zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Pesquisa no Pantanal - 03/12/2009 - 09h41

Projeto de sustentabilidade da suinocultura deve ser ampliado




Thiago Coppola

Workshop em que foi decidida a ampliação do projeto



Aplicação de biofertilizante em São Gabriel do Oeste
Por Redação Pantanal News/Embrapa Pantanal

Projetos ligados à sustentabilidade da suinocultura desenvolvidos em São Gabriel do Oeste (MS) poderão ser ampliados a partir do segundo semestre de 2010 e início de 2011. A proposta é que as ações realizadas no município se tornem modelo de agricultura sustentável.
A decisão de ampliar o projeto e agregar novos parceiros foi tomada durante workshop sobre o “Aproveitamento Múltiplo da Biodigestão na Agroindústria e Cidades”, realizado em São Gabriel no dia 16 de novembro, com a participação de aproximadamente cem inscritos.
A iniciativa é da Embrapa Pantanal (Corumbá-MS), Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, com apoio do MCT (Ministério da Ciência e Tecnologia).
O pesquisador Ivan Bergier, da Embrapa Pantanal, disse que vem sendo implantada uma Unidade Demonstrativa em uma granja de suínos de um único produtor. O MCT já investiu até o presente momento R$ 455 mil no projeto. A Embrapa investiu cerca de R$ 100 mil por meio do Macroprograma 3. Os macroprogramas são a forma como a Embrapa faz a gestão de seus projetos de pesquisa.
Com o eventual aporte de novos recursos, deverá ser possível ampliar a Unidade Demonstrativa para outros produtores do assentamento Campanário. Com a expansão, as ações poderão contemplar uma abordagem de estudos na escala de bacia de drenagem, na nascente do rio Coxim, um dos formadores do rio Taquari.
A suinocultura é a principal atividade econômica do município. Quando esses estudos estiverem concluídos, será estimulada a diversificação do sistema de produção, já que o biofertilizante produzido a partir da biodigestão de dejetos das granjas poderá ser utilizado na produção de carne bovina, leite, milho e outros produtos agropecuários e florestais.
A proposta passa pela implantação da chamada ILPF (Integração Lavoura-Pecuária-Floresta), que vem sendo estimulada pela Embrapa e pelo Mapa por meio do Pisa (Produção Integrada em Sistemas Agropecuários). O biofertilizante pode ser chave para o sucesso da ILPF/Pisa em certas regiões do país.
As pesquisas devem indicar se os resíduos biodigeridos funcionariam como fertilizantes nobres na ILPF/Pisa, bem como na recuperação de áreas degradadas, com ganhos de produtividade e redução de externalidades ambientais.
Os produtores com biodigestores podem, ainda, gerar energia elétrica para consumo próprio e eventualmente obter renda a partir da venda do excedente de energia pela Geração Distribuída. “A sustentabilidade requer o uso de energia renovável e de insumos reciclados para substituir ao máximo o uso de combustíveis fósseis e fertilizantes químicos oriundos do petróleo, que ampliam em demasia a ‘pegada humana’ da agricultura”, disse Ivan.
A reciclagem de nitrogênio e o uso de energia renovável (metano do biogás) em cadeias agropecuárias integradas podem reduzir substancialmente a contribuição humana para a mudança climática. E o uso de água de chuva armazenada para a limpeza das granjas, e até mesmo para a irrigação, também prevê balanços favoráveis quanto ao uso dos recursos hídricos.
São novos parceiros do projeto a Unesp (Universidade Estadual Paulista) de Jaboticabal, a UFPR (Universidade Federal do Paraná), a Unioeste (Universidade Estadual do Oeste do Paraná) e a empresa Maxwell Bohr, de Londrina.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
14/10/2015 - 11h00
Expedição de barco pelo Pantanal de MS discute preservação ambiental
26/08/2013 - 08h03
Em MS, médicos de outros países fazem provas para revalidar diploma
30/01/2013 - 08h45
Embrapa Pantanal firma convênio para o fortalecimento da Apicultura em Mato Grosso do Sul
30/10/2012 - 16h45
PRF apreende veículo com CRLV falso
05/09/2012 - 13h45
Pesquisadores questionam alterações da Lei de Pesca do Mato Grosso
 
Últimas notícias do site
21/11/2017 - 06h32
Dia amanhece com céu aberto, mas previsão alerta para chuva forte em MS
21/11/2017 - 05h50
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
20/11/2017 - 15h50
Conab divulga preços de frutas e hortaliças no mês de outubro nos Ceasas
20/11/2017 - 12h50
Laudo descarta que macaco achado morto na Capital teve febre amarela
20/11/2017 - 11h53
Ocupantes de submarino argentino estão vivos, acredita Marinha
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.