia tem mudado de perfil. As operações de fiscalização e controle e as medidas de restrição ao crédito para propriedades irregulares conseguiram frear a devastação de grandes áreas de florestas, mas os pequenos desmatamentos estão aumentando em número e se espalhando por regiões até então conservadas.

Nos próximos anos, o combate à derrubada ilegal da floresta vai ter que incorporar novas estratégias, principalmente ligadas à regularização fundiária, para evitar a abertura de novas frentes de desmatamento.

Com a taxa de anual de 6 mil km², o Brasil se aproxima da meta de reduzir o desmatamento da Amazônia em 80% até 2020. Pelo cronograma, assumido em compromisso internacional, daqui a dez anos, o país chegará a uma taxa anual de 3,5 mil km² de desmate. O governo já cogita antecipar o cumprimento da meta para 2016.

Macrozoneamento - No dia 1º foi assinado decreto que institui o Macrozoneamento Econômico Ecológico da Amazônia Legal. O macrozoneamento é um instrumento fundamental para o planejamento e gestão ambiental e territorial, estabelecido na Política Nacional do Meio Ambiente, cujo objetivo é promover um modelo de desenvolvimento sustentável na região amazônica. O plano funciona como um mapa de possibilidades da região, de acordo com as características naturais, vocação econômica e risco à biodiversidade.

Entre outras medidas, o macrozoneamento define áreas prioritárias de conservação, restringe atividades econômicas predatórias, e cria novas diretrizes para a pecuária na região.

As estratégias gerais para a Amazônia Legal são:
- Regularização fundiária
- Criação e fortalecimento das Unidades de Conservação
- Reconhecimento das territorialidades de comunidades tradicionais e povos indígenas e fortalecimento das cadeias de produtos da sociobiodiversidade
- Fortalecimento de uma política de Estado para a pesca e aqüicultura sustentáveis
- Planejamento integrado das redes logísticas
- Organização de pólos industriais
- Mineração e energia com verticalização das cadeias produtivas na região
- Estruturação de uma rede de cidades como sede de processos tecnológicos e produtivos inovadores
- Revolução Científica e tecnológica para a promoção dos usos inteligentes e sustentáveis dos recursos naturais
- Planejamento da expansão e conversão dos sistemas de produção agrícola, com mais produção e mais proteção ambiental
- Conservação e gestão integrada dos recursos hídricos
- Desenvolvimento do turismo em bases sustentáveis
- Redução de gases de efeito estufa provocada pela mudança no uso do solo, desmatamento e queimada

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
25/05/2017 - 08h51
'Árvore de tucanos' é paisagem diária para casal de aposentados de MS
24/05/2017 - 14h08
Cheia se consolida e rio Paraguai mantém há 24 dias mesmo volume de água
18/05/2017 - 15h17
Cartilha informa pescadores e turistas sobre legislação e regras de pesca em MS
08/05/2017 - 09h13
Projeto Arara Azul é finalista em prêmio nacional
05/05/2017 - 06h08
Rota das Monções: passeio em MS para conhecer exploração dos índios e do ouro no século XVII
 
Últimas notícias do site
29/05/2017 - 09h37
Fim de semana marcado pela prisão de condutores embriagados
29/05/2017 - 07h55
PMA prende dois por pesca predatória e por porte ilegal de pistola e munições
29/05/2017 - 07h30
Conab mostra uso de geotecnologia de safras em simpósio de sensoriamento remoto
29/05/2017 - 07h09
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
29/05/2017 - 06h46
Sisu abre hoje inscrições para o segundo semestre
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.