zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meio ambiente - 20/05/2009 - 07h35

Diesel mais limpo com nova mistura de biodiesel




Por Em Questão

 

  O diesel comercializado no Brasil ficará mais limpo a partir de 1º de julho por conta da determinação do governo federal de aumentar de 3% para 4% a adição de biodiesel — menos poluente — ao diesel derivado de petróleo. A decisão foi tomada pelo Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) e publicada no Diário Oficial de segunda-feira (18).

  O ganho ambiental se dá pelo fato de o biodiesel garantir um balanço muito mais sustentável na produção de combustíveis veiculares por conta da absorção de gases de efeito estufa na etapa agrícola, o que não ocorre com derivados de petróleo. Ou seja: o que o veículo emite na queima do combustível é anulado na fase do crescimento da planta quando há captura de gases de efeito estufa, como o dióxido de carbono e o metano.

   Com a mistura B4, a produção de biodiesel deverá subir para 1,8 bilhão de litros anuais. Em 2009, a produção foi 1,2 bilhão de litros. Cerca de 80% desse volume será fornecido por unidades produtoras detentoras do Selo Combustível Social, de acordo com as diretrizes do leilão de compra a ser realizado. O objetivo é aumentar ainda mais a participação da agricultura familiar, que hoje é de 100 mil famílias.

   Elevação - Em março de 2008, o CNPE já tinha aprovado uma elevação do percentual de mistura de 2% para 3%, que entrou em vigor em 1º de julho de 2008. Sob o aspecto social, a ampliação do uso do biodiesel aumentará a geração de emprego e renda, com destaque para a inclusão da agricultura familiar. No viés econômico, haverá maior agregação de valor às matérias-primas oleaginosas de origem nacional, além do desenvolvimento da indústria nacional de bens e serviços.

   O aumento da mistura contribui para a redução da dependência brasileira de diesel importado. Em 2008, por exemplo, a adição de 3% de biodiesel representou uma economia de US$ 1 bilhão nas contas externas, quando o Brasil deixou de importar 1,2 bilhão de litros de diesel.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
19/10/2017 - 14h22
Tamanduá-mirim é capturado dentro de residência
19/10/2017 - 13h30
Projeto Florestinha planta mudas nativas para recuperação de área
19/10/2017 - 08h00
PMA captura lagarto em quintal de residência
18/10/2017 - 08h13
Calor e vento propagam incêndio que já destruiu 30 mil hectares de parque
16/10/2017 - 18h59
Incêndio consome parque estadual há 4 dias em MS
 
Últimas notícias do site
19/10/2017 - 15h13
Em 2016, caiu o percentual de pessoas que trabalhavam em empreendimentos de grande porte
19/10/2017 - 14h22
Tamanduá-mirim é capturado dentro de residência
19/10/2017 - 13h30
Projeto Florestinha planta mudas nativas para recuperação de área
19/10/2017 - 11h21
PM e população de Aquidauana se aproximam por uma cidade tranquila
19/10/2017 - 10h58
PMA captura anta que transitava por ruas em bairro
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.