zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Energia - 08/04/2010 - 07h21

ANEEL convoca empreiteiras e Governo para definir traçado de linha de transmissão e subestação em Chapadão do Sul






Por Redação Pantanal News/Paulo Souza

A Agência Nacional de Energia Elétrica vai convocar na semana que vem os envolvidos na construção da nova linha de transmissão a ser implantada da Usina de Ilha Solteira (SP) a Campo Grande, para debater uma solução que atenda o pedido dos produtores rurais de Chapadão do Sul, insatisfeitos com o traçado previsto no projeto original da obra.

A decisão foi tomada nesta quarta-feira, 7 de abril, na sede da agência, em Brasília, um dia depois que o Senado discutiu o assunto em audiência pública convocada pela Comissão de Agricultura e Reforma Agrária.A audiência , presidida pelo senador Valter Pereira (PMDB/MS), contou com a participação dos senadores Delcídio do Amaral (PT/MS) e Marisa Serrano (PMDB/MS), o presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Maurício Tolmasquim, o secretário estadual de Meio Ambiente, Carlos Alberto de Menezes, o  assessor da Superintendência de Concessões e Autorizações de Linhas de Distribuição da Aneel,  Adilson Rufato, o delegado do Sindicato Rural de Chapadão do Sul,  Elo Loeff, e os produtores rurais Rudimar e Darci Borgelt.

Delcídio, que no início do mês passado apresentou o pedido para alteração do traçado na ANEEL, disse que, na proposta original, a linha atravessa regiões altamente produtivas da Região do Bolsão e da divisa com Goiás, aumentando o risco de acidentes e trazendo prejuízos para os agricultores.

“A direção da ANEEL entendeu que o traçado atual pode provocar impactos econômicos negativos nas áreas rurais, comprometendo a produtividade. Pelo projeto já licitado, a rede corta áreas de pecuária em Selvíria, Paranaíba e Inocência, que não sofreriam maiores impactos. Mas em Chapadão ela atravessa lavouras muito produtivas de soja, de milho e de algodão, com riscos de acidentes em cabos, encanamentos agrícolas e com aeronaves que pulverizam a agricultura. A idéia é deslocar a linha para um raio aproximado de 10km do local onde está definida a implantação. Além disso, se as linhas ficarem muito próximas da área urbana , no futuro, as interligações das Pequenas Centrais Hidrelétricas-PCHs e das geradoras de energia ligadas às subestações vão gerar um emaranhado de redes, prejudiciais ao desenvolvimento das cidades”, argumenta Delcídio.

O senador ressaltou a necessidade de definir o novo traçado no menor tempo possível. Segundo ele, caso isso não seja feito, as obras da instalação das linhas de transmissão e da subestação de energia poderão estar em tal estágio que não será possível mudar a localização.

Delcídio adiantou que serão convocados para debater o assunto as empresas distribuidoras de energia, as empreiteiras responsáveis pela execução da obra, o Sindicato Rural e a Prefeitura de Chapadão do Sul, além do governo do estado, através da Secretaria de Meio Ambiente, responsável pela emissão da licença de construção e operação da linha.
Delcídio considera as reivindicações do Sindicato Rural de Chapadão do Sul   pertinentes.

“São áreas nobres, que produzem muitas riquezas e onde são gerados milhares de empregos. A nova linha é fundamental para reforçar o nosso sistema de distribuição e ampliar a oferta de energia em todo o estado. Por isso, acho importante uma adequação no traçado que contemple os interesses dos produtores e, ao mesmo tempo, satisfaça as necessidades de desenvolvimento do estado”, explicou o senador, que é especialista da área, trabalhou na construção de várias usinas e já foi ministro de Minas e Energia.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
09/12/2013 - 09h57
Agência inicia em MS fiscalização de brinquedos e luminárias de Natal
17/10/2013 - 17h30
Horário de verão vai gerar economia de R$ 400 milhões, diz ONS
23/03/2013 - 08h05
No dia mundial da água jovens conhecem eletrodomésticos que preservam mananciais no consumo de energia
21/03/2013 - 15h37
Versão atualizada da cartilha Por Dentro da Conta de Luz
21/03/2013 - 14h05
Energia mensal de duas casas usa 1,5 milhões de litros de água
 
Últimas notícias do site
17/11/2017 - 16h03
Viralizou: cachorrinho 'penetra' na balada é a imagem mais fofa que você vai ver hoje
17/11/2017 - 10h18
Fim de semana tem sertanejo, funk, comédia e teatro
17/11/2017 - 07h53
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
17/11/2017 - 07h44
Proprietários rurais são autuados por manterem carvoarias ilegais
17/11/2017 - 06h14
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.