zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Artigos - 22/05/2009 - 09h13

Se lixando




Por João Carlos da Silva (*)

 

Dois episódios causaram burburinho na opinião pública nacional nos últimos dias. O Deputado Federal Sérgio Mendes ( PTB-RS ) fez Getúlio Vargas revirar-se no caixão com sua famosa declaração que estava se lixando para o povo, numa atitude de alucinação verbal e agressão ao eleitorado brasileiro.

 
No outro episódio o padre Abilio Steckel mandou ver nos recursos da Arquidiocese do Rio de Janeiro. Gastou o que pode e o que não pode parecendo até essas madames que entram em uma loja de decoração e escolhem peças que fazem suar frio o cartão de crédito dos maridos.
 
Para quem gasta 21 mil reais em um sofá de couro recheado de pena de ganso, 2 milhões em um apartamento de 500 metros quadrados e poltronas da criação do ícone Mies Van Der Rohe, um alemão que fez história no mundo da decoração, não está nem ai para as necessidad es de seus fiéis.
 
O padre fez muitos sacerdotes revirarem no túmulo. Um gastou 15 milhões do caixa da Arquidiocese e o outro fez e aconteceu com a verba indenizatória e por pouco não teve tempo de livrar do " paredão parlamentar " o dono do Castelo mais brega do mundo Deputado Edmar Moreira.
 
Não dá para aceitar esse tipo de comportamento das duas figuras citadas nessas linhas. O povo faz a sua parte. Comparece nas urnas e frequenta igrejas todo santo domingo e até mesmo todos os dias. Segue de onibus e a pé seu caminho em direção das obrigações que são impostas pelo cotidiano. Talvez muitos desses fiéis tiveram suas roupas sujas pela água da chuva jogada pelo padre Abilio dirigindo seu Jetta blindado pelas ruas do Rio de Janeiro.
 
O mesmo deve ter feito o nobre deputado em sua cidade do interior do Rio Grande do Sul visto que não está nem ai para a opinião pública. Fatos da vida nacional. Imaginem só se o deputado resolve fazer uma visita ao Rio de Janeiro e decide dar uma passadinha na Arquidiocese para se confessar e quem o recebe é o padre Abilio? É melhor nem comentar.
 
Pasmo com a história do padre Abílio ( talvez ele só use Daslu ) o Monsenhor Abilio Nova ( nada a ver com o outro ) disse que o dinheiro devia ser usado com os pobres. O Brasil inteiro acha a mesma coisa. O dinheiro que o deputado usava em causa própria também era para ser usado com os pobres. Farinha do mesmo saco. Enquanto o padre deve ter faltado à aula de catecismo em que tratam do segundo pecado capital - a avareza - ( "o desejo excessivo de haveres", segundo o Houaiss ) , o deputado faltou à aula de comportamento e comprometimento com causas públicas e sociais.
 
Isso é Brasil e assim caminha a humanidade. A diferença entre um e outro é que apenas Sérgio Moraes exerce o mandato parlamentar. Pelo que fez o padre Abílio muitos podem pensar que ele seja candidato nas próximas eleições. Se eleitos ambos vão se encontrar no plenário do Congresso Nacional , dar um abraço apertado e continuarem a se lixarem para a opinião pública. O único problema é que os apartamentos funcionais de Brasilia não valem dois milhões de reais e não possuem o luxo que o padre Abílio está acostumado. Mas , se for um aluno aplicado, o professor deputado Sérgio Mendes poderá ensinar muitas coisas importantes talvez bem melhores que esses investimentos que o padre fez na Arquidiocese do Rio de Janeiro " pensando "  exclusivamente em proporcionar aos fiéis um glamour religioso digno da Roma antiga.
 
Se Nero vivo fosse...

(*) João Carlos da Silva

É Articulista

Os artigos publicados com assinatura não representam a opinião do Portal Pantanal News. Sua publicação tem o objetivo de estimular o debate dos problemas do Pantanal do Mato Grosso do Sul e de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, garantindo um espaço democrático para a livre exposição de correntes diferentes de pensamentos, idéias e opiniões. redacao@pantanalnews.com.br

 

Siga as notícias do Portal Pantanal News no Twitter: www.twitter.com/PantanalNews

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
22/05/2017 - 09h01
Heraldo Pereira e Bosco Martins: um breve reencontro entre amigos
04/05/2017 - 14h30
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte VI
02/05/2017 - 11h08
O poeta de Sobral
24/04/2017 - 09h53
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte V
20/04/2017 - 15h12
Adolescentes em risco de suicídio e o jogo da Baleia Azul
 
Últimas notícias do site
21/07/2017 - 16h10
Mato Grosso do Sul perdeu R$ 2,27 bilhões com violência no trânsito em 2016
21/07/2017 - 16h02
Governo realiza mutirão para migração de rádios AM para FM dos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul
21/07/2017 - 15h13
Mutirão AM/FM acontece na próxima semana em MT e MS
21/07/2017 - 09h32
Com plantações afetadas pela geada, abobrinha fica 16% mais cara
21/07/2017 - 08h50
Período de saque das contas inativas do FGTS termina em 10 dias
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.