GOVERNO PRESENTE
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meteorologia - 05/01/2010 - 10h57

Escola de Angra abriga 120 pessoas atingidas pela chuva




Por Redação Pantanal News/Agência Brasil

Angra dos Reis (RJ) - Cerca de 120 desabrigados pelas fortes chuvas que atingiram Angra dos Reis na última sexta-feira (1º) estão alojados em uma escola pública no Morro do Abel, no centro da cidade. O Abel é vizinho ao Morro da Carioca, onde um deslizamento de terra matou pelo menos 21 pessoas no dia da chuva.
Alojados em salas de aula, os desabrigados contam com as doações que estão sendo entregues à prefeitura. Enquanto as crianças brincam no abrigo improvisado, alheias ao desastre que afetou suas vidas, os adultos tentam esquecer os maus momentos que viveram naquela madrugada.
Alguns deles poderão até voltar a suas casas um dia, mas outros não. É o caso de Jucilene Nunes da Costa, de 25 anos, cuja casa onde morava com o marido e dois filhos no Morro da Carioca foi parcialmente afetada pelo deslizamento e será demolida pela Defesa Civil.
“Minha cunhada está correndo atrás do aluguel social, para a gente poder sair daqui. Porque ficar aqui não está adiantando nada. Aqui a gente fica perto do morro. Mas eu não quero ficar mais nesse morro, quero sumir daqui, porque você acha que vai acontecer tudo de novo. A gente não dorme. Eu estou aqui sem dormir”, conta.
Maria da Glória da Silva, de 34 anos, chegou a ser parcialmente soterrada no deslizamento do Morro da Carioca, mas foi resgatada com vida e levada para o abrigo com seu marido, onde tenta se recuperar do trauma. Sua casa também foi condenada pela Defesa Civil e, por enquanto, terá que contar com o apoio do abrigo.
“É uma pena que não posso trazer o meu cachorro para cá, porque sou muito apegada a ele”, diz a sobevivente. No meio da frase, ela se vira à agente da Defesa Civil que cuida do abrigo improvisado, como se pedisse permissão para que o cachorro fique dentro da escola junto com ela, o que é negado.
A Defesa Civil já demoliu cerca de dez casas no Morro da Carioca. De acordo com a prefeitura de Angra dos Reis, um total de 100 residências localizadas em áreas de risco serão demolidas naquele morro. O prefeito Tuca Jordão afirmou que as 100 famílias receberão o aluguel social da prefeitura, no valor máximo de R$ 510.
O prefeito também proibiu ontem (4) novas construções e até ampliações de casas nos morros da cidade. A medida vale até que a Geo-Rio, empresa de geotecnia da prefeitura do Rio, conclua um estudo feito em Angra a pedido do governo do estado.
O prefeito também decretou estado de calamidade pública no município. O decreto permite que autoridades administrativas envolvidas com ações de defesa civil entrem nas casas a qualquer hora para prestar socorro ou determinar sua evacuação, mesmo sem consentimento do morador. Também fica permitido o uso de propriedade particular em operações para garantir a segurança da população.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
21/07/2017 - 06h23
Frio perde força e tempo quente e seco volta a predominar em MS
19/07/2017 - 07h28
Sensação térmica chega a -16°C e geada atinge 15 cidades de MS
18/07/2017 - 15h39
Temperatura fica fria até quinta-feira em MS, segundo a previsão
18/07/2017 - 07h53
Para não morrer de frio, moradores de rua improvisam locais para dormir
18/07/2017 - 07h28
Geada foi registrada em 13 cidades do Estado no dia mais frio do ano
 
Últimas notícias do site
21/07/2017 - 16h10
Mato Grosso do Sul perdeu R$ 2,27 bilhões com violência no trânsito em 2016
21/07/2017 - 16h02
Governo realiza mutirão para migração de rádios AM para FM dos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul
21/07/2017 - 15h13
Mutirão AM/FM acontece na próxima semana em MT e MS
21/07/2017 - 09h32
Com plantações afetadas pela geada, abobrinha fica 16% mais cara
21/07/2017 - 08h50
Período de saque das contas inativas do FGTS termina em 10 dias
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.