zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Energia - 03/09/2009 - 16h25

Fiems, Enersul e Delcídio articulam em Brasília continuidade do Energia Extra junto à Aneel









Por Redação Pantanal News/Daniel Pedra

 

O empresário Sérgio Longen, o senador e representantes da Rede Energia reuniram-se com o diretor Romeu Rufino e superintendentes da agência reguladora

O presidente da Fiems, Sérgio Longen, o senador Delcídio do Amaral e os diretores da Rede Energia, José Antonio Sorge e Valter Pedro Gordini, reuniram-se nesta quinta-feira (03/09), em Brasília (DF), com o diretor de regulação da Aneel, Romeu Donizete Rufino, e superintendentes da área técnica da agência reguladora para discutir a manutenção do Energia Extra após o dia 15 de setembro até que seja encontrada uma solução definitiva para o impasse.

No dia 15 de setembro encerra-se o prazo estabelecido no contrato de prorrogação do Programa firmado entre a Fiems e Enersul, possibilitando que o preço do kW/h (quilowatt/hora) cobrado pela energia elétrica no horário de ponta das 17h30 às 20h30 continue em R$ 0,35 contra R$ 1,60 estabelecido pela Aneel. Ficou deliberado ainda na reunião realizada em Brasília que a concessionária de energia elétrica do Estado protocole nesta sexta-feira (04/09) ofício junto à agência reguladora para pedir uma solução temporária de continuidade do Energia Extra após o fim do prazo estabelecido no acordo com as indústrias.

O presidente da Fiems destaca que a Aneel precisa encontrar uma solução para as 500 empresas que se beneficiam do Energia Extra, pois 300 dessas indústrias já estão com dificuldades. “Não podemos deixar que elas migrem para o uso de geradores movidos a óleo diesel, que é considera uma energia suja, preterindo a energia fornecida pela concessionária, que é uma energia limpar provenientes das hidrelétricas”, ressaltou, reforçando que o uso de geradores a óleo diesel é inadequado e também vai impedir que a Enersul deixe de ganhar com a comercialização dessa energia.

Para o diretor de regulação da Aneel, a manutenção do Energia Extra é um processo que envolve outros Estados e, portanto, a decisão terá de ser tomada pelo colegiado da agência reguladora. “Eu estou relatando esse assunto e a questão será encaminhada para a regulamentação no âmbito desse colegiado da Aneel. Infelizmente, ainda não temos um prazo para que isso aconteça, mas a solução para Mato Grosso do Sul será adotada também para os outros Estados, pois não teremos ações diferenciadas”, explicou.

Já o senador Delcídio do Amaral lembrou o esforço conjunto da Enersul e Fiems para a manutenção do Energia Extra e reconheceu a dificuldade do setor industrial em produzir no horário de pico caso o Programa seja suspenso. “O dia 15 de setembro não pode ser uma data limite para as indústrias do Estado, não há mais o que negociar, precisamos de uma solução e esperamos que a Enersul consiga essa autorização da Aneel, dando mais um fôlego as nossas empresas”, declarou.

Delcídio do Amaral também informou que pretende apresentar no Senado Federal um projeto de lei que permite ao consumidor industrial possa migrar para a categoria de consumidor livre. “Na prática, essa possibilidade permitirá aos grandes consumidores possam adquirir energia elétrica no mercado nacional a custo mais barato, deixando de depender das concessionárias de energia”, explicou o parlamentar.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

 

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
09/12/2013 - 09h57
Agência inicia em MS fiscalização de brinquedos e luminárias de Natal
17/10/2013 - 17h30
Horário de verão vai gerar economia de R$ 400 milhões, diz ONS
23/03/2013 - 08h05
No dia mundial da água jovens conhecem eletrodomésticos que preservam mananciais no consumo de energia
21/03/2013 - 15h37
Versão atualizada da cartilha Por Dentro da Conta de Luz
21/03/2013 - 14h05
Energia mensal de duas casas usa 1,5 milhões de litros de água
 
Últimas notícias do site
22/11/2017 - 11h35
PMA autua fazendeiro por erosão e assoreamento de córrego
22/11/2017 - 09h39
Projetos do IFMS conquistam principais prêmios de feira científica estadual
22/11/2017 - 09h23
Projeto Florestinha completa 25 anos formando cidadãos responsáveis
22/11/2017 - 07h26
Acumulada, Mega-Sena pode pagar R$ 50 milhões nesta quarta-feira
22/11/2017 - 06h13
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.