zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meio ambiente - 26/05/2009 - 10h27

Importação de toras caiu 38% no Japão




Por Painel Florestal

O Japão é o segundo maior importador de toras do mundo. Por vários anos, serrarias estiveram dependentes da importação de madeira em toras que em 2008, chegou a 35%. A importação caiu nos últimos dez anos, ao passo que cresceu a importação de produtos processados, como compensados, painéis e serrados. Em 2008 as importações de toras corresponderam a 40% do que se importava em 1998, enquanto os volumes importados de madeira processada ficaram no mesmo patamar de dez anos atrás.

Nos últimos 15 anos, a Rússia tem sido importante fornecedora de toras para serrarias e fábricas de compensados, com participação de 55% em 2006, caindo para 17% em 2009. Isto porque a Rússia não é mais a fonte de menor custo como antes. Há cinco anos atrás, os preços de toras russas para serraria no Japão estavam iguais aos preços de Pinus radiata da Nova Zelândia e mais de US$ 100 / m³ mais barato do que as toras de Pinus taeda dos EUA. Agora, estão 15% maiores do que Pinus raiata e apenas US$ 30 / m³ menor do que Douglas-fin. As empresas japonesas devem aumentar a importação de toras da Nova Zelândia e da América do Norte porque os custos das toras da Rússia estão subindo e o suprimento é menos confiável.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter: www.twitter.com/PantanalNews

 

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
Cláudio Ferreira, em 28/05/2009 - 13h45

Acabei de chegar de New Zealand; e morei 4 meses em Lyttelton, principal porto de South Island; de onde saem todas essas toras de Pinus radiata. Pude observar ao longo desse tempo, a chegada e saída dessas toras, para o Japão. De fato; estamos vivendo o “apagão da madeira”; e o que me levou a comentar essa matéria, foi a quantidade “assustadora” de toras que saem daquele porto. Sinceramente, não sei por quanto tempo mais, aquele país, vai suportar um manejo tão agressivo; ainda mais com uma demanda crescente dessa. Deve ser, para forçar um futuro aumento no preço dessa MP; seguindo a tendência de mercado. Por outro lado, é um bom sinal, o consumo consciente dos japoneses. Logo um país, que tanto aprecia o trabalho com madeiras. A mudança climática, e a escassez de recursos, nos forçam a uma mudança comportamental; pessoal e coletiva. Obrigados a fomentar, a utilização de recursos não madeireiros; geramos também, pesquisa; novos materiais e novos mercados. Por fim; nos falta ainda, vontade política e paz entre os povos. Questões mais simples do que as ambientais; muitas vezes de ordem diplomática. Por exemplo: a China hoje, está pronta para substituir, TODA essa madeira, por bambu, a um custo ambiental e econômico, infinitamente menor. Mas parece, que preferem, esgotar os recursos que nos restam; do que assinarem um “tratado de paz”, e de perdão, pelas antigas guerras; que parecem não cessar. Por enquanto; me parece, que o Pinus radiata, é o “pau” da vez. Como se diz na minha terra: “ta pensando que bambu é cana?”

 
Últimas notícias do canal
10/08/2017 - 11h16
MS registra o maior número de queimadas dos últimos 7 anos
09/08/2017 - 07h53
Em apenas uma semana, agosto já é o 2° mês com mais focos de calor
04/08/2017 - 11h04
Bodoquena, um paraíso de águas, serras e grutas
02/08/2017 - 08h44
Quantidade de focos de calor em julho foi a maior dos últimos 18 anos em MS
02/08/2017 - 08h00
Saúvas "dominam" áreas urbanas e podem matar espécies como ipês
 
Últimas notícias do site
19/08/2017 - 17h12
Vídeo: Ministro oficializa migração de 23 rádios da frequência AM para FM
19/08/2017 - 17h00
Vídeo: Ministro assina documento que autoriza migração de rádios AM para FM em MS
19/08/2017 - 09h45
PMA autua empresa de Mato Grosso e apreende carreta com carga ilegal de madeira
19/08/2017 - 09h01
AGENDONA: Fim de semana tem tradicional 'Bon Odori', espetáculo 'Improváveis' e mais
19/08/2017 - 08h00
Em Campo Grande, ministro autoriza migração de 36 emissoras AM para FM
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.