zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Artigos - 04/06/2009 - 16h55

Eu amo Mato Grosso do Sul






Por Deputado estadual Marquinhos Trad (PMDB)

Não há legitimidade para justificar o assassinato de Mato Grosso do Sul.

Não fosse a questão da Copa, ninguém discutiria este assunto.

Ora, não se pode MATAR um estado só porque ele não foi escolhido para sediar um torneio de futebol.
 
Não há legitimidade.
 
A idéia de ASSASSINAR o Estado de Mato Grosso do Sul é uma febre de consumo dos que reduzem um estado a um produto de supermercado: se não está vendendo, muda a embalagem para enganar o trouxa do consumidor.
 
Mato Grosso do Sul não é apenas um nome comercial que pode ser mudado ao sabor das circunstâncias; o meu, o seu enfim o nosso MATO GROSSO DO SUL já é uma HISTÓRIA, já tem um povo SUL-MATO-GROSSENSE, já tem uma cultura de MATO GROSSO DO SUL, hábitos, costumes, modos, sotaques, enfim, já existe e está consolidada uma SENSIBILIDADE TÍPICA DE UM POVO COM IDENTIDADE PRÓPRIA.
 
Assassinar MATO GROSSO DO SUL, através do aborto provocado de uma mudança forçada pelo ímpeto, é precedente perigoso, uma vez que nada garante que o nome PANTANAL, MARACAJÚ, ESTADO DE CAMPO GRANDE, GUAICURÚS venha a colar. E se não colar em dez ou vinte anos, haverá nova tentativa de mudar o nome... e assim por diante até que percamos definitivamente o estado de Estado formal e oficial para se transformar “naquele territoriozinho confuso que muda de nome a cada trinta anos” ...
 
MATO GROSSO DO SUL é bem maior que Pantanal, pois o Pantanal é parte do MATO GROSSO DO SUL e não o contrário. Seria como chamar o Rio de Janeiro de Estado do Pão de Açúcar ou da Mata Atlântica ou São Paulo de Estado do Paranapanema.
 
Como será possível dizer, geograficamente, que uma pessoa está no Pantanal se ela não está no pantanal? Sim, porque muitos municípios do estado não são abrangidos pelo Pantanal, e, de certa forma, será uma grande fraude dizer o que é quando se sabe que não é, sobretudo porque os municípios que não são abrangidos pelo pantanal têm os seus atrativos diferentes da região do pantanal e eles não podem perder a sua identidade e vocação turística por causa de um simples torneio de futebol.
 
Penso que não devemos ASSASSINAR MATO GROSSO DO SUL, mas fazê-lo mais forte no contexto nacional, mostrando ao Brasil que o erro ignorante dos que nos confundem com Mato Grosso não pode justificar o erro maior de acabar com toda uma história repleta de cultura e tradição própria.
 
A devoção pela vitória imortal de ser SUL-MATO-GROSSENSE é o atestado maior de que não devemos virar a casaca, ASSASSINANDO MATO GROSSO DO SUL só para agradar os turistas e o dinheiro.
Já viu alguém trocar de time? Não, pois quem torce pelo seu time, ama o seu time.
 
EU AMO MATO GROSSO DO SUL do jeito que ele é. Por isso, prefiro perder de forma SUL-MATO-GROSSENSE a ganhar com a ajuda involuntária do Ricardo Teixeira e do Blairo Maggi.
 
Que venha o plebiscito !!!
 
EU AMO MATO GROSSO DO SUL !!!
 
Marquinhos Trad (Deputado Estadual – MS)
 
Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter:

 

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
dayane, em 02/03/2010 - 18h22

marquinhos,gostaria de sua ajuda para,uma casa da ema para minha tia,por que,na casa dela so ela que trabalha.ela ganha 60,00 reais por semana e ainda tem que pagar o alugeu que custa 200,00 reais.os filho dela tem um dinheiro do pai deles mas nao da para case nada gostari que me ajudase muito.mas nao quero que mostre na tv.se quiser conhecer ela me retorna pelo email

juari lopes pinto, em 02/07/2009 - 15h57

Parabens meu Deputado!!!! Voce tem toda razao!!!!!

Luiz Carlos Nogueira, em 15/06/2009 - 11h42

Concordo com o deputado Marquinhos Trade, poir mudar o nome do Estado de Mato Grosso do Sul para Estado do Pantanal, ou para qualquer outro nome, é pura crise de incompetência para não dizer outra coisa muito mais pejorativa. A opinião mais sensata, mais honesta e mais inteligente foi emitida pelo Sr. Eduardo Crivellente Neto (que aliás não é nem Sulmatogrossense), sócio da Remat (Empresa de marketing e propaganda), na edição nº 808, do Jornal de Domingo, de 07 a 13/06/09, pág. 05. Segundo esse empresário, cuja opinião eu comungo inteiramente: “...a discussão foge da real necessidade do que realmente deveria ser feito. Primeiro é preciso um trabalho para direcionar e esclarecer a nível nacional os 26 Estados....Nunca se fez um trabalho de esclarecimento ou talvez uma campanha no Jornal Nacional mostrando onde realmente estamos e quem somos....o MS nunca se apresentou tecnicamente, fora das fronteiras...”. Ora, se algum fulano quer que a mãe dele seja conhecida, não é preciso mudar o nome dela. Que faça então a divulgação do nome dela. Mudar o nome da mãe significa perder a referência materna. Aí será o caso de alguém perguntar: De quem tu é fio seu minino? Aí o cabra certamente irá responder: Di dona Vulgata (nome mudado) qui fazia pasté in Parmeira, lá na istação daquele treim que iá prá Curumbá antigamente, viste? Ao que o outro certamente responderia: Sei não quem é!!! Quem ieu cunhecia lá, que fazia pasté, éra uma tar de Dona Gerôncia!!! Nunca ixistiu lá essa tar de dona Vulgata!! (Pronto, ficou pior ainda). Depois eu pergunto: Que vai pagar todas as despesas com a regularização dos nossos documentos, desde a carteira de identidade??? Algum deputado por acaso??? Algum empresário??? Quem???? Isto é resultado de quem está voando muito e ficou tonto??? Teve gente que chorou na Televisão (pura arte dramática) porque Mato Grosso do Sul não sediará a Copa do Mundo. Esses chorões por acaso já choraram pelos aposentados deste País, que vivem em condições precárias??? Já Choraram de vergonha com as despesas de viagens aéreas (para passeio inclusive de familiares e amigos) até para o exterior, pagas com o dinheiro público??? Já choraram pelos desabrigados e famintos, aqueles que perderam seus empregos??? Já choram pelos que não podem ter um tratamento médico-hospitalar digno??? Ora, não podemos ficar mudando as coisas por causa dos que são ignorantes (até por conta do descaso próprio) e não sabem das localizações geográficas dos países, Estados, cidades, etc. (parece que antigamente isso era bem ensinado nas escolas) alguém já disse que a ignorância é a nutriz do erro e a mãe de todos os vícios, portanto, já é tempo dos nossos legisladores pararem de inventar moda e trabalharem não como diletantes, mas como verdadeiros homens públicos.

 
Últimas notícias do canal
24/04/2017 - 09h53
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte V
20/04/2017 - 15h12
Adolescentes em risco de suicídio e o jogo da Baleia Azul
18/04/2017 - 15h00
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte IV
18/04/2017 - 14h55
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte III
18/04/2017 - 14h50
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte II
 
Últimas notícias do site
27/04/2017 - 15h06
Rádio Independente de Aquidauana recebe "Moção de Congratulação" do deputado estadual Paulo Siufi por processo de migração para FM
27/04/2017 - 15h03
Em MS, 27% dos contribuintes ainda não entregaram declaração do IR 2017
27/04/2017 - 07h10
Chuva em municípios de MS passou dos 50 mm e derrubou temperaturas
27/04/2017 - 06h31
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
27/04/2017 - 06h24
No primeiro frio do ano, quinta-feira amanhece com mínima de 9°C em MS
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.