zap
MAIS OBRAS MS 3 MESES
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Sindicatos - 04/09/2009 - 08h29

Centrais sindicais e parlamentares do PT decidem lançar ofensiva em defesa das 40 horas












Por Redação Pantanal News/Gerson Jara

As centrais sindicais CUT, CGTB, Força Sindical, com o apoio dos mandatos petista do deputado federal Antonio Carlos Biffi (PT-MS) e do deputado estadual Amarildo Cruz, decidiram lançar uma ofensiva em defesa das 40 horas semanais. Entre as estratégias previstas estão a produção de panfletos, realização de audiência pública no dia 21 de setembro (a confirmar) e reforço as caravanas em Brasília pela aprovação da P PEC 231/95 que prevê a redução da jornada de trabalho com o respectivo aumento da horas em 75%.     

A reunião ocorreu no escritório político do deputado federal Antonio Carlos Biffi com a presença de representantes de 18 entidades sindicais. No ato o parlamentar federal do PT ressaltou vem sofrendo pressão do setor empresarial para votar contra a PEC, mas como sindicalista tem compromisso os trabalhadores, conclamando todas as centrais e sindicatos laborais na realização de uma forte mobilização em defesa das horas semanais. Reiterou que a bancada comprometida com os trabalhadores é maioria, a bancada dos empresários é forte e o projeto corre risco de adiado ou arquivado senão houver uma pressão sobre a Câmara dos Deputados.

Biffi reiterou que a bancada do PT vem trabalhando recuperar alguns direitos cassados pelo Governo do PSDB. Citou a PEC 270  que garante a mesma remuneração a trabalhadores aposentados por acidente de trabalho ou doença ocupacional que tem salários reduzidos quando requerem seus direitos. “Como vice-presidente da Comissão que analisa o projeto acho que é um grande para corrigir esta injustiça”, comenta.

Do ponto de vista social, reduzir a jornada de 44 para 40 horas semanais produz efeitos positivos no mundo do trabalho.

A bandeira pela jornada de 40 horas semanais representa uma luta de quase 15 anos, consolidada agora pela A aprovação da nova lei representa um passo importante para a modernização das relações trabalhistas no País.

Apesar de enfrentar a resistência de alguns setores empresariais, o deputado destaca as vantagens das 40 horas semanais, pontuando que representa um ganho para economia e para qualidade de vida dos cidadãos: dignifica e humaniza as relações de trabalho, melhora a qualidade de vida do trabalhador, que terá mais tempo para a família, lazer, formação e qualificação profissional; reduz o número de acidentes, doenças profissionais (estresse, depressão, lesões por atividade repetitiva, entre outras).

Representa ainda cerca de 2,2 milhões de novos postos de trabalho, o que permitirá a inclusão social e produtiva de jovens e desempregados.

Biffi lembra que a economia brasileira já apresenta fortes sinais de recuperação. A produtividade decorrente de inovações tecnológicas e organizacionais, tem crescido mais que os salários, o câmbio vem favorecendo a modernização do parque produtivo das empresas, gerando aumento da produção e da produtividade.

A redução da jornada de trabalho também contribui para o aumento da produtividade, já que o trabalhador exerce seu ofício mais motivado, com mais atenção e concentração e com menos desgaste, evita despesas com manutenção e conserto de equipamentos decorrentes de fadiga/cansaço do trabalhador.

Do ponto de vista da do salário gera custo de produção é inferior a 20%, ou seja, representa menos de 2%. Além disso, pontua que  houve a desoneração em vários setores da atividade produtiva e redução de tributos com o fim da CPMF, sem redução de preços dos produtos e serviços.

Outra implicação é a redução de despesas com saúde e com a previdência social. São gastos bilhões de reais com seguro-acidente, despesas hospitalares, reabilitação, internação, medicamento. “Há setores, como frigoríficos em que a jornada de trabalho chega a 12 horas, incompatível e excessiva, gerando doenças ocupacionais e alta rotatividade do setor”, comenta o parlamentar.

A reunião acontecerá as 15h00 desta quinta-feira, no Escritório Político do Deputado Federal Antonio Carlos Biffi – Rua Alagoas, 1790 (Entre as Ruas Maranhão e Ceará). Fone 3326 4489 ou 9203-1676

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
06/10/2010 - 09h57
Greve dos bancários fecha 7.437 agências no País
01/10/2010 - 17h00
Com greve dos bancários, consumidor deve buscar alternativas para pagar contas, diz Procon
14/04/2010 - 15h45
Sindicatos industriais vão recorrer à Justiça para suspender pagamento do INSS sobre adicional de férias, auxílio-doença e auxílio-acidente
01/03/2010 - 15h09
Frigorífico de Nioaque pode fechar as portas, diz sindicalista
03/12/2009 - 08h29
Nova diretoria do Sindical assume com a proposta de atrair mais associados
 
Últimas notícias do site
19/08/2017 - 17h12
Vídeo: Ministro oficializa migração de 23 rádios da frequência AM para FM
19/08/2017 - 17h00
Vídeo: Ministro assina documento que autoriza migração de rádios AM para FM em MS
19/08/2017 - 09h45
PMA autua empresa de Mato Grosso e apreende carreta com carga ilegal de madeira
19/08/2017 - 09h01
AGENDONA: Fim de semana tem tradicional 'Bon Odori', espetáculo 'Improváveis' e mais
19/08/2017 - 08h00
Em Campo Grande, ministro autoriza migração de 36 emissoras AM para FM
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.