zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
O Estado do Pantanal - 11/09/2008 - 13h10

Governo do Estado promove a Expedição Fluvial Folguedo das Monções




Por Gisele Colombo, do Notícias MS

          A Expedição Fluvial Folguedo das Monções acontece neste fim de semana, 13 e 14 de setembro, em São Gabriel do Oeste, Rio Verde de Mato Grosso e Coxim. O projeto turístico-cultural realizado com recursos do Fundo de Investimentos Culturais de Mato Grosso do Sul (FIC/MS), da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, contempla a Rota Norte, região turística do Estado formada pelos municípios de Alcinópolis, Bandeirantes, Camapuã, Cassilândia, Chapadão do Sul, Costa Rica, Coxim, Figueirão, Pedro Gomes, Rio Verde de Mato Grosso, São Gabriel do Oeste e Sonora. O projeto foi o mais caro para o exercício do respectivo fundo este ano, batendo inclusive o Festival Nacional de Teatro de Campo Grande.

          A expedição visa ao resgate e à projeção da identidade cultural ribeirinha e monçoeira, bem como a história de ocupação da região norte do Estado. Segundo o  diretor executivo do projeto, Ariel Albrecht, a intenção é gerar emprego, renda e novas oportunidades para as famílias extrativistas, principalmente de pescadores por meio do turismo temático. Além disso, promover o escoamento de suas produções artísticas, culturais e artesanais como os trabalhos em cerâmica, fibra e trama de buriti, couro e pele de peixe, além da valorização do saber secular dessas comunidades.

          O projeto também promove e incentiva as diversas manifestações artísticas e culturais ligadas à identidade regional dentro do contexto monçoeiro. Sensibiliza os produtores culturais e os gestores públicos de cultura subsidiando-os com informações em suas áreas de atuação. “A transmissão de conhecimentos vai acontecer em forma de canções, poesias, literaturas diversas, peças teatrais, cantorias, alegorias, fantasias e outras manifestações culturais”, explicou. Ele destaca ainda que este é o melhor momento para se agregar valor em prol da consolidação efetiva da Rota das Monções como um produto turístico diferenciado e inédito no mercado nacional. “Mas para isso faz-se necessária a união efetiva dos diversos agentes institucionais promotores e incentivadores do turismo em Mato Grosso do Sul”, lembrou.

          A incursão no meio natural percorrerá as evidências histórico-culturais do rio Coxim, desde a ponte da Matinha, na região do Correio Monçoeiro, em São Gabriel do Oeste, passará pelo Letreiro Monçoeiro, já em Rio Verde de Mato Grosso, e finalmente chegará ao Arraial do Beliago, povoado mais antigo do Estado, datado de 1729, e que originou a cidade de Coxim. Garimpo de diamantes, ninhais de araras-azuis, cachoeiras, palhoças de pescadores, ilhas fluviais, corredeiras e todo um cenário exuberante repleto de usos e costumes nativos serão amplamente apreciados pelos participantes.

          O trabalho é capitaneado pelo Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Sustentável da Bacia Hidrográfica do Rio Taquari (Cointa), cujo presidente é o prefeito municipal de São Gabriel do Oeste, Adão Unírio Rolim, e conta com uma equipe-executora multidisciplinar nas áreas de turismo, biologia, geologia e história, além de ambientalistas engajados, comunidade ribeirinha, artistas, colaboradores e simpatizantes de um modo geral.

          O projeto, que utilizará os serviços de pescadores, artesãos, músicos e poetas do Estado, promete ser um novo marco dos novos tempos do turismo em Mato Grosso do Sul. Trata-se de história, cultura e natureza juntas utilizando o turismo como ferramenta de desenvolvimento sustentável.

          História 

          A Rota das Monções foi um dos principais fatores no processo de expansão territorial brasileiro rumo ao oeste do País, no século XVIII. Fez surgir vários povoados e fazendas. Dois bons exemplos foram a fazenda Camapuã (1723) e o arraial de Beliago (1729). O primeiro corresponde ao território que hoje é a cidade de Camapuã, ponto estratégico de transição e divisor das bacias do Paraná e do Paraguai. O segundo originou o que atualmente é a cidade de Coxim, sendo o povoado mais antigo de Mato Grosso do Sul, com 273 anos de fundação.  

          O arraial de Beliago, hoje Coxim, surgiu como ponto de apoio às expedições de paulistas e portugueses (monçoeiros) que percorriam um trajeto fluvial desde o rio Tietê, em São Paulo, até o Cuiabá, em Mato Grosso, fazendo um trajeto fluvial que durava até seis meses em busca das Minas de Ouro do Cuiabá, descobertas em 1719. 

          O fato se transformou numa enorme epopéia entre nativos e exploradores e mudou, não só a geografia e história do Brasil, como também da América do Sul e, acima de tudo, criou elementos sociais diferenciais na região, deixando evidências concretas de toda uma época e sua cultura, que influencia as comunidades desta região até os dias de hoje. 

          Mais informações pelo website http://www.opendoortur.com.br  ou pelo fone (67) 3321-8303 (fax - 67-3384-6763). Acompanhe a programação: 

Expedição Fluvial Folguedo das MonçõesRota das Monções 2008
13 e 14  de setembro
São Gabriel do Oeste – Rio Verde de Mato Grosso - Coxim                                                                                                               

13/09 – sábado – Guias, artistas e participantes convidados

4h00 – Encontro na Praça Sílvio Ferreira, em frente à Catedral Sâo José, em Coxim - MS;
4h15 – Primeira chamada para embarque;
4h30 – Segunda chamada para embarque;
4h35 – Saída para o Rosas Posto, em São Gabriel do Oeste (100 km);
5h00 – Instruções, exposições verbais e orientações preliminares sobre o passeio durante o traslado;
6h00 – Chegada ao Rosas Posto, em São Gabriel, para encontro com participantes vindos de outros destinos (Camapuã, Campo Grande e São Gabriel do Oeste entre outros), e início das atividades temáticas do folguedo: causos, poesias e música;
7h00 – Saída para a Ponte da Matinha (41 km);
8h00 – Chegada à Ponte da Matinha para café da manhã, embarque e início da expedição fluvial;
08h30 –  Visita ao Correio Monçoeiro;
09h30 – Transposição do Travessão do Jaú;
11h00 – Parada para banho e almoço na cachoeira do Areado;
13h00 -  Passagem pelos paredões das araras-azuis;
14h30 – Visita ao Córrego da Piaba;
15h30 – Visita à Barra do Jauru;
17h30 – Chegada à Jauru, à vila dos Diamantes, para acampamento, jantar e pernoite.                                                                                                         

                                                                                                             14/09 – domingo

6h00 – Café da manhã e desmontar acampamento;
7h00 – Visita ao Garimpo Artesanal de Diamantes;
09h30 - Embarque para continuação do trajeto;
12h00 – Transposição da cachoeira do 4 Pé, visita ao Letreiro Monçoeiro (Sítio histórico) e almoço no local;
14h00 – Transposição da cachoeira do Campo e visita ao antigo garimpo;
14h30 – Visita à Barra do Riozinho;
15h00 – Chegada a Coxim, antigo arraial do Beliago, para fotos na ponte Velha, desembarque no Porto Municipal, despedida e liberação dos piloteiros.
16h00 – Saída do ônibus para liberação dos participantes em suas respectivas residências ou hotéis.

          Mais informações pelo website http://www.opendoortur.com.br  ou pelo fone (67) 3321-8303 (fax - 67-3384-6763).

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
isabella v. fontoura , em 11/05/2009 - 09h59

nada do q eu casei esta aqui isso e rridiculo seus imprestaveis??????????????????????? ridiiiiiiiiiiicuuuuuuuuloossssss

 
Últimas notícias do canal
17/05/2017 - 09h41
Cientistas desenvolvem alimentos processados de pescado pantaneiro
16/05/2017 - 14h17
Sete famílias deixam suas casas com início da cheia no Pantanal de MS
12/05/2017 - 09h50
Hidrovia do Rio Paraguai é tema de Road Show em Corumbá
04/05/2017 - 06h29
A palmeira que desponta como novo 'ouro verde' do Brasil
02/05/2017 - 12h05
'Banho de São João', de Corumbá, é selecionado para receber recursos do Ministério do Turismo
 
Últimas notícias do site
26/05/2017 - 12h16
Projeto prevê salas de amamentação em shoppings, aeroporto e igrejas
26/05/2017 - 11h48
Polícia Militar capturou quatro foragidos da justiça nos últimos dias
26/05/2017 - 10h59
PMA apreende meia tonelada de pescado e aplica R$ 33 mil em multas
26/05/2017 - 10h20
Fim de semana em MS tem eventos gratuitos na capital e no interior
26/05/2017 - 09h25
7º Batalhão da PM fecho o cerco contra assaltos à bancos
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.