zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meio ambiente - 15/05/2009 - 14h20

Projeto óleo limpo é lançado em Brasilêndia




Por Tatiana Rodrigues, da Assessoria de Imprensa

Na última quarta-feira (13), o Rotary Club de Brasilândia recebeu a visita dos rotarianos de Três Lagoas e representantes de entidades, munícipes e autoridades do Município para o lançamento do Projeto Óleo Limpo. O encontro aconteceu no Anfiteatro Senador Ramez Tebet, na Praça Santa Maria.

Estiveram presentes ao encontro: o presidente do Rotary Club de Brasilândia, Sérgio Juzenas, a presidente do Rotary Club da Cidade das Águas Três Lagoas, Cleide Cleber, o secretário de Administração de Brasilândia, Waldemar Firmino, o vice-presidente da Câmara de Vereadores de Brasilândia, Carlos Amorin de Assis, o coordenador do Programa Óleo Limpo, Luis Henrique Dobre e o palestrante do Projeto, Nilton Gomes Silveira.

O encontro contribuiu para o esclarecimento sobre o Projeto, seus objetivos e desafios. Faz-se necessário ressaltar que para a eficácia do Projeto é importante a participação de toda a comunidade visando a preservação do Meio Ambiente.  O projeto consiste em promover o desenvolvimento sustentável de toda a sociedade, partindo da conscientização sobre o uso racional e dos devidos cuidados no descarte dos óleos vegetais utilizados na preparação de alimentos, seja em caráter comercial ou doméstico.

O Projeto Óleo Limpo é socioambiental que visa a mudança de hábitos, beneficiando o meio ambiente e a sociedade e tem como proposta a troca de óleo utilizado em cozinhas residenciais e industriais, hotéis, restaurantes e escolas por óleo de soja limpo, a ser doado as instituições beneficentes de Três Lagoas e Brasilândia.

Assim o óleo vegetal usado é recolhido e destinado a reciclagem através de parcerias com as empresas Alltec/Biom. A referida empresa possui Licença Ambiental de Operação, o que garante que todo o processo seja realizado em conformidade com a legislação ambiental e que o óleo sujo coletado se destine à reciclagem, deixando de poluir o meio ambiente.

Muitos ainda costumam jogar o óleo de cozinha sujo no ralo da pia. Um litro de óleo doméstico jogado no ralo da pia chega a contaminar de uma só vez um milhão de litros de água, quantidade suficiente para a sobrevivência de uma pessoa - desde banho, comida e consumo - por até 40 anos.

Ao ser despejado no ralo, o óleo vai formando crostas de gordura na tubulação, um "manjar dos deuses" para ratos e baratas, que acabam invadindo a casa sem que os moradores saibam o verdadeiro motivo. A mesma gordura que se acumula na tubulação, pode acumular nas artérias coronarianas, principalmente se o óleo for reutilizado. É que, após a queima (uso), ele se transforma em saturado, na temida gordura trans, responsável por problemas que afetam o coração.
Os componentes do óleo de cozinha são muito agressivos e chegam aos rios, onerando em 100% o tratamento do esgoto.

Os associados do Rotary Club de Brasilândia estarão responsáveis para distribuir os locais de coleta do óleo sujo para serem encaminhados para a empresa e a mesma faz a troca com óleos limpos. A empresa visita o local de coleta uma vez por mês.

A coletividade estará ajudando o meio ambiente e as entidades ao entregarem nos postos de coleta o óleo sujo e este é processado para biocombustível. Desta forma, somente as entidades receberão o óleo limpo, mas toda população ganha em melhor qualidade de vida.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
Anderson Joao Pagan , em 05/04/2010 - 21h55

Estou começando um projeto deste aqui,em Sâo Manuel,interior de São Paulo.Gostaria de saber se vcs poderiam mandar algumas dicas de como implantá-lo em meu município.desde já agradeço a atenção e fico aguardando resposta. Obrigado. Anderson.

 
Últimas notícias do canal
19/10/2017 - 14h22
Tamanduá-mirim é capturado dentro de residência
19/10/2017 - 13h30
Projeto Florestinha planta mudas nativas para recuperação de área
19/10/2017 - 08h00
PMA captura lagarto em quintal de residência
18/10/2017 - 08h13
Calor e vento propagam incêndio que já destruiu 30 mil hectares de parque
16/10/2017 - 18h59
Incêndio consome parque estadual há 4 dias em MS
 
Últimas notícias do site
20/10/2017 - 15h38
Asfalto entre Piraputanga e Camisão vai impulsioncar ecoturismo na região
20/10/2017 - 15h06
Alerta prevê tempestades em 43 municípios de Mato Grosso do Sul
20/10/2017 - 14h13
PMA autua proprietária rural por exploração ilegal de madeira
20/10/2017 - 12h30
PMA autua jovem por manter ave silvestre em cativeiro
20/10/2017 - 11h33
Incêndio em parque estadual de MS é controlado após uma semana com ajuda de chuva, diz Imasul
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.