zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Artigos - 21/06/2010 - 07h45

Opúsculo de bons princípios




Por Bruno Peron Loureiro

A Bolívia tem sido construída por um povo merecedor e perseverante. Constroem-se nações modernas em entrelaçamento com o tradicional na América Latina. O reconhecimento deste processo se deve a que há muito mais que o termo "modernidade" esconde na história destes países, como as cosmovisões de centenas de etnias indígenas.

Infelizmente os detratores do presidente boliviano Evo Morales são muitos, mas logo o projeto plurinacional reitera o compromisso com a diversidade cultural no país. Por isso o argumento de vizinhos não vai além, por exemplo, do ressentimento pela nacionalização da Petróleo Brasileiro S/A (Petrobrás) na Bolívia.

Ainda que a intenção oficial seja a de resgatar a dívida histórica mal paga - e impossível de quitar completamente devido ao nível de truculência - aos indígenas, há enormes resistências de detentores de porções amplas de terras e meios de comunicação.

O grande plano de governo de Evo Morales destoa dos ideais liberais e modernos - dogmáticos diga-se de passagem - porque sua ambição é a batalha pelos princípios da participação e a soberania populares, e a equidade de gênero, para mencionar alguns.

A Bolívia assiste ao recrudescimento de um modelo de "democracia intercultural", que transcende o da democracia representativa e o fetiche do voto e dos partidos diz-que representantes do interesse popular. Nem mesmo o uso de urnas eletrônicas, que se poderia confundir com avanço da democracia, é capaz de provar o fervor político de uma nação.

Três formas complementares de democracia desenvolvem-se na Bolívia: a direta e participativa; a representativa; e a comunitária. As impressões essenciais do governo de Morales são o reconhecimento das organizações políticas e do povo indígena na intermediação política.

Não fosse a valentia das comunidades indígenas bolivianas, que sofreram saques irreversíveis de sua cultura e território, os poucos departamentos onde vigoram governos opositores fariam triunfar seus planos opressores e subordinados ao capitalismo neoliberal.

O referendo nacional de janeiro de 2009 na Bolívia, que aprovou uma nova Constituição Política de Estado, concretizou a suspeita de que o país tivesse eleito um estadista efetivamente preocupado com as causas populares e indígenas. A nação dispôs-se a mudanças.

A transição à democracia, cujo processo foi vivido por vários outros países latino-americanos maculados por regimes autoritários, não é o último desafio histórico da Bolívia, que se prepara para um novo salto. As políticas reformistas prepararam sua própria tumba.

Desta vez, a Bolívia caminha para uma "democracia intercultural", melhor qualidade da representação política, maior reconhecimento de direitos cidadãos, e consolidação de uma instituição eleitoral independente.

A Lei do Órgão Eleitoral Plurinacional, de Regime Eleitoral, do Órgão Judicial, do Tribunal Constitucional Plurinacional e a de Marco de Autonomias e Descentralização são cinco leis orgânicas que têm o prazo de 180 dias para aprovação ou até 22 de julho de 2010.

Cogita-se a transformação do Órgão Eleitoral Plurinacional no quarto poder do Estado ao lado do Executivo, Legislativo e Judiciário. O projeto de lei do OEP visa a normatizar o sistema eleitoral.

Entre outras prerrogativas, o projeto confere maior poder ao OEP, que poderia, entre outras atribuições, regular os espaços e tempos de propaganda partidária nos meios de comunicação. Existe ainda a previsão de mudança da Corte Nacional Eleitoral pelo Tribunal Supremo Eleitoral, e de estabelecimento dos Tribunais Eleitorais Departamentais.

O cenário político ebule na Bolívia, enquanto evapora o plano de retomada de poder por grupos oligárquicos, que exibem táticas cada vez mais descabidas. É a vez das camadas populares. Já se previa que um povo digno não cederia à farra ocidental modernizante.

Afinal, há os que se entregam com facilidade a qualquer ideia elegante mas impostora, enquanto outros não cedem com facilidade tudo aquilo que eles mesmos e seus ancestrais consquistaram com muito suor, como os costumes.

A lição do estadista Evo Morales é de que um povo heroico trace um objetivo com base no que tiver de mais valioso. A crença em si mesmo é ponto de partida. A luta é condição necessária. A realização é consequência natural.



http://www.brunoperon.com.br

Os artigos publicados com assinatura não representam a opinião do Portal Pantanal News. Sua publicação tem o objetivo de estimular o debate dos problemas do Pantanal do Mato Grosso do Sul e de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, garantindo um espaço democrático para a livre exposição de correntes diferentes de pensamentos, idéias e opiniões. redacao@pantanalnews.com.br

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

 

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
22/05/2017 - 09h01
Heraldo Pereira e Bosco Martins: um breve reencontro entre amigos
04/05/2017 - 14h30
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte VI
02/05/2017 - 11h08
O poeta de Sobral
24/04/2017 - 09h53
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte V
20/04/2017 - 15h12
Adolescentes em risco de suicídio e o jogo da Baleia Azul
 
Últimas notícias do site
29/05/2017 - 15h40
Em audiência pública, deputado Dr. Paulo Siufi propõe anteprojeto de combate e prevenção à depressão
29/05/2017 - 13h12
Cheia no Pantanal deverá atingir cerca de quatro metros e meio na metade do ano
29/05/2017 - 12h40
Polícia Militar prende dois homens por violência doméstica no fim de semana
29/05/2017 - 12h01
Comandante recepciona novos sargentos do 7º BPM de Aquidauana
29/05/2017 - 09h37
Fim de semana marcado pela prisão de condutores embriagados
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.