especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Emprego - 20/05/2009 - 13h15

Desempregados do setor industrial são mais de 3 mil em Campo Grande

Além de frigoríficos fábricas de macarrão, óleo, ração, bebidas e outros produtos também fecharam as portas




Por Wilson Aquino

 

Em Campo Grande ainda são mais de 3 mil trabalhadores demitidos do setor industrial. E não são apenas do setor frigorífico, mas de outros segmentos como indústria de bebidas, de ração, macarrão, óleo e outros produtos. A informação é de Rinaldo de Souza Salomão, presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Alimentação de Campo Grande e Região.

O sindicalista diz que o governo, que já tem ajudado o setor industrial, poderia ajudar ainda mais e não basta, segundo ele, apenas facilitar o acesso ao crédito, mas fiscalizar mais a fundo o segmento para que a atividade não proporcione prejuízos ao Estado, ao setor financeiro e muito menos para o trabalhador que tem sido penalizado com o fechamento de empresas que não têm (“ou não querem”) condições de efetuar o pagamento das rescisões contratuais.

Rinaldo disse também que muitos empresários estão acostumados a tocar seus negócios com base no “jeitinho brasileiro” de resolver as coisas, “que consiste em diversos ilícitos como sonegar impostos, driblar fiscalização, ganhar favores em troca de propina, etc”, diz. “É preciso que o empresariado leve mais a sério sua atividade, com os pés no chão e com disposição de vencer obstáculos à custa do trabalho e não de forma facilitada, ilícita como em muitos casos”, comenta o sindicalista.

Ele criticou ontem a tentativa de empresários que procuraram esta semana reabrir o frigorífico Boi Centro Oeste, com sede em Campo Grande, com um capital de apenas R$ 20 mil e depois, numa segunda etapa, com um capital, ainda insuficiente, de R$ 400 mil, que na opinião do sindicalista, não daria para sustentar um frigorífico sequer por uma semana. “Nosso empresariado precisa levar as coisas mais a sério”, apelou.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
04/12/2017 - 07h44
Confira as vagas de emprego disponíveis na Casa do Trabalhador de Aquidauana
30/11/2017 - 08h07
Confira as vagas de emprego disponíveis na Casa do Trabalhador de Aquidauana
29/11/2017 - 08h34
Confira as vagas de emprego disponíveis na Casa do Trabalhador de Aquidauana
27/11/2017 - 07h37
Confira as vagas de emprego disponíveis na Casa do Trabalhador de Aquidauana
20/11/2017 - 07h56
Confira as vagas de emprego disponíveis na Casa do Trabalhador de Aquidauana
 
Últimas notícias do site
08/12/2017 - 15h54
Final de semana será de chuva e temperaturas altas em todo MS
07/12/2017 - 10h30
Comando do 6° Distrito Naval comemora o Dia do Marinheiro
05/12/2017 - 11h16
Prefeito discute corredor bioceânico e gás natural com Evo Morales
04/12/2017 - 15h51
Em Brasília, prefeito busca recursos para saúde e infraestrura
04/12/2017 - 07h44
Confira as vagas de emprego disponíveis na Casa do Trabalhador de Aquidauana
 

zap

88

ZAP NOVO
Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.