zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Eleições 2008 - 26/09/2008 - 08h05

Se chegar à prefeitura, Marinor Brito quer fazer revolução na saúde em Belém




Por Marcos Chagas, Iolando Lourenço e Ivan Richard Repórteres da Agência Brasil

A candidata a prefeita de Belém pelo P-SOL, Marinor Brito, promete fazer “uma verdadeira revolução” na área da saúde. Entre as propostas de governo está a reativação do programa “Família Saudável”, implementado na administração do ex-petista e hoje correligionário de partido Edmilson Rodrigues.

Esse programa é o equivalente ao “Saúde da Família”, executado pelo governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. De acordo com a candidata, sua administração contratará 1.418 agentes básicos de saúde e 49 enfermeiros para reforçar o programa. Com esses novos profissionais, Marinor Brito pretende atender toda população carente de Belém.

Outra proposta é a implementação de atendimentos de emergência 24 horas. Para dar rapidez ao atendimento da população, que utiliza o sistema público municipal, a candidata do P-SOL afirmou que vai concluir as obras do hospital do pronto-socorro do município.

Nesta revolução prometida, Marinor Brito quer, também, dotar as 39 ilhas, que compõem a região metropolitana de Belém, de atendimento médico de urgência e emergência. Sua proposta é que, dotados de lanchas, profissionais da saúde façam o atendimento das populações que residem nessas ilhas.

Para a educação, a candidata destacou que vai retomar os conselhos escolares, com eleições diretas para os diretores. “Temos obrigações como educadoras de democratizar a escola pública. A escola pública terá que passar a fazer parte da vida do cotidiano das famílias, crianças, vai ter que estar integrada à comunidade”, avaliou a candidata.

A candidata acrescentou que 85 mil crianças estão fora da escola em Belém. Para integrar essa demanda na rede municipal de educação, ela disse que, se eleita, vai cobrar dos governos estadual e federal “o enfrentamento do problema”. Por outro lado, prometeu investir na capacitação profissional dos educadores para garantir a qualidade do ensino público.

Para combater problemas, como o tráfico de drogas entre os adolescentes, Marinor Brito disse que o caminho é diversificar o conteúdo curricular de ensino, com o desenvolvimento de políticas culturais e esportivas. Ela citou, como exemplo, o ensino da capoeira, patrimônio cultural do povo brasileiro, aos estudantes da rede municipal

Apesar de considerar o enfrentamento das questões de segurança pública, como uma obrigação constitucional dos governos estaduais, Marinor Brito afirmou que, à frente da prefeitura, não deixará a questão de lado.

“Nós vamos recuperar para Belém uma série de atividades de ações que vão incidir diretamente no enfrentamento da violência, como por exemplo, devolver o banco do povo, incentivando a geração de renda e emprego nas famílias, vamos devolver a bolsa-escola de um salário mínimo para a população que está abaixo da linha da miséria”, disse a candidata.

Para zerar um déficit habitacional de 150 mil residências, das quais 74 mil necessárias para pessoas que vivem em situação precária, a candidata disse que pretende reativar o Conselho Municipal de Habitação, para que as ações sejam discutidas e avalizadas pela sociedade.

Para melhorar a qualidade do transporte coletivo em Belém, a candidata prometeu atuar em várias linhas. A primeira, regulamentando o transporte alternativo, para que atue “em áreas que possam complementar o transporte regular”.

Outra idéia é criar três terminais de integração de média complexidade em áreas distintas da cidade. Também consta das propostas de Marinor Brito a implementação da bilhetagem eletrônica, que permitirá ao usuário deslocar-se em três ônibus ao custo de uma passagem apenas

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
05/03/2009 - 09h30
Presidente do TRE acompanha sorteio do horário eleitoral em corguinho (MS)
02/03/2009 - 07h22
Mulher de prefeito cassado é eleita em Patu, no Rio Grande do Norte
02/03/2009 - 07h15
Municípios maranhenses começam apuração para saber quem será novos prefeitos e vice
27/02/2009 - 07h50
Tropas federais vão garantir eleições em duas cidades maranhenses
24/02/2009 - 07h28
Eleição de Dalton é compromisso do PMDB, declara Moka
 
Últimas notícias do site
23/10/2017 - 09h54
Prefeito de Corumbá representa o Brasil em seminário internacional do FONPLATA sobre hidrovia
23/10/2017 - 08h55
Semana em MS começa com 169 vagas em concursos públicos
23/10/2017 - 07h41
PMA e parceiros realizam Educação Ambiental para alunos em escolas ribeirinhas e indígenas
23/10/2017 - 07h40
Em oito dias, Mato Grosso do Sul registra queda de 55 mil raios
23/10/2017 - 07h02
Medidas anunciadas por Temer farão ressurgir o rio Taquari, diz Ruiter
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.