GOVERNO PRESENTE
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Forças Armadas - 10/11/2010 - 07h37

Exército combate tráfico na fronteira com veículos de guerra e até cães farejadores




Por Redação Pantanal News/Liziane Berrocal (*), do Midiamax News

Os motoristas que chegam aos postos de fiscalização de fronteira podem se assustar num primeiro momento da fiscalização. No posto da Polícia Rodoviária Federal, na BR 163 próximo a Dourados, viaturas e militares armados com fuzis e fardas camufladas param os motoristas e os orientam sobre a importância da operação.

Já no caso do posto Pacuri, na BR 463, a 17 quilômetros de Ponta Porã, veículos mais pesados fazem parte da paisagem e auxiliam na operação. Tanques de guerra, jipes, caminhonetes e até mesmo helicópteros fazem parte do cenário.

A fronteira foi fechada com cones de sinalização e arame farpado e os homens camuflados contam ainda com a ajuda de cães adestrados para farejar entorpecentes. Segundo o comandante do terceiro esquadrão da 11 Brigada de Cavalaria Motorizada, os cães sã usados para auxiliar na busca de drogas escondidas pelos traficantes.

No esquadrão há uma sessão de “cães de guerra”, adestrados para buscas de entorpecentes. E os cães trabalham bem. Esse é o caso de Bool, um labrador caramelo de pouco mais de dois anos que já participou da apreensão de carregamentos de até 120 quilos de cocaína e pasta base da droga.

O treinamento é feito usando bastões onde há um pouco da droga. “Com o bastão fazemos o estímulo dos sentidos do cão e também como se fosse um brinquedo. O cão é estimulado a buscar o entorpecente pelo cheiro”, explica o capitão.

O adestrador de Bool é o sargento Frazão. Segundo ele, o labrador é um cão dócil e bastante utilizado nesse tipo de operação. No canil da corporação que funciona desde 2007, são cinco cães adestrados para participarem das operações militares. E não pensem que o “cão de guerra” é mais sério que os outros. Brincalhão, Bool é receptivo com a reportagem e segundo o adestrador, esse e o primeiro passo para o treinamento.

“Trabalhamos a afetividade com os cães, que é a primeira prerrogativa para estabelecer a relação de confiança com eles”, explica Frazão.

Um cão adestrado para operações de busca tem em média sete anos de trabalho, e após esse tempo, vai para a “reserva”. Quando então é adotado por algum dos militares e vai viver como um cão normal, mas com o “dever cumprido”.

Liziane Berrocal


(*) A repórter acompanha a operação a convite do Comando Militar do Oeste

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
31/05/2017 - 16h15
Distrito Naval em Ladário comemora Batalha Naval do Riachuelo
31/05/2017 - 09h01
Exército anuncia doação de área para Parque Tecnológico de Ponta Porã
25/05/2017 - 11h43
Forças Armadas começam a deixar Esplanada dos Ministérios
15/05/2017 - 13h40
Marinha abre inscrições para oficiais e prova poderá ser feita em MS
26/04/2017 - 16h02
Marinheiros realizam curso de manejo rural
 
Últimas notícias do site
21/07/2017 - 16h10
Mato Grosso do Sul perdeu R$ 2,27 bilhões com violência no trânsito em 2016
21/07/2017 - 16h02
Governo realiza mutirão para migração de rádios AM para FM dos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul
21/07/2017 - 15h13
Mutirão AM/FM acontece na próxima semana em MT e MS
21/07/2017 - 09h32
Com plantações afetadas pela geada, abobrinha fica 16% mais cara
21/07/2017 - 08h50
Período de saque das contas inativas do FGTS termina em 10 dias
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.