zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Emprego - 15/08/2009 - 10h25

Parceria entre governo e empresas promove inclusão de deficientes no mercado de trabalho




Por Redação Pantanal News/Notícias.MS

Campo Grande (MS) - O acesso ao mercado de trabalho de jovens e adultos é uma das dificuldades enfrentadas pelas famílias de pessoas com necessidades especiais, apesar de não ser um problema restrito aos deficientes. Para garantir o aumento de postos de trabalho para atender toda a população, o governo do Estado incentiva a implantação de novas indústrias em Mato Grosso do Sul e a capacitação profissional dos trabalhadores, por meio de programas de educação e cursos profissionalizantes.

          Pensando na inserção dos deficientes na vida profissional a Unidade de Atendimento Especial (Unae), vinculada a Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas), mantém convênio com uma rede de supermercados em Campo Grande, uma indústria de uniformes e uma empresa de limpeza, que empregam oito profissionais vinculados a instituição.

           O convênio com a rede de supermercados Comper na Capital foi firmado em 2005 e emprega seis alunos da Unae. Marcos de Freitas Miranda, de 23 anos, trabalha a quase quatro anos no supermercado como auxiliar de caixa. Com o salário que recebe já comprou um computador e uma máquina de lavar roupa para a mãe, o que demonstra orgulho em dizer. Em seus planos futuros está a aquisição de um automóvel.  “Estou juntando dinheiro pra daqui uns cinco ou seis anos comprar um carro”, diz Marcos, certo de que com o esforço pessoal seu objetivo será alcançado. “Eu sei que vou conseguir”, diz ele.

           Com menos tempo no emprego, Izídio Correa da Silva de 24 anos, pensa na segurança financeira pessoal e da família. Há um ano trabalha em uma das lojas da rede, também como auxiliar de caixa, e com o salário compra roupas, alimentos e ainda deposita uma parte do dinheiro na poupança. “Quando eu preciso, eu tenho” diz Izídio, que além de trabalhar seis horas diárias faz o curso para Educação de Jovens e Adultos (EJA) no período noturno.

            Um  outro exemplo de superação e determinação é o de Vanessa Calves de Ávila, 32 anos. Revisora em uma confecção de uniformes há um ano e meio, tem a atribuição de verificar se as peças possuem algum tipo de defeito como furo ou pregas. “Ela produz da mesma forma que uma  outra funcionária” afirma o gerente de Recursos Humanos da empresa, José Augusto de Araújo Silva, ressaltando que o comprometimento das pessoas com deficiência, muitas vezes, é maior que o de um funcionário sem problemas físicos.

            Vanessa se emociona ao falar de como se sente em poder trabalhar e ter sua independência financeira. Com a remuneração sustenta, sozinha, o filho de 10 anos, com quem vive. “Já comprei até um fogão”, diz Vanessa, para quem a limitação física não é obstáculo para exercer responsabilidade ainda maior, que é a de ser mãe.

            A indústria de uniformes possui 170 trabalhadores, entre eles quatro pessoas com deficiência.  José Augusto diz que a confecção está dentro da cota legal, que estabelece um percentual de 1 a 5% - do número total de funcionários- para contratação de portadores de necessidades especiais, mas o principal motivo da admissão destes profissionais é a preocupação com o papel social da empresa . De acordo com o gerente de RH da Nilcatex elas demoram um pouco mais no processo de treinamento, “mas a deficiência não é empecilho e o resultado é garantido”. 

            Atendimento especial

           A Unae atende 51 pessoas, entre jovens e adultos, com necessidades especiais. A unidade oferece oficinas de bijuteria, tapete artesanal, arte em jornal e revista, costura e bordado, além de fazer um trabalho de socialização, com o acompanhamento de psicólogo e terapeuta, para encaminhar os alunos ao mercado de trabalho. “Estamos estudando a possibilidade de oferecer, também, os cursos de telemarketing e camareira”, diz Maria Aparecida Correa Costa, diretora da instituição.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

 

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
20/09/2017 - 07h47
UFMS abre inscrição para selecionar professores substitutos em 8 cidades
02/08/2017 - 07h44
Confira as vagas de emprego disponíveis na Casa do Trabalhador de Aquidauana
09/06/2017 - 07h38
Ministério Público abre vagas de estágio para alunos de nível médio e superior
19/04/2017 - 16h55
Nota Oficial- Superintendência Regional do Trabalho em Campo Grande
11/04/2017 - 09h41
Tribunal Regional Eleitoral continua com inscrições para 24 vagas de estágio
 
Últimas notícias do site
17/10/2017 - 16h42
PMA autua fazendeira por degradação em margem de rio
17/10/2017 - 16h02
Aprovado projeto que incentiva entidades filantrópicas
17/10/2017 - 15h58
Membro atuante da CPI, Dr. Paulo Siufi apoia reivindicação de trabalhadores da JBS
17/10/2017 - 14h39
Bombeiros fazem sobrevoo para avaliar combate a fogo que já destruiu 20 mil ha
17/10/2017 - 14h00
Fazendeiro é autuado em R$ 18 mil por desmatamento e exploração ilegal de madeira
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.