zap
ANIVERSÁRIO CORUMBÁ 2017
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Pesquisa no Pantanal - 09/10/2009 - 10h13

Manejo adequado de pastagem e Sistema Silvipastoril na preservação do solo




Dalízia Aguiar

Roberto Giolo e manejo de pastagem em ILP
Por Redação Pantanal News/Embrapa Pantanal

Quem não gosta de uma boa refeição? Os bois não são diferentes. Entretanto, as pesquisas apontam que um terço das pastagens cultivadas no Brasil está em bom estado, outro um terço em degradação e o resto, degradado. O potencial produtivo e a rentabilidade de pastagens para recria e engorda de animais fica consideravelmente comprometido em altos níveis de degradação. 

Os números comprovam a informação. Em pasto degradado, o tempo de engorda de um animal é de 43 meses, em estado normal cai para 23 e em conservação aconselhada para 15, revelam os dados de pesquisa da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, que há anos desenvolve estudos nesta área em seus Centros de Pesquisa. 

O manejo de pastagem associado ao Sistema de Integração Lavoura-Pecuária (ILP) como saída para atenuar as estatísticas é alvo de estudo do pesquisador em forragicultura da Embrapa Gado de Corte (Campo Grande-MS), Roberto Giolo de Almeida. Ao lado de uma equipe de especialistas no assunto, ele indica algumas alternativas gerais de recuperação de pastagens com a ILP.

 Para pastagem com perda de vigor, o restabelecimento do pasto envolve a recuperação da fertilidade, o plantio de pastagem anual, seja solteira ou consorciada, e a adequação do manejo animal. Pastos em degradação, a recomendação é o controle de invasoras, a subsolagem e as próximas etapas seguem como nos casos com perda de vigor. Já as degradadas exigem além dos passos tradicionais, um tratamento contra pragas e doenças, um preparo  total do solo e a adoção de práticas conservacionistas para o mesmo.  

Giolo alerta que a decisão em relação ao manejo adequado depende dos objetivos da propriedade, a partir disso, os processos são traçados. Outra ressalva ou conselho para o produtor, seja ele agricultor ou pecuarista, é que “seu maior bem não são os bois no pasto, a lavoura ou a pastagem em bom estado, mas a terra e por isso ela precisa, sempre, ser cuidada, preservada”.

 SSP – Pensando nisso, chega o Sistema Silvipastoril (SSP). Um sistema de produção agropecuária que faz uso sustentável da terra, com aumento e manutenção da produtividade, com conservação dos recursos naturais e a utilização mínima de insumos. A tecnologia é a combinação intencional de árvores, pastagem e gado em uma mesma área e manejo integrado dos elementos.

 Cientista desta linha de pesquisa na Embrapa Gado de Corte, Valdemir Laura, afirma que para investir em SSP, é necessário que se faça um diagnóstico da área, selecione o tipo de SSP a ser adotado, o modele, tenha atenção às características da propriedade e, sobretudo, ao interesse do produtor. Somente com tais cuidados o SSP será viável ecológica e economicamente.

Dentre os benefícios do SSP, conforme Laura, estão o fornecimento de alimentos para as pessoas e para o gado; o aproveitamento da madeira para comercialização; a conservação e a melhoria do solo; e a diversificação da atividade para o produtor.

 “A tendência futura dos sistemas de produção pecuários exigirá cuidados com o bem-estar animal, qualidade do produto, dos empregados e do ambiente final de produção. O Sistema Silvipastoril é também uma oportunidade de marketing para o produtor. Ele terá produtos ambientalmente adequados, socialmente benéficos e economicamente viáveis”, lembra Valdemir Laura. 

Esses temas foram discutidos durante o Ciclo de Palestras da I Expo MS, o Encontro do Agronegócio. A feira, realizada pela Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul (Acrissul), tem entre parceiros e expositores a Embrapa, presente com a tecnologia BPA e sua coleção de forrageiras na Casa da Embrapa e com especialistas no Ciclo e no Seminário de Ovinocultura no Cerrado. A Expo MS segue até o dia 12 de outubro, em Campo Grande-MS.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
14/10/2015 - 11h00
Expedição de barco pelo Pantanal de MS discute preservação ambiental
26/08/2013 - 08h03
Em MS, médicos de outros países fazem provas para revalidar diploma
30/01/2013 - 08h45
Embrapa Pantanal firma convênio para o fortalecimento da Apicultura em Mato Grosso do Sul
30/10/2012 - 16h45
PRF apreende veículo com CRLV falso
05/09/2012 - 13h45
Pesquisadores questionam alterações da Lei de Pesca do Mato Grosso
 
Últimas notícias do site
26/09/2017 - 17h12
Vídeo: Ministro oficializa migração de 23 rádios da frequência AM para FM
26/09/2017 - 17h00
Vídeo: Ministro assina documento que autoriza migração de rádios AM para FM em MS
26/09/2017 - 11h52
PMA de Aquidauana assentados por exploração e armazenamento ilegal de aroeira
26/09/2017 - 08h39
PMA autua proprietários rurais por exploração ilegal de madeira
26/09/2017 - 06h21
Terça-feira tem previsão de chuvas isoladas e máxima de 37ºC
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.