zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Artigos - 07/09/2010 - 10h05

Homenagem à Maçonaria Gaudéria




Por Hiram Reis e Silva


 

 

Caro Irmão Maçom

 

 

Quero te saudar na simbologia

 

 

Do compasso entrelaçado por um esquadro

 

 

Fulgurado no centro pela invencível estrela flamejante.

 

 

De princípio, agradeço ao Grande Arquiteto do Universo

 

 

Por ter-nos criado Justos, Perfeitos e Iguais.

 

 

Somos filhos de uma mesma mãe: Fecunda, Generosa, Bondosa.

 

 

(Ir:. Henrique Jorge)

 

 

 

- A Independência do Brasil à Sombra da Acácia

 

O Brigadeiro Domingos Alves Branco Muniz Barreto, em uma sessão da Loja “Comércio e Artes”, propôs que se conferisse ao Príncipe D. Pedro I, o título de “Protetor e Defensor Perpétuo do Brasil”. D. Pedro aceitou o título, propondo apenas a supressão do termo “Protetor”. Os maçons, habilmente, arquitetaram o desenrolar do 7 de setembro de 1822, lançando a idéia da convocação de uma Constituinte. Gonçalves Ledo e Januário Barbosa redigiram o projeto e, no dia 3 de junho, foi publicado o Decreto convocando a Assembléia Geral Constituinte e Legislativa. 

A proposta de admissão do Príncipe na Ordem, a 13 de julho de 1822, foi aprovada e a 2 de agosto, D. Pedro era iniciado na Loja “Comércio e Artes”, recebendo o nome de “Guatimozim”. Na tarde de 7 de setembro de 1822, às margens do Ipiranga, D. Pedro promulgou o que já fora resolvido a 20 de agosto no Grande Oriente do Brasil. D. Pedro atendeu às recomendações da Maçonaria e o grito, segundo Adelino de Figueiredo Lima, era a denominação de uma das “palestras” da sociedade secreta “Nobre Ordem dos Cavaleiros de Santa Cruz”, fundada por José Bonifácio.

 

 

- Um Gaudério na Irmandade

 

Léo Ribeiro de Souza

 

 

Meus senhores, permissão,

 

pra contar de um sucedido

 

que ha tempos passou comigo

 

em São Chico, meu rincão.

 

Afora esse meu jeitão

 

dizem que sou boa gente

 

e por isso, certamente,

 

um amigaço do peito

 

convidou esse sujeito

 

para um clube diferente.

 

 

 

Começou essa jornada

 

quando os Filhos de Hiram

 

estacionaram uma van

 

em frente a minha morada.

 

Dei um thau pra gurizada,

 

embarquei na condução,

 

que saiu na contramão,

 

meio rodando na pista,

 

depois me taparam as vistas,

 

virou tudo escuridão.

 

 

 

E levaram esse paisano,

 

meio as cegas, vê se pode,

 

pra um lugar que tinha bode

 

e um quartinho desumano.

 

Me chamavam de profano,

 

aprontaram umas judiarias,

 

porque deixaram essa cria

 

sentada por mais de hora

 

com um dos ombros de fora

 

no singrar da noite fria.

 

 

 

Depois de algumas caçoadas

 

m’entreveraram num jogo,

 

senti quentura de fogo

 

escutei umas trovoadas.

 

Até pelearam por nada

 

pois quando veio a visão

 

já tinha um morto no chão

 

num ambiente fumacento

 

e todo mundo ali dentro

 

com uma adaga na mão.

 

 

 

-Aonde estou? – Mas que diacho!

 

Era um salão sem janela!

 

O teto?! Uma gamela

 

assim, de boca pra baixo.

 

Passando os olhos, num facho,

 

vi que não era normal.

 

Não tinha prenda, e o pessoal

 

era “loco” por fogão

 

pois todos, sem exceção,

 

tinham, atado, um avental.

 

 

 

Pensei em “frouxá” o garrão,

 

em fugir, abrir o pala,

 

mas lá por fora da sala

 

tinha um outro guardião.

 

Devia ser garanhão

 

lhe chamavam o Cobridor.

 

Eu sentia o batedor

 

pulsando no peito aberto

 

e ainda tinha um Experto

 

se rindo do meu pavor.

 

 

 

Meu nome foi aprovado,

 

sentei e fiquei bombeando...

 

Um xiru entrou rengueando

 

tal qual tivesse baleado!

 

É que chegou atrasado

 

i’era esta a penitência.

 

Andejei por mil querências

 

e não vi nestas cruzadas

 

uma gente tão educada

 

e com tanta reverência.

 

 

 

E o Patrão “tava” elegante

 

com um brazão sobre o peito

 

e pra manter o respeito

 

tinha até dois Vigilantes.

 

Não gostei por uns instantes

 

dos cochichos que um fazia:

 

vinha do palco e trazia

 

pra um outro cochichador.

 

E o gaiteiro, o tocador,

 

era um Mestre de Harmonia.,

 

 

 

Um não parava sentado,

 

sempre palmeando uma lança,

 

outro vinha na esperança

 

de arrecadar uns trocados.

 

C’um saco, meio de lado,

 

em zigue-zague na sala.

 

Tudo apartado por alas

 

e cada qual em seu posto

 

e lhes digo: me deu gosto

 

de ouvir o Xiru das Falas.

 

 

 

Duas tronqueiras na entrada,

 

laço enosado por cima,

 

luz fraca de lamparina,

 

cadeira “tudo” estofada.

 

Eu senti que aquela indiada

 

mãos no joelhos, braços retos,

 

tinham um carinho, um afeto,

 

por aquela construção.

 

Quem estruturou o galpão

 

por certo é um Grande Arquiteto!

 

 

 

Eu fui ficando a vontade

 

porque vi neste ambiente

 

que o Olho Onividente

 

é um guia pra humanidade.

 

Ali eu vi que a igualdade

 

tem valor e tem sentido,

 

que homens esclarecidos

 

tendo força e união

 

podem estender a mão

 

pra este mundo sofrido.

 

 

 

Esta é a minha sociedade

 

de ritos, simbologias,

 

que busca no dia a dia

 

padrões de moralidade.

 

Não é qualquer entidade

 

que eu sou tratado de Irmão...

 

Onde raça ou religião

 

não é o que mais importa,

 

onde, com três batidas na porta

se encontra a luz da razão.

 


Coronel de Engenharia Hiram Reis e Silva
Professor do Colégio Militar de Porto Alegre (CMPA)
Presidente da Sociedade de Amigos da Amazônia Brasileira (SAMBRAS)
Acadêmico da Academia de História Militar Terrestre do Brasil (AHIMTB)
Membro do Instituto de História e Tradições do Rio Grande do Sul (IHTRGS)
Colaborador Emérito da Liga de Defesa Nacional
Site:
http://www.amazoniaenossaselva.com.br
E–mail:
hiramrs@terra.com.br


Os artigos publicados com assinatura não representam a opinião do Portal Pantanal News. Sua publicação tem o objetivo de estimular o debate dos problemas do Pantanal do Mato Grosso do Sul e de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, garantindo um espaço democrático para a livre exposição de correntes diferentes de pensamentos, idéias e opiniões. redacao@pantanalnews.com.br

 

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
20/04/2017 - 15h12
Adolescentes em risco de suicídio e o jogo da Baleia Azul
18/04/2017 - 15h00
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte IV
18/04/2017 - 14h55
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte III
18/04/2017 - 14h50
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte II
18/04/2017 - 14h45
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte I
 
Últimas notícias do site
20/04/2017 - 16h22
Deputado Dr. Paulo Siufi recebe Medalha Tiradentes da PM de MS
20/04/2017 - 16h15
Dr. Paulo Siufi cobra cumprimento de lei que monitora eletronicamente os exames de direção veicular
20/04/2017 - 16h02
Ação humana coloca em xeque a conservação de aves do Pantanal
20/04/2017 - 15h48
Conab enviará mais 59,45 mil t de milho para municípios do Norte e Nordeste
20/04/2017 - 15h12
Adolescentes em risco de suicídio e o jogo da Baleia Azul
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.