zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meio ambiente - 14/07/2010 - 07h09

Problema de incêndios no Estado é inferior a anos anteriores




Por Redação Pantanal News/Waldemar Hozano(NotíciasMS)

Divulgação
recurso
 

 Campo Grande (MS) -Trabalhos preventivos e convênios firmados para o combate a incêndios no Estado foram decisivos para a diminuição das ocorrências de focos,  na avaliação do comandante do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Ociel Ortiz Elias. Um dos trabalhos preventivos do Corpo de Bombeiros Militar, segundo o coronel Ociel, é a Campanha de Proteção Ambiental (CPA) realizada por aproximadamente 170 bombeiros que atuam nos municípios de Coxim, Costa Rica, Água Clara, Chapadão do Sul e Três Lagoas.

A campanha, realizada desde o ano passado atua na área de prevenção por meio de palestras e orientações a fazendeiros e escolas rurais nesses cinco municípios. Outra medida preventiva, ativada ainda no ano passado é a brigada de incêndios que envolve trabalhadores residentes no município de Chapadão do Sul. “Dentro do projeto de Proteção Ambiental, bombeiros oferecem treinamento por meio de aulas teóricas para que os trabalhadores rurais, aprendam como se prevenir e como agir diante de um incêndio” explica o coronel.

            Além da Campanha de Proteção Ambiental,  em janeiro deste ano, o Estado de Mato Grosso do Sul, teve a iniciativa pioneira de firmar um convênio com o Ministério do Meio Ambiente que oferece estrutura para os bombeiros atuarem nas regiões de Bodoquena, Dois Irmãos do Buriti, Rio Negro e no Pantanal.  De acordo com Ociel, esses municípios foram escolhidos, por registrarem maior numero de focos no Estado.

 Outro convênio que visa a prevenção de queimadas no Estado, é a parceria do Ibama com as prefeituras de Corumbá, Miranda, Aquidauana, Porto Murtinho e Jatei . O convênio consiste na contratação de policiais civis desses municípios para atuarem durante seis meses em um treinamento intenso que visa à sua preparação para enfrentar situações de riscos. “ No ano passado, atendíamos só Corumbá, Miranda e Porto Murtinho, este ano ampliamos para Aquidauana e Jateí e ano que vem pretendemos aumentar mais municípios” comenta o coronel.

Com isso, apesar de possuir um extenso território de vegetação nativa, Mato Grosso do Sul não é o vilão dos estados brasileiros que registram elevados números de focos de incêndios. De acordo com estatísticas do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama), o Estado ocupa o 8º lugar no ranking nacional entre os que estão em situação crítica em relação às queimadas, enquanto em anos anteriores sempre se situava entre os primeiros em relação ao problema.

 De acordo com dados do Ibama, o Estado registrou, até hoje, 608 focos de incêndio este ano. “ Pela quantidade de focos no Estado, com esses grupos de atendimentos aos municípios do interior, essas medidas de prevenção combatem cerca de 80% dos focos de incêndio em todo o Estado” afirma o comandante dos Bombeiros. 

Ranking Nacional

 Conforme estatísticas reveladas pelo Ibama, o primeiro estado a registrar focos de incêndio é Mato Grosso com o total de 2.592 pontos. Em 2º lugar ficou Tocantins com 1.294, seguido da Bahia que registrou 1.188 focos. Em 4º lugar ficou Minas Gerais registrando 868 focos, em 5º ficou o estado de São Paulo com 760, em 6º Maranhão registrando 655, e no 7º lugar ficou o estado de Goiás com 643 focos de incêndios. Mato Grosso do Sul, ocupa o 8° lugar, sendo o estado da região centro – oeste que tem menos focos de incêndios.


 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
22/06/2017 - 15h50
Cães para adoção serão vacinados gratuitamente nesta sexta
21/06/2017 - 13h32
Coordenador ambiental alerta sobre incêndios florestais no inverno em MS
21/06/2017 - 11h16
Monumento natural que funciona como balneário ganha plano de manejo em Bonito, MS
09/06/2017 - 08h40
Moradores transformam terreno baldio em horta comunitária em MS
08/06/2017 - 15h42
Dourado está para os rios como onça para o Pantanal, compara pesquisador
 
Últimas notícias do site
22/06/2017 - 15h54
PIS/Pasep está disponível para saque até a próxima semana
22/06/2017 - 15h50
Cães para adoção serão vacinados gratuitamente nesta sexta
22/06/2017 - 15h35
Vazio sanitário, que segue até setembro, beneficia lavouras de soja de MS
22/06/2017 - 14h12
Teste da orelhinha: diagnóstico permite que bebês com deficiência auditiva desenvolvam a comunicação precocemente
22/06/2017 - 14h01
Professores de MS aderem à greve nacional no próximo dia 30
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.