zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Energia - 06/11/2009 - 09h53

Aneel quer revisar contratos para resolver cobrança indevida de tarifas de energia




Por Redação Pantanal News/Agência Brasil

Brasília - A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) reafirmou hoje (5), em reunião de diretoria, que a solução para resolver a cobrança indevida de tarifas de energia deve passar por uma reedição da portaria ministerial que trata do assunto e pela revisão dos contratos com as distribuidoras.

Com reunião marcada para hoje à tarde, da qual também devem participar o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, e os deputados da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Tarifas de Energia Elétrica, o diretor-presidente da Aneel, Nelson Hübner, disse estar confiante na
negociação com as distribuidoras. “Antes não havia ambiente político para essa negociação. Agora nós temos espaço para chamar as empresas para negociar”, alegou.

Para mudar os contratos é necessária a concordância das 64 empresas que distribuem energia pelo país, uma vez que a lei prevê que os termos só podem ser alterados se houver acordo entre as partes. Essa é a proposta para resolver o problema nos próximos reajustes tarifários, mas não inclui previsão sobre o que já foi cobrado indevidamente dos consumidores.

A Aneel entende que não houve ilegalidade nas cobranças porque a metodologia de cálculo estava prevista nos contratos. “A Aneel vai apresentar os números sobre as distorções que foram geradas por essa metodologia. O nosso entendimento é que não houve ilegalidade, não há o que ser ressarcido. Mas nós vamos discutir isso com a sociedade, com o Ministério Público e vamos ver se há possibilidade de fazer esse ressarcimento”, afirmou Hübner.

As distorções no reajuste tarifário ocorreram principalmente porque a variação do mercado consumidor não entrava no cálculo. O preço das tarifas é baseado no rateio da energia entre os consumidores, dessa forma, quanto mais gente consome e mais energia é consumida, menor deveria ser o preço da tarifa. Entretanto, apesar de ter havido aumento do consumo de energia nos últimos anos, essa diferença não foi repassada ao consumidor porque o repasse não estava previsto nos contratos.

O Ministério de Minas e Energia entende que essa variável já está contemplada na portaria editada em 2002 e que o problema é de interpretação da Aneel. Já os diretores da agência dizem que não se sentem seguros juridicamente para adotar a mudança e incluir a variação do consumo no próximos cálculos de reajuste tarifário. Por isso, eles querem que a portaria seja reeditada para deixar o trecho sobre esse assunto mais claro.

A proposta de revisão dos contratos com as distribuidoras estará disponível no site da Aneel de amanhã (6) até o dia 27 deste mês. O objetivo é receber sugestões das empresas e promover a troca de informações.

De acordo com os cálculos do Tribunal de Contas da União (TCU), o
problema gerou cobranças indevidas aos consumidores da ordem de R$ 1 bilhão por ano nos últimos sete anos. A Aneel não confirma os números e diz que, em alguns casos, quando o consumo de energia diminuiu, a distorção foi inversa, propiciando tarifas mais baixas que o devido para a população.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
09/12/2013 - 09h57
Agência inicia em MS fiscalização de brinquedos e luminárias de Natal
17/10/2013 - 17h30
Horário de verão vai gerar economia de R$ 400 milhões, diz ONS
23/03/2013 - 08h05
No dia mundial da água jovens conhecem eletrodomésticos que preservam mananciais no consumo de energia
21/03/2013 - 15h37
Versão atualizada da cartilha Por Dentro da Conta de Luz
21/03/2013 - 14h05
Energia mensal de duas casas usa 1,5 milhões de litros de água
 
Últimas notícias do site
17/11/2017 - 16h03
Viralizou: cachorrinho 'penetra' na balada é a imagem mais fofa que você vai ver hoje
17/11/2017 - 10h18
Fim de semana tem sertanejo, funk, comédia e teatro
17/11/2017 - 07h53
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
17/11/2017 - 07h44
Proprietários rurais são autuados por manterem carvoarias ilegais
17/11/2017 - 06h14
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.