zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
O Estado do Pantanal - 20/09/2008 - 10h45

Estado garante primeiros R$ 350 milhões para Copa do Pantanal




Por Redação 24HorasNews

    Pelo menos R$ 350 milhões já estão garantidos pelo Governo do Estado para serem aplicados em obras de infra-estrutura em Cuiabá nos próximos anos. Os investimentos reforçam a candidatura da capital mato-grossense como uma sub-sede à Copa de 2014, sendo o primeiro Estado a dar um passo concreto na disputa. A decisão foi tomada nesta sexta-feira (19.09) em uma reunião entre o governador Blairo Maggi e os secretários de Fazenda, Turismo, Planejamento e Casa Civil. O dinheiro será centralizado no Fundo de Desenvolvimento Estrutural e Social de Mato Grosso (Fundesmat).
     
     Aproximadamente R$ 90 milhões já estão disponíveis no Fundesmat, comenta o secretário-chefe da Casa Civil, Eumar Novacki. Ele explica que a maior parte dos recursos será obtida com os rendimentos da Conta Única do Estado. “Os rendimentos, que vale lembrar estão em uma fase de crescimento, serão encaminhados para o Fundesmat. Projetamos que em três anos já teremos pelo menos R$ 350 milhões para as obras não só de construção de um novo estádio, mas também alargamento de ruas, maiores investimentos em segurança, e educação”.
     
     Por determinação do governador Blairo Maggi, a Casa Civil será a responsável por coordenar as ações integradas do Governo para tornar realidade Cuiabá como uma sub-sede da Copa de 2014. “A Copa representa um investimento de aproximadamente R$ 10 bilhões no Estado, a maior parte da iniciativa privada, na construção de hotéis e uma rede ampla para receber os torcedores e turistas de todo o mundo. Será um salto para o turismo do Estado, uma vitrine mundial. Vale lembrar que as obras beneficiam a população de imediato”, destacou Novacki.
     
     Na próxima semana, nos dias 27 e 28 de setembro, haverá uma reunião onde os Estados apresentarão o que estão fazendo para receber os jogos, explicou o secretário de Turismo, Yuri Bastos. “Pelos Estados que estamos acompanhando, a Fifa terá que realizar um número maior de cobranças, já que a maioria dos candidatos não está executando com empenho o planejamento para receber os jogos. Nós certamente apresentaremos com destaque nossas ações”.
     
     O secretário de Turismo lembrou que a consultoria da a empresa Deloitte Touche Tohmatsu fará o Plano Mestre contendo os projetos exigidos pela Fedération       Internationale de Football Association (Fifa), no sentido de que Cuiabá seja escolhida para sediar partidas da Copa do Mundo de Futebol de 2014. A Deloitte atua em 140 países, inclusive atuou nos preparativos das Copas da Alemanha e atualmente na Copa da África do Sul.
     
     Já apostando na candidatura cuiabana, o secretário de Fazenda, Éder Moraes, comentou que os concorrentes diretos da capital são a cidade de Goiânia e Campo Grande. Para ele, a representante do Estado de Goiás tem como ponto negativo a proximidade com Brasília, uma sub-sede natural dos jogos, e já Mato Grosso do Sul parece estar com dificuldades de caixa para montar toda a engenharia que uma cidade necessita para sediar a Copa.
     
     O chefe da Fazenda Estadual destaca ainda a boa relação que o governador possui com o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, e a credibilidade do gestor público no sistema político nacional como fatores positivos à candidatura.
     
     A Copa de 2014 volta a ser assunto no Governo do Estado na próxima segunda-feira (22.09), durante a reunião do secretariado. Durante o encontro, a Deloitte fará uma apresentação do que já está sendo feito e as atribuições em cada área do executivo.


Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
20/04/2017 - 16h02
Ação humana coloca em xeque a conservação de aves do Pantanal
19/04/2017 - 15h06
Pantaneiros querem ser ouvidos na discussão da polêmica Lei do Pantanal
13/04/2017 - 07h52
Governos de MS e MT discutem uniformidade nas leis sobre o Pantanal
12/04/2017 - 16h02
Sindicato Rural, Prefeitura e Famasul levam saúde para trabalhadores rurais da Nhecolândia
22/03/2017 - 12h19
Jiboia é capturada em tanque de combustível de moto no Pantanal
 
Últimas notícias do site
24/04/2017 - 13h30
Polícia prende jovem com maconha e cocaína em Aquidauana
24/04/2017 - 12h55
Clima muda e entressafra faz preço do leite subir 8% ao produtor de MS
24/04/2017 - 10h39
Corpo do cantor Jerry Adriani é velado no Rio
24/04/2017 - 09h56
Declaração do Imposto de Renda termina sexta; fique atento ao prazo
24/04/2017 - 09h53
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte V
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.