zap
GOV EMPREGO 22-06
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Emprego - 06/11/2009 - 10h33

Qualificação do trabalhador será fundamental para crescimento do Brasil, diz especialista




Por Redação Pantanal News/Agência Brasil

Brasília - A perspectiva de que a economia do país possa crescer a partir do próximo ano entre 5% e 6% vai agravar a carência de profissionalização no mercado de trabalho, segundo avaliação feita pelo professor do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Cláudio Salm.

Para ele, o processo de qualificação do trabalhador brasileiro será fundamental na terceira revolução industrial que está a caminho e deve passar pela melhoria do ensino fundamental. "A escola de ensino básico precisa promover a autoestima do estudante pobre, evitando o excesso de reprovação e a humilhação que ele sofre, pressionado também por defeitos do sistema  educacional", disse Salm durante o seminário Tendências e Desafios da Formação de Trabalhadores Para o Desenvolvimento Brasileiro, realizado hoje (5) em Brasília, organizado pelo Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES).

Para o professor, os 25 anos de estagnação econômica que o país viveu trouxe "um marasmo que atrasou a produção, afetando a qualificação na base técnica". "Estamos caminhando para um mercado de massa em que a melhora das condições de vida da população abriu caminho para que ela entrasse no desenvolvimento. Por isso é preciso uma interação das empresas com o sistema de formação profissional, para atendimento a um número maior de consumidores."

Salm chama atenção, no entanto, para o cuidado na escolha dos cursos que prometem qualificação, como por exemplo, em informática e inglês, para que o estudante não se depare com "picaretagens". Ele sugere a criação de um programa de concessão de bolsas, como o Programa Universidade para Todos (ProUni), para a educação profissionalizante. O ProUni concede bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições privadas de educação superior e oferece isenção de alguns tributos às instituições de ensino que aderem ao programa.

O coordenador da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec), do Ministério da Educação (MEC), Aléssio Trindade afirmou que  atualmente está sendo feito um trabalho de interação curricular entre o ensino tradicional e a formação profissionalizante, o que "era considerado de forma separada" nos governos anteriores. Também estão sendo desenvolvidos programas nas escolas em parceria com o Sistema S, que congrega a indústria e o comércio, para oferta de cursos técnicos gratuitos, direcionados à população de baixa renda.

Segundo Trindade, até o final de 2010 já estarão funcionando 354 escolas de ensino profissionalizante. Esses estabelecimentos serão localizados no interior e na periferia de grandes cidades com o intuito de, em cada local, ampliar vocação do desenvolvimento regional com integração das políticas públicas estaduais.

De acordo com dados apresentados pelo coordenador, dos 183 milhões de brasileiros 13% completaram o ensino médio. Desse total, 4% têm entre 15 anos ou mais de estudo. Da faixa etária de 15 a 17 anos, 17,5% da população está fora da escola. Dos 27 milhões de jovens entre 18 e 25 anos de idade, 30% têm menos de oito anos de escolaridade. Entre eles, 25% não frequentam escola.

Segundo Trindade, faltam professores especializados para a educação profissional e a maior carência está nas cidades de interior.

Ele aponta que 70% dos professores de ciência que atuam no ensino médio não têm formação específica. Isso também se aplica a 90% dos professores de física e a 80% dos docentes de química. Dos 125 milhões de brasileiros que têm idade para o trabalho, 10 milhões são analfabetos ou subescolarizados. 

Os participantes do seminário Tendências e Desafios da Formação de Trabalhadores Para o Desenvolvimento Brasileiro vão elaborar um documento que irá listar as necessidades da educação profissionalizante no país e será enviado ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
09/06/2017 - 07h38
Ministério Público abre vagas de estágio para alunos de nível médio e superior
19/04/2017 - 16h55
Nota Oficial- Superintendência Regional do Trabalho em Campo Grande
11/04/2017 - 09h41
Tribunal Regional Eleitoral continua com inscrições para 24 vagas de estágio
04/01/2017 - 10h05
Governo abre 12 vagas em processo seletivo com salários de R$ 3,9 mil
14/12/2016 - 08h18
Ministério de Trabalho realiza mutirão de atendimento em 8 cidades de MS
 
Últimas notícias do site
26/06/2017 - 14h16
Outro foragido da Justiça é capturado pela Getam em Aquidauana
26/06/2017 - 12h41
Policiamento Montado garante a segurança nas escolas de Aquidauana
26/06/2017 - 10h15
Rotai captura mais dois foragidos da justiça em Aquidauana
26/06/2017 - 09h40
Concursos em MS reúnem quase 300 vagas e salários de até R$ 14,9 mil
25/06/2017 - 15h13
Em Furnas do Dionísio, governador entrega obra de R$ 315 mil e anuncia novos investimentos
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.