zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Carnaval - 08/02/2010 - 16h45

Corpo de Bombeiros avalia segurança de clubes e espaços públicos para Carnaval




Por Redação Pantanal News/Notícias.MS

Campo Grande (MS) – De modo a garantir a segurança dos foliões durante o Carnaval deste ano, o Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul (CBM) está vistoriando os clubes, balneários e avenidas que irão realizar festas e shows. Em Campo Grande e cidades maiores, onde serão feitos bailes em clubes, o CBM avalia itens de segurança, como iluminação e saídas de emergência, qualidade e validade de extintores de incêndio, hidrantes e capacidade de cada ambiente. 

     “Calculamos uma pessoa por metro quadrado, para evitar tumultos e superlotação, o que pode causar problemas”, explica o coronel Fernando Ávalos, diretor técnico do Corpo de Bombeiros. 

     Já no interior, a tradição carnavalesca “coloca o bloco na rua”, e as comemorações são, normalmente, com shows em praça pública. “Nas cidades pequenas e em outras com tradição de Carnaval, o Corpo de Bombeiros avalia a estrutura do palco, como iluminação, som, cobertura e capacidade de peso, camarotes, arquibancadas, e sinalização de emergência”, diz Ávalos.

     Outro item aferido é a quantidade de pessoas possível para a área da festa. No entanto, a preocupação principal é outra. “Voltamos a atenção para os acidentes rodoviários e os afogamentos, que costumam aumentar muito”, reforça o coronel do CBM. Em 2009, foram registradas 53 mortes por afogamento nos rios de Mato Grosso do Sul, sendo considerados mais perigosos os rios Taquari, na região de Coxim, rio Aquidauana e rio Paraguai, principalmente na região de Corumbá.

     Ávalos orienta a não entrar em rios utilizados para pesca. “Se não conhecer o local, não se aventure. Os rios do Estado são muito caudalosos, e em alguns se pode encontrar anzóis no fundo, o que causa acidentes”.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
01/03/2017 - 08h58
Estas 5 dicas vão ajudar você a driblar de vez a ressaca após o Carnaval
24/02/2017 - 09h50
Tradicional bloco Flor de Abacate homenageará o dentista Aziz Yunes
24/02/2017 - 09h40
Com mensagem de paz, Corte de Momo assume comando do carnaval em Corumbá
24/02/2017 - 08h40
Governo presente: nas ruas, bloco do Detran faz o carnaval da vida
23/02/2017 - 09h15
Cuidados com a rede elétrica durante o Carnaval
 
Últimas notícias do site
21/11/2017 - 06h32
Dia amanhece com céu aberto, mas previsão alerta para chuva forte em MS
21/11/2017 - 05h50
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
20/11/2017 - 15h50
Conab divulga preços de frutas e hortaliças no mês de outubro nos Ceasas
20/11/2017 - 12h50
Laudo descarta que macaco achado morto na Capital teve febre amarela
20/11/2017 - 11h53
Ocupantes de submarino argentino estão vivos, acredita Marinha
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.