zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Artes e lazer - 24/07/2009 - 15h37

Quadrinhos e pintura marcam presença na mostra “Vertigens e desdobramentos da imagem”






Por Redação Pantanal News/FCMS

No primeiro dia do 10º Festival de Inverno de Bonito, às 20h, acontece o lançamento da mostra “Vertigens e desdobramentos da imagem” na Galeria do Festival, Praça da Liberdade, com curadoria de Rafael Maldonado. Serão expostas obras de Ana Ruas, Beto Marson, Elvis de Almeida e Rogério Degaki que se interligam, que apresentam um novo olhar ao espaço trasitado pelas pessoas e levam o público a interpretá-lo. A exposição permanece durante todo o festival. 

“O confronto da produção desses quatro artistas proporciona ao público o contato com experiências estéticas repletas de sugestões visuais capazes de deslocar o olhar para possíveis releituras do real, esclarecendo um pouco mais sobre como a arte se relaciona com o que está ao nosso redor”, afirma Maldonado. 

Para Ana Ruas, o ambiente urbano reinterpretado por uma intervenção não intencional dos vendedores ambulantes é o elemento que alimenta o discurso nas pinturas da série “O Redário”. As redes, dispostas aleatoriamente pelo vendedor de rua com finalidade comercial, formam uma composição espacial reorganizada plasticamente pela artista que valoriza a combinação entre as cores e os movimentos lineares dos tecidos dispostos ao ar livre. Os instantâneos registrados por esse olhar cuidadoso reproduzem ângulos e enquadramentos que reordenam os planos de uma cena específica da cidade, chamando atenção para o que, de certa forma, já está lá. 

“Nave Primitiva” é o tema que define a produção plástica de Beto Marson. Por meio da economia de estruturas visuais e na geometrização do espaço pictórico, o artista elabora um campo de representação que tem a linha como mecanismo de construção, levando-nos ao encontro das variações de uma nave imaginária e de sistemas que funcionam como circuitos desse protótipo. A lona usada, o tecido rústico, os remendos aparentes no suporte conduzem o olhar para as mais diversas direções planas da imagem. Um interessante arranjo de formas que constrói imagens unindo o signo do primitivo ao sentido de uma espacialidade ficcional. 

Elvis Almeida tem como referência o exercício da linguagem das histórias em quadrinhos. A partir de uma lenda urbana de conteúdo dramático, desenvolve a série “Cemitério de elefantes”, reconfigurando por meio dos contrastes as cenas que traduzem visualmente os diversos assuntos abordados nas conversas entre amigos, em situações corriqueiras do cotidiano. Nesses trabalhos temos uma outra possível leitura das coisas, muitas vezes uma provocação à nossa capacidade de acompanhar um raciocínio estético capaz de transformar uma cena aparentemente erótica em algo singelo, entre nuances, ou também o contrário, transformar uma imagem de contexto suave em algo de teor denso, chocante. 

A pintura de Rogério Degaki trás um virtuosismo técnico que surpreende o espectador pela forma como as imagens são elaboradas: é pintura ou bordado? O realismo na representação cria essa dúvida, uma vertigem que nos insere num campo imagético cheio de elementos infantis em tons pastéis, como nos verdadeiros bordados à linha. Há um controle muito ordenado nas pinceladas cujo efeito funciona como uma atração irresistível para o olhar, para o encantamento visual de uma estrutura onde tudo está no mesmo plano.

Festival de Inverno de Bonito

A 10ª edição do Festival de Inverno de Bonito, que acontece entre os dias 29 de julho e 02 de agosto. O evento, promovido pelo Governo do Estado, por meio da Fundação de Cultura de Mato Grosso Sul (FCMS), tem anualmente em sua programação exposições de artes plásticas, dança, teatro, feira de artesanato, mostras de vídeos, oficinas, malabares, cursos e apresentações musicais de artistas de renome nacional e regional. Além da tradição de unir cultura, arte, responsabilidade social e preservação ambiental.

Em nove anos, foram 1.700 apresentações para um público de 400 mil pessoas. Nesta edição, os homenageados são o fotógrafo Roberto Higa, o poeta Thiago de Melo e o grupo Acaba, referência nas canções que falam – e defendem - o Pantanal.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:
www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
21/01/2014 - 15h45
Projeto oferece atividades em praças e parques de Campo Grande
25/10/2013 - 07h37
Academias ao ar livre têm orientação de professores em MS; veja horários
18/10/2013 - 10h23
Dupla formada em Campo Grande consegue vaga no The Voice
27/09/2013 - 15h29
CCI realizará uma semana de comemoração ao Dia do Idoso
23/11/2012 - 09h09
FCMS leva o artesanato sul-mato-grossense para a 23º Feira Nacional do Artesanato
 
Últimas notícias do site
20/10/2017 - 09h52
Gás de botijão leva prévia da inflação oficial a 0,34% em outubro, diz IBGE
20/10/2017 - 09h30
Enem 2017: locais de prova já estão disponíveis no cartão de confirmação
20/10/2017 - 09h09
PMA prende jovem com rifles e munições ilegais
20/10/2017 - 08h40
Corumbá tem dois projetos selecionados para fase nacional do prêmio MPT na Escola
20/10/2017 - 08h07
PMA autua fazendeiro por degradação de matas ciliares
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.