zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Energia - 05/11/2010 - 16h09

MS terá reforço na transmissão de energia com mais uma linha 230 kV




Por Redação Pantanal News/Gizele Cruz de Oliveira(NotíciasMS)

divulgação
recurso

Campo Grande (MS) – Mato Grosso do Sul terá o sistema transmissor de energia elétrica reforçado com a construção de mais uma Linha de Transmissão (LT) de 230 kV. O empreendimento vai ser implantado entre Anastácio e Corumbá, e terá como principal benefício solucionar problemas existentes para o suprimento à expansão do mercado da região corumbaense.

A nova LT faz parte do pacote de novas instalações de transmissão que serão leiloadas no mês que vem. São ao todo nove lotes de empreendimentos. O edital para a construção foi publicado na quinta-feira (4) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A abertura de propostas acontecerá no dia 9 de dezembro, às 10 horas, na sede da BM&FBovespa, em São Paulo. No total, serão licitados 685 quilômetros de linhas de transmissão e dez subestações, com previsão de geração de 4,5 mil empregos diretos e de investimentos da ordem de R$ 890,9 milhões. As obras serão realizadas em sete estados: Rio Grande do Sul, Goiás, Paraná, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Pará.

O lote que diz respeito a Mato Grosso do Sul é Lote G, composto de duas obras: a Subestação (SE) Corumbá e a Linha de Transmissão (LT) 230 kV Corumbá – Anastácio. Com 295 quilômetros de extensão, a LT em território sul-mato-grossense é a maior do pacote a ser licitado, e a segunda em estimativa de geração de emprego direto na obra (1.350). A previsão é que após a concorrência e a assinatura do contrato, a nova linha de transmissão entre em operação comercial dentro de 24 meses.

Poderão participar do leilão pessoas jurídicas de direito privado nacionais ou estrangeiras, isoladamente ou reunidas em consórcio, e Fundos de Investimento em Participações (FIP), também de forma isolada ou consorciada com outros fundos ou pessoas jurídicas de direito privado. As inscrições on-line poderão ser feitas de 8h do dia 6 às 14h do dia 7.

Na concorrência, os participantes apresentam propostas para a Receita Anual Permitida (RAP) – receita a que a concessionária tem direito pela prestação do serviço público de transmissão a partir da entrada em operação comercial das instalações. A menor oferta é a vencedora.

Estratégico

A garantia de linhões de transmissão de 230 kV é um dos projetos considerados estratégicos pelo governador André Puccinelli para impulsionar o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul. Desde o início do governo, André faz gestões junto ao governo federal para que o Estado seja incluído nos planos de expansão da Rede Básica do sistema energético, com a construção das novas linhas.

Além do empreendimento que vai ser licitado em dezembro, já estão em andamento em Mato Grosso do Sul obras de instalações de transmissão licitadas há quase dois anos pela Aneel. O lote A da concorrência (na região do Bolsão) incluiu cinco municípios e 370 quilômetros de rede, além da Subestação (SE) Chapadão e SE Inocência; e o lote B (centro-sul), 16 municípios e 557 quilômetros, e ainda as Subestações Imbirussu, em Campo Grande, SE Sidrolândia, SE Anastácio, SE Ivinhema, SE Rio Brilhante, SE Santa Luzia I e II em Nova Alvorada do Sul.  A nova LT Corumbá-Anastácio completará a ligação dos linhões, na direção oeste.

Com o reforço no sistema de transmissão, Mato Grosso do Sul poderá exportar energia de Pequenas Centrais Hidrelétricas e de biomassa. A energia limpa co-gerada pelas usinas de açúcar e álcool tem crescido, graças aos incentivos do governo estadual para o setor e o interesse de empresários que consideram o estado como uma das novas fronteiras para a expansão canavieira.


 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
09/12/2013 - 09h57
Agência inicia em MS fiscalização de brinquedos e luminárias de Natal
17/10/2013 - 17h30
Horário de verão vai gerar economia de R$ 400 milhões, diz ONS
23/03/2013 - 08h05
No dia mundial da água jovens conhecem eletrodomésticos que preservam mananciais no consumo de energia
21/03/2013 - 15h37
Versão atualizada da cartilha Por Dentro da Conta de Luz
21/03/2013 - 14h05
Energia mensal de duas casas usa 1,5 milhões de litros de água
 
Últimas notícias do site
17/11/2017 - 16h03
Viralizou: cachorrinho 'penetra' na balada é a imagem mais fofa que você vai ver hoje
17/11/2017 - 10h18
Fim de semana tem sertanejo, funk, comédia e teatro
17/11/2017 - 07h53
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
17/11/2017 - 07h44
Proprietários rurais são autuados por manterem carvoarias ilegais
17/11/2017 - 06h14
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.