zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Energia - 31/03/2010 - 17h00

Governo já economizou cerca de R$ 2 milhões com readequação tarifária de energia elétrica




Por Redação Pantanal News/Notícias.MS

Divulgação
recurso  

Campo Grande (MS) – O governo do Estado já economizou, em um período de 24 meses (2008 e 2009), aproximadamente R$ 2 milhões em energia. Os gastos adicionais foram notados graças à iniciativa da equipe da Gerência de Projetos de Energia (GPE) da Secretaria de Estado de Obras Públicas e de Transportes (Seop) e da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), que realizou um minucioso estudo em 46 unidades consumidoras públicas – de um total de 1.392 em todo o Estado - que apresentavam distorções na relação custo-benefício.

Tais unidades excediam o valor contratado da tarifa de energia em suas faturas. Com base na readequação tarifária, a GPE promoveu as mudanças necessárias junto à concessionária de energia do Estado, evitando assim os pagamentos excessivos de juros e multas pela forma pactuada de valoração do contrato de energia.

O contrato de demanda, firmado entre o governo do Estado e a concessionária de energia, estipula um valor pré-estabelecido para consumo em cada uma das unidades consumidoras públicas analisadas. Com o crescimento vegetativo da unidade, seus valores de consumo foram aumentando, contudo, sem haver a devida correção no contrato. Esses problemas provocaram a ocorrência da Demanda de Ultrapassagem e, como consequência, multas equivalentes a três vezes o valor da tarifa normal de fornecimento (conforme definido na Portaria 456 da ANEEL – Artigo 56, parágrafo II, inciso 1°).

Ocorreram casos também em que o consumo foi menor do que o valor contratado provocando assim um desperdício no custo da energia paga. Sendo assim, foi necessária uma correção contratual que redefiniu o valor contratado para essas 46 unidades consumidoras.

“Os contratos não eram revistos há muito tempo, então, seguindo as determinações do governador André Puccinelli, no início da gestão, em otimizar recursos e reduzir gastos, decidimos realizar esse estudo, que agora vem apresentando os resultados esperados para a economia do governo do Estado”, relata o secretário de Estado de Obras Públicas e de Transportes, Edson Giroto.

 Os resultados demonstram também a competência e o empenho dos técnicos da gerência: “Tínhamos um gasto médio mensal em torno de R$ 1,75 milhão, e agora conseguimos recuperar o equivalente a R$ 1,96 milhão. Continuamos monitorando o consumo de cada unidade cumprindo com nossas obrigações de gerir bem os recursos públicos”, diz Ildo D'Oliveira Mariano, gerente de Projetos de Energia da Seop.

 Eficientização de Energia

Um segundo processo foi executado em consonância com o estipulado na Resolução Normativa nº 176, de 28 de novembro de 2005, da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), conforme dispõe o Termo de Acordo de Redução Tarifária, por meio de parceria entre o governo do Estado a Enersul e Assembleia Legislativa, que coordenam a implantação do Programas de Eficiência Energética nas unidades consumidoras públicas (Seop, Segov e Iagro), comerciais (Maternidade Cândido Mariano), industriais (Condomínio Albano Franco, Semalo - Indústria e Comércio de Alimentos Ltda.) e urbanos (comunidades em situação de vulnerabilidade social - baixa renda) de Mato Grosso do Sul, com o firme propósito de alcançar as ações sob a visão da eficiência da energia.

Foi realizado um diagnóstico energético inicialmente em alguns prédios com o objetivo de apresentar uma síntese dos potenciais de racionalização de energia nas instalações. O estudo foi baseado em levantamentos de campo e informações prestadas pelas respectivas administrações e pessoal de operação das unidades, tendo como foco a readequação nos sistemas de ar condicionado e iluminação.

Foram verificados fatores como tempo de utilização, possibilidades de redistribuição, desligamentos ao longo período, nível de luminância, dimensionamento dos equipamentos, situação atual, readequação e manutenção.

A partir daí, com a análise das informações, foram apresentados o diagnóstico com os consumos específicos, potencial de economia de energia por uso final e as recomendações visando à utilização racional da energia elétrica, o que ocasionou a substituição de lâmpadas e luminárias com baixo rendimento e baixa eficiência por lâmpadas fluorescentes tubular e lâmpadas mistas por vapor metálico, além da troca de equipamentos de ar condicionados de baixo rendimento e alto consumo por outros de melhor eficiência.

Em continuidade ao processo, ainda este ano outros prédios públicos como Secretaria de Estado do Meio Ambiente, do Planejamento, da Ciência e Tecnologia (Semac), Procuradoria Geral do Estado (PGE), Assembleia Legislativa, Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e Secretaria de Estado de Administração (SAD) deverão passar pela mesma análise, visando melhor relação custo/benefício e maior economia por parte do governo do Estado.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
09/12/2013 - 09h57
Agência inicia em MS fiscalização de brinquedos e luminárias de Natal
17/10/2013 - 17h30
Horário de verão vai gerar economia de R$ 400 milhões, diz ONS
23/03/2013 - 08h05
No dia mundial da água jovens conhecem eletrodomésticos que preservam mananciais no consumo de energia
21/03/2013 - 15h37
Versão atualizada da cartilha Por Dentro da Conta de Luz
21/03/2013 - 14h05
Energia mensal de duas casas usa 1,5 milhões de litros de água
 
Últimas notícias do site
22/11/2017 - 11h35
PMA autua fazendeiro por erosão e assoreamento de córrego
22/11/2017 - 09h39
Projetos do IFMS conquistam principais prêmios de feira científica estadual
22/11/2017 - 09h23
Projeto Florestinha completa 25 anos formando cidadãos responsáveis
22/11/2017 - 07h26
Acumulada, Mega-Sena pode pagar R$ 50 milhões nesta quarta-feira
22/11/2017 - 06h13
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.