zap
ANIVERSÁRIO CORUMBÁ 2017
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Finanças - 23/05/2009 - 07h30

Redução da Selic para 10,25% desagrada indústria e comércio




Por Alana Gandra, da Agência Brasil

 

A decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, de baixar a taxa básica de juros (Selic) de 11,25% ao ano para 10,25%, desagradou aos dirigentes das principais entidades patronais. Caso do presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Armando Monterio Neto, que divulgou nota, logo depois do anúncio do Copom, dizendo que a redução de apenas um ponto percentual ficou “aquém das expectativas” do empresariado.

Segundo ele, a decisão é positiva, mas afirmou que “os indicadores dos últimos meses mostram que a crise financeira ainda está longe de uma solução”. Ele ressaltou também que “os níveis de produção, emprego e as concessões de crédito ainda se mostram acentuadamente abaixo dos níveis registrados no período pré-crise”.

Monteiro Neto avaliou que a combinação de pouca confiança dos consumidores e maior dificuldade na concessão de crédito são os principais entraves para a retomada da demanda  e o conseqüente restabelecimento da produção. “O atual ciclo recessivo da economia exige um corte mais substancial da Selic, mesmo porque a taxa de inflação no acumulado em 12 meses se encontra em trajetória cadente”, defendeu. Nesse sentido, continuou, a decisão do Copom atrasa o processo de recuperação da atividade econômica.

O presidente da Fecomércio, Abram Szajman, disse que o Copom poderia ter reduzido a Selic para 9,25%, de modo a gerar economia de R$ 11 bilhões nos juros da dívida pública. Segundo ele, a taxa de juros média no mundo está entre 4,5% e 5%, portanto, “comemorar uma Selic de 10,25% parece ser resignação demais”. Szajman acrescentou que “o Copom deveria ter sido mais ousado”.

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter: www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
13/12/2013 - 06h35
Consultas ao último lote do IR abrem segunda; 711 mil caem na malha fina
28/08/2009 - 10h37
Força Nacional terá base aérea na fazenda Itamarati
05/06/2009 - 17h40
Trabalhadores têm até o dia 30 para sacar Abono e rendimentos do PIS
01/06/2009 - 11h27
Bovespa inicia semana acima dos 54 mil pontos
01/06/2009 - 09h09
Analistas mantêm estimativa da inflação oficial em 4,33% neste ano
 
Últimas notícias do site
25/09/2017 - 17h12
Vídeo: Ministro oficializa migração de 23 rádios da frequência AM para FM
25/09/2017 - 17h00
Vídeo: Ministro assina documento que autoriza migração de rádios AM para FM em MS
25/09/2017 - 09h01
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
25/09/2017 - 08h59
Polícia Militar realiza operação “Presença Ativa” em Miranda
25/09/2017 - 08h35
PMA autua fazendeiro em R$ 1,5 milhão por desmatamento ilegal de vegetação nativa no Pantanal
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.