zap
ANIVERSÁRIO CORUMBÁ 2017
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meio ambiente - 23/09/2009 - 16h45

Semana da Árvore na PMA: Educação ambiental garante futuro melhor




Por Redação Pantanal News/Notícias.MS

Fabio Pellegrini
recurso

 

Campo Grande (MS) – Crianças e adolescentes em idade escolar da rede pública e privada de ensino da Capital e do interior estão participando, na sede do 15º Batalhão de Polícia Militar Ambiental, ao longo desta semana, das atividades alusivas ao Dia da Árvore, comemorado no dia 21 de setembro.

 

As atividades são desenvolvidas pelo Núcleo de Educação Ambiental da PMA de Campo Grande, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Campo Grande (Semed), com patrocínio da empresa EDP – Energias do Brasil. São oficinas informativas com a temática da preservação do meio ambiente e do uso racional dos recursos renováveis.

 

O capitão Ednilson Queiroz, chefe do núcleo de Educação Ambiental, explica todo o processo: “Os alunos vêm ao quartel da PMA e passam por diversas oficinas. Primeiro as crianças fazem o plantio de mudas, aprendendo sobre a importância da comemoração do Dia da Árvore, da necessidade das árvores em nossa vida. Além disso, explanamos sobre os problemas ambientais como desmatamento, erosão, assoreamento dos rios, e depois as crianças passam por uma oficina de reciclagem de papel, onde pegam informações sobre resíduos sólidos; em seguida os estudantes passam pelo museu de animais empalhados, onde ficam a par da legislação referente à criação de animais silvestres.

 

Uso consciente de energia

 

“Neste ano estreamos a Casa da Energia. Trata-se de uma maquete de uma residência com todas as instalações elétricas e medidor de consumo. Utilizamos a maquete para mostrar o quanto cada aparelho eletrodoméstico gasta de energia elétrica. Aproveitamos para explicar como é produzida a energia, as formas de energia existentes, as energias renováveis, etc, e depois eles assistem a uma peça do teatro de fantoches apresentada pelos alunos do Projeto Florestinha. Para finalizar, os estudantes vão ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres para complementar o conhecimento, de forma que presenciem a triste realidade dos animais mutilados ou doentes por causa do tráfico”, diz o capitão.

 

 

“Aproveitamos a ocasião para alertar as crianças que, quanto mais as pessoas quiserem ter um animal em cativeiro, mais temos um esforço de retirada desses animais da natureza por traficantes. Além disso, ressaltamos que os animais silvestres podem transmitir doenças. A maioria das viroses expostas ao ser humano têm origem animal, como aids, hantavirus, ebola, vírus do Nilo, e várias outras doenças. Então esclarecemos que se as pessoas querem ter animais silvestres em cativeiro, que comprem tais animais de criadouros conservacionistas autorizados pelo Ibama, que oferecem riscos menores de transmitirem doenças”, esclarece Queiroz.

 

No interior, a PMA também está realizando essas ações. Em Ponta Porã está havendo doação de 1500 mudas adquiridas pela EDP – Energias do Brasil e ainda o plantio de mudas em um residencial de 60 casas, onde os policiais explanam aos moradores sobre a importância da manutenção das árvores em perímetro urbano.

 

Há ainda o Ciclo da Água, uma instalação que mostra como funciona o processo de utilização da água. A meta da PMA para este ano é atender 25 mil alunos das escolas públicas e privadas. Outras subunidades também executam essas ações de educação ambiental. As crianças recebem folhetos informativos produzidos pela EDP e PMA, de forma que elas possam levar o conhecimento adquirido para casa, para a escola, possibilitando a discussão e difusão dessas informações com familiares e amigos.

Prioridade

 

As atividades preventivas-educativas são prioridade no trabalho da corporação desde o ano de 2000, quando o decreto 9773 alterou o nome da Polícia Florestal para Polícia Militar Ambiental. “É o que chamamos de educação do futuro, para que os problemas ambientais diminuam no futuro. “Toda questão ambiental preventiva é importante. Estamos trabalhando com os engenheiros de amanhã, que irão construir rodovias com menor impacto ambiental, que não deverá ter tantos atropelamentos de animais silvestres. Estamos trabalhando com os futuros secretários de meio ambiente, governadores, ou mesmo o cidadão que vai conservar o ambiente sabendo da necessidade de harmonia da natureza com o ser humano. Já estamos sofrendo problemas demais como o aquecimento global, que é conseqüência das ações do ser humano no planeta”.

 

“Sabemos que os crimes ambientais não vão deixar de existir. Quando a gente reprime, o problema já foi causado e muitas vezes é irreversível. Mas quando a gente trabalha com a sensibilidade das crianças, que no futuro serão tomadores de decisões, essas decisões serão mais acertadas. Por isso que a educação ambiental é fundamental em nossas atividades”, finaliza o capitão da PMA.

 

             Florestinha

 

Antonio Pedro Brunel Junior, 12 anos, estudante do nono ano da rede pública, é membro do Projeto Florestinha. Ele explica sobre as mudanças na vida depois que passou a participar das atividades de educação ambiental da PMA: “Mudou muita coisa na minha vida. Já estou no projeto há quatro anos. No dia-a-dia do projeto tenho reforço escolar, minhas notas melhoraram, e aprendo várias coisas. Minha mãe me pôs lá para que eu não ficasse na rua, e para que eu tenha uma carreira no futuro. Se eu quiser ser um policial ambiental já vou ter uma base, vai ser mais fácil. Então para quem não tem oportunidade, é bom conhecer o projeto. Às vezes encontramos com crianças que brincam com estilingues, então explicamos pra eles que isso não é legal. Fico muito feliz em ajudar as pessoas sobre o meio ambiente, pois depois as crianças vão repassar para os filhos no futuro para que elas vivam num mundo bem melhor”.

 

A professora Cristiane Gondim, técnica da secretaria municipal de Educação, explica que a parceria com a PMA efetivamente conscientiza os alunos acerca da questão ambiental. “Os cidadãos dependem do ambiente para terem qualidade de vida. A ideia é plantar uma semente para que eles tenham consciência no futuro e possam difundir essas noções aos familiares, aos vizinhos”.


 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
22/09/2017 - 14h39
Projeto Florestinha realizou Educação Ambiental para alunos em comemoração ao dia da árvore
21/09/2017 - 12h44
Dia da Árvore tem plantio e coral do Rede Solidária na Sedhast
21/09/2017 - 08h23
Campo Grande recebe primavera colorida pelos tarumãs e jacarandás
14/09/2017 - 05h50
Incêndio florestal que durou 10h consumiu pelo menos mil hectares
08/09/2017 - 07h45
Em uma semana, setembro já é o 3º mês com mais queimadas no ano
 
Últimas notícias do site
25/09/2017 - 17h12
Vídeo: Ministro oficializa migração de 23 rádios da frequência AM para FM
25/09/2017 - 17h00
Vídeo: Ministro assina documento que autoriza migração de rádios AM para FM em MS
25/09/2017 - 14h11
PMA desmonta acampamento e autua turistas por pesca ilegal
25/09/2017 - 14h00
Conab comprará sementes de milho em Minas Gerais
25/09/2017 - 13h24
Polícia captura foragido da justiça em Anastácio
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.