zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Artes e lazer - 15/02/2010 - 16h13

Prédio da rodoviária será transformado em Centro de Artes




Por Redação Pantanal News/Notícias.MS

Rachid Waqued
recurso
 

         Campo Grande (MS) – Depois de 15 anos de discussões e embargos às tentativas de se aproveitar a estrutura que abrigaria um terminal de passageiros no bairro Cabreúva, enfim a obra será totalmente adaptada para se transformar em cenário de convivência e lazer para cultura. Nas vésperas do feriado de Carnaval, o governador André Puccinelli participou de solenidade na qual o prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho, autorizou a construção da 1ª etapa do Centro Municipal de Belas Artes.

 Resultado de parcerias, estudos técnicos e empenho da equipe de engenheiros e arquitetos da administração municipal, a obra representa investimentos de R$ 6,5 milhões, provenientes do Ministério do Turismo, por meio de emenda do deputado federal Dagoberto Nogueira, e da Prefeitura. Esse montante destina-se às adaptações feitas em uma área de 4 mil m, correspondente a primeira etapa do projeto. Segundo o prefeito, outros R$ 17 milhões já foram assegurados pelo governo federal para a finalização do centro, que terá um espaço total de 14 mil m.

Nelsinho explica que a participação do governador André Puccinelli foi vital para a realização do projeto. “Primeiro, o André nos ajudou a convencer o Ministério Público Estadual (MPE) que ali (no Cabreúva) não havia condições de instalarmos a nossa rodoviária. Em 2007, participou do termo de compromisso de ajustamento de conduta que celebramos com o MPE e ainda doou toda a área e o prédio, sem os quais, nada poderíamos fazer”, concluiu.

Para o governador André Puccinelli, “a técnica e os estudos devem prevalecer”, ao comentar o resultado da pesquisa encomendada pela Prefeitura de Campo Grande para definir a localização da nova rodoviária. O estudo realizado por pesquisadores da Unicamp constatou que 80% do fluxo de ônibus de viagens vêm da região Sul da cidade. Outro levantamento também veio provar que as ruas estreitas no entorno da obra do Cabreúva não comportariam os veículos pesados e nem o aumento do tráfego que uma rodoviária traria. “Ficou claro que os custos de uma nova construção como a que foi feita na saída para São Paulo seriam menores do que todas as adequações necessárias para concluir a obra no Cabreúva. Graças às habilidades dos arquitetos e os esforços de todos, quem ganha é a Capital com este belo projeto no fim da Via Morena”, finaliza.

Representando a classe cultural e artística do município, o artista plástico Humberto Espíndola acredita que a construção do Centro Municipal de Belas Artes vem para suprir a necessidade que Campo Grande tinha de se tornar metropolitana (no contexto cultural). “Sonhei com um teatro municipal na nossa cidade, onde pudéssemos apreciar grandes peças, um importante corpo de baile. O centro é importante para que a cidade possa receber grandes eventos”, comemora.

O Centro Municipal de Belas Artes será um instrumento especial de integração, divulgação e popularização das atividades artísticas e culturais locais. No espaço estarão reunidos o Centro de Música Municipal Ernani Alves Corrêa, que agrupa a Escola de Música, a Banda Municipal, a Orquestra Sinfônica Municipal e o Coro Municipal; a Companhia Municipal de Dança; as Oficinas de Artes Plásticas e Artesanato; a Pinacoteca Municipal e a Escola Municipal de Teatro. 

O prédio terá uma administração central, restaurante, um teatro com 435 lugares, um auditório com 137 lugares e um alojamento para 100 pessoas. Para o deputado Dagoberto Nogueira (autor da emenda que destinou os recursos para a obra), depois de pronto, o monumento se constituirá também como ponto turístico da Capital.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
21/01/2014 - 15h45
Projeto oferece atividades em praças e parques de Campo Grande
25/10/2013 - 07h37
Academias ao ar livre têm orientação de professores em MS; veja horários
18/10/2013 - 10h23
Dupla formada em Campo Grande consegue vaga no The Voice
27/09/2013 - 15h29
CCI realizará uma semana de comemoração ao Dia do Idoso
23/11/2012 - 09h09
FCMS leva o artesanato sul-mato-grossense para a 23º Feira Nacional do Artesanato
 
Últimas notícias do site
23/10/2017 - 07h41
PMA e parceiros realizam Educação Ambiental para alunos em escolas ribeirinhas e indígenas
23/10/2017 - 07h40
Em oito dias, Mato Grosso do Sul registra queda de 55 mil raios
23/10/2017 - 07h02
Medidas anunciadas por Temer farão ressurgir o rio Taquari, diz Ruiter
23/10/2017 - 06h52
Ruiter participa de Encontro Carta Caiman com presidente Michel Temer
23/10/2017 - 06h45
Com um preparo super fácil, tomates recheados com queijo salvarão seu almoço
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.