zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Artigos - 01/06/2009 - 11h52

Os quatro elementos




Por Adilson Luiz Gonçalves (*)

 

Ar, terra, água e fogo. Esta não é, exatamente, a ordem em que os quatro elementos são mencionados, mas, considerando a desordem com que vêm sendo tratados, tanto faz.

O ar, o mais fundamental para a vida terrestre, está contaminado, sobretudo nos grandes centros populacionais e industriais. Em casos extremos, máscaras passaram a integrar a indumentária dos pedestres.

A terra nos dá a maior parte dos alimentos. A vegetação que dele brota é responsável pela depuração do ar. De suas entranhas são extraídos minerais e substâncias indispensáveis à sobrevivência e evolução dos seres vivos. Mas, o extrativismo selvagem destrói a vegetação que depura o ar e estabiliza o solo. Com isso, abre espaço para a erosão e, no limite, para a desertificação. Ironicamente, os que destruíram suas florestas querem, hoje, preservar, internacionalizar ou tomar para si as dos outros...

A água? Bem, existe muita água, é verdade: água que flui continuamente, desde tempos imemoriáveis. Mas, menos de 1% dela é potável e os mananciais estão, em grande parte, fora dos territórios das grandes potências econômicas. Elas também parecem estar vivamente interessadas em sua “preservação”. Teorias de conspiração à parte: parecem muito mais do que interessadas. Mas, mesmo esse 1% vive sob constante ameaça, pois a mesma chuva que "lava" o ar, trás seus poluentes para o solo que, somados aos defensivos agrícolas agressivos, metais pesados das indústrias e garimpos, e resíduos de toda espécie, poluem rios e aqüíferos.

Já o fogo é o único elemento que permanece firme, forte e pródigo! Ele está em toda parte: no aquecimento global, nas queimadas, nas guerras, na violência urbana e rural, na busca insana pelo lucro. Esse "fogo" dizima o ar e a terra, e parece não haver água que o apague. Mas a culpa não é do fogo: é de quem o ateia e fomenta por ignorância, estupidez, ganância...

A falta de consciência ambiental dos grandes conglomerados econômicos internacionais e governos impede que seus "visionários" e "carismáticos" dirigentes antevejam as consequências de seus atos, talvez por terem sua visão encoberta pela fumaça dos charutos e cachimbos, que acendem para celebrar sua soberba.

O Protocolo de Quioto plantou a semente para uma mudança de atitude global, mas os principais atores desse processo devastador e poluidor insistem em ignorá-lo. Leais aos seus princípios históricos, às vezes "justificados" por crenças oportunas, para eles o lucro continua a vir sempre em primeiro lugar. Para eles, mesmo o caos é encarado como oportunidade de ganhos. Guerra, violência, doença, fome e pobreza são lucrativas, e podem ser "excelentes" investimentos, antes, durante e depois. Não é à toa que, quando ocorre uma catástrofe, enquanto uns correm para prestar solidariedade, outros correm para as Bolsas de Valores.

Talvez, a crise ambiental não lhes pareça real, nem próxima, vista de seus escritórios climatizados, restaurantes e hotéis refinados, ou paraísos que elegeram e preservam para seu desfrute. A água de Vichy ainda continua cristalina. O ar de Aspen, Val d’Ysère e de outras estações de inverno da moda, ainda continua puro. Os mares do sul e do Caribe ainda estão límpidos.  Estão alheios, mas não estão imunes, em absoluto!

Os elementos da natureza correm risco e com eles a humanidade! Ainda temos elementos suficientes para reverter esse quadro, mas, para tanto, é preciso que os elementos humanos que governam o planeta aprendam a controlar sua ganância. Cabe a cada um de nós conscientizá-los, antes que: água, terra, fogo e ar não nos sirvam mais!

 

(*) Adilson Luiz Gonçalves

Mestre em Educação

Escritor, Engenheiro, Professor Universitário (UNISANTOS e UNISANTA) e Compositor

Home page: www.algbr.hpg.com.br

Músicas: br.youtube.com/adilson59

E-mails: adilson@unisantos.br e prof_adilson_luiz@yahoo.com.br

(13) 97723538

 

Os artigos publicados com assinatura não representam a opinião do Portal Pantanal News. Sua publicação tem o objetivo de estimular o debate dos problemas do Pantanal do Mato Grosso do Sul e de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, garantindo um espaço democrático para a livre exposição de correntes diferentes de pensamentos, idéias e opiniões. redacao@pantanalnews.com.br

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter: www.twitter.com/PantanalNews

 

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
13/11/2017 - 08h00
Expedição Centenária – F. Coimbra – Corumbá I
09/10/2017 - 13h44
Joaquim Francisco de Assis Brasil
09/10/2017 - 13h43
Assis Brasil, Acre
09/10/2017 - 13h34
O Assassinato de Chico Mendes
09/10/2017 - 13h31
Epopeia Acreana - Parte VII
 
Últimas notícias do site
17/11/2017 - 16h03
Viralizou: cachorrinho 'penetra' na balada é a imagem mais fofa que você vai ver hoje
17/11/2017 - 10h18
Fim de semana tem sertanejo, funk, comédia e teatro
17/11/2017 - 07h53
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
17/11/2017 - 07h44
Proprietários rurais são autuados por manterem carvoarias ilegais
17/11/2017 - 06h14
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.