zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Sindicatos - 16/10/2009 - 14h21

Greve complica situação de quem precisa sacar FGTS




Marcelo Victor

Na agência da Caixa na avenida Zahran havia poucas pessoas na manhã desta sexta-feira.
Por Redação Pantanal News/Campo Grande News

Trabalhadores que precisam sacar o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) ou receber o seguro-desemprego são prejudicados com a greve dos bancários deflagrada no dia 24 de setembro e que, no caso da Caixa Econômica Federal, ainda não retornaram ao trabalho.

Considerando a média diária de requerimentos de seguro-desemprego em Mato Grosso do Sul, no período de greve pelo menos 7 mil trabalhadores tiveram que retirar os benefícios.

Muitos não têm o Cartão Cidadão, através do qual é possível sacar nos terminais de auto-atendimento. Além disso, o cartão tem limite de saque de R$ 1 mil nos terminais ou lotéricas.

Só entre os comerciários, são 30 que diariamente fazem rescisões no SEC (Sindicato dos Empregados do Comércio) e que têm direito aos benefícios, segundo o vice-presidente da entidade, Nelson Benites. “Estamos pedindo que eles tenham paciência porque só a Caixa pode fazer estes pagamentos”, diz.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Alimentação de Campo Grande e Região, Rinaldo Salomão, foi à agência central, da rua 13 de maio, para tentar resolver pendências de trabalhadores desligados das indústrias.

“Temos uma rotatividade no setor de 2,6 mil trabalhadores por mês e o valor para saque com o cartão é limitado. Está muito complicado”, reclama.

Na agência da Caixa na avenida Zahran havia poucas pessoas na manhã desta sexta-feira. O comerciante Francisco Lacerda, de 38 anos, reclamou do movimento grevista: “Todos devem ter um salário digno, mas a população não deve ser prejudicada por causa disso. Pelo menos uma agência precisava estar funcionando. Prejudica todo mundo, principalmente quem precisa receber FGTS”, exemplificou.

A enfermeira Caroline Ossuna Felim, 30 anos, disse que foi à agência porque o gerente a chamou para assinar autorização de débito das prestações da casa em sua conta corrente. Ela reclamou que precisou fazer depósito, mas foi barrada pelo limite de R$ 500,00 nas lotéricas.

O Tribunal Superior do Trabalho deve decidir ainda hoje se considera a greve dos funcionários da Caixa Econômica Federal abusiva. Segundo notícia veiculada pelo jornal Zero Hora, ontem à noite, a Caixa entrou com ação de dissídio coletivo, com pedido de liminar. A expectativa do banco é que a greve seja declarada abusiva e que o TST determine o retorno imediato dos empregados ao trabalho. (Colaborou a jornalista Aline Canassa)

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
teresa cristina, em 20/10/2009 - 08h45

AQUI NA ILHA DO GVERNADOR RJ,N TEM NENHUMA AGENCIA E FALTA DE RESPEITO C A POPULAÇÃO,ABUSIVO

Jose Galdino Santos, em 20/10/2009 - 08h43

Estou sem receber minha aposentadoria desde o dia 3, vou comer o que , vou levar minhas contas para cx pagar e fazer minha feira , estou precisando de dinheiro para honrar meus compromissos , vou mandar minha contas para casa do presidente do sindicato da CX, esses caras tem que ir trabalhar , já tem muitos aposentados com fome por ai , essa greve e uma vergonha nacional , vao trabalhar cambada de preguiçosos

maxmiliano, em 19/10/2009 - 17h31

Seus pregricosos vão trabalhar. eu fui muito prejudicado por causa de vocês. xau vagabundos.

GERALDO P SANTOS, em 19/10/2009 - 17h21

acho que deveria ser cumprido de 1/3 dos funcionários para o atendimento, não só para saque do FGTS mas para todo funcionamento. É inaceitavel deixar sem atendimento em qualquer hipotese.Seja greve, seja Morte, etc...

 
Últimas notícias do canal
06/10/2010 - 09h57
Greve dos bancários fecha 7.437 agências no País
01/10/2010 - 17h00
Com greve dos bancários, consumidor deve buscar alternativas para pagar contas, diz Procon
14/04/2010 - 15h45
Sindicatos industriais vão recorrer à Justiça para suspender pagamento do INSS sobre adicional de férias, auxílio-doença e auxílio-acidente
01/03/2010 - 15h09
Frigorífico de Nioaque pode fechar as portas, diz sindicalista
03/12/2009 - 08h29
Nova diretoria do Sindical assume com a proposta de atrair mais associados
 
Últimas notícias do site
27/04/2017 - 15h06
Rádio Independente de Aquidauana recebe "Moção de Congratulação" do deputado estadual Paulo Siufi por processo de migração para FM
27/04/2017 - 15h03
Em MS, 27% dos contribuintes ainda não entregaram declaração do IR 2017
27/04/2017 - 07h10
Chuva em municípios de MS passou dos 50 mm e derrubou temperaturas
27/04/2017 - 06h31
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
27/04/2017 - 06h24
No primeiro frio do ano, quinta-feira amanhece com mínima de 9°C em MS
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.