zap
GOV EMPREGO 22-06
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Emprego - 19/08/2009 - 10h33

Indústria do vestuário precisa de 1 mil empregados na Capital






Falta mão-de-obra qualificada em Campo Grande
Por Redação Pantanal News/Wilson Aquino

A indústria do vestuário de Campo Grande precisa de pelo menos 1 mil novos empregados para atender o setor que está em franco crescimento no Estado. A informação é de Alaíde Maria dos Santos, presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria do Vestuário de Campo Grande.

 Segundo ela, as indústrias têm dificuldade para preencher essas lacunas devido à falta de mão-de-obra qualificada. “Sabemos da existência de muitos jovens e adultos desempregados em nossa cidade, mas eles precisariam se especializar para entrar no mercado”, explica a líder sindical.

 As novas oportunidades de emprego para pessoas de ambos os sexos são para as seguintes profissões: costura, cortador, modelista, serigrafia, oveloquista, auxiliar de costura e até para estilista, entre outras atividades.

 Alaíde Maria informou que ultimamente tem sido comum indústrias locais requisitarem 50, 80, 100 empregados para atuação imediata. O sindicato tem incentivado principalmente os jovens a se especializarem nessas profissões através de cursos que são ministrados pelo SENAI, Funtrab e Funsat. “Oportunidades de emprego existem, falta qualificação”, explicou a sindicalista.

 Quanto aos vencimentos, segundo Alaíde, o piso para auxiliares, estabelecido em Convenção Coletiva, é de R$ 475,00 enquanto para as demais profissões o piso é de R$ 500,00. Entretanto a maioria das indústrias de vestuário de Campo Grande paga bem acima desses pisos, informa Alaíde. Profissionais de destaque também têm remuneração diferenciada. “Como em quase todo trabalho, os melhores funcionários são melhores remunerados”, ressaltou.

 José Roberto Silva, presidente da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias de Mato Grosso do Sul – FTI/MS – ao qual o sindicato é filiado – tem incentivado também os jovens a se especializarem nas diversas profissões existentes na área industrial, especialmente nessa área, de vestuário como também na área de produção de açúcar e álcool, em franco crescimento no Estado.

 Os interessados em saber mais sobre essas oportunidades de emprego devem procurar a sede do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Vestuário de Campo Grande, na Rua Pridiliona Rosa Pires, 250, fone: 3355-9814.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
09/06/2017 - 07h38
Ministério Público abre vagas de estágio para alunos de nível médio e superior
19/04/2017 - 16h55
Nota Oficial- Superintendência Regional do Trabalho em Campo Grande
11/04/2017 - 09h41
Tribunal Regional Eleitoral continua com inscrições para 24 vagas de estágio
04/01/2017 - 10h05
Governo abre 12 vagas em processo seletivo com salários de R$ 3,9 mil
14/12/2016 - 08h18
Ministério de Trabalho realiza mutirão de atendimento em 8 cidades de MS
 
Últimas notícias do site
28/06/2017 - 12h48
Gás de cozinha começa a faltar em MS e preço deve subir ainda mais
28/06/2017 - 11h25
Produtos típicos de festa junina estão até 18% mais caros neste ano
28/06/2017 - 10h35
IFMS abre vagas para pós-graduação em Aquidauana, Corumbá e Naviraí
28/06/2017 - 09h09
Polícia Militar recupera motocicleta furtada
28/06/2017 - 08h00
Retirada dos jacarés de cartão postal de MS é suspensa por causa de risco à multidão
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.