zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
O Estado do Pantanal - 08/05/2009 - 15h30

Presidente Lula inaugura o Trem do Pantanal




Fotos: Reinaldo Bezerra/Pantanal News










Por Armando de Amorim Anache, da Redação Pantanal News

 
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva inaugurou, nesta manhã, o Trem do Pantanal.
A cerimônia foi na Estação Ferroviária de Aquidauana, 135 km a oeste de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul.
 
Bem disposto e trajando um conjunto de camisa e calças pretas, Lula chegou de Campo Grande a bordo de um helicóptero. Desembarcou no interior do 9º Batalhão de Engenharia de Combate, do Exército Brasileiro, sediado no Centro de Aquidauana. Dali, foi em comboio até a Estação Ferroviária, distante cerca de 500 metros.
Ao lado do governador André Puccinelli (PMDB), dos senadores Delcídio do Amaral (PT-MS), Marisa Serrabo (PSDB-MS) e Valter Pereira (PMDB-MS), do presidente do Paraguai, Fernando Lugo, deputados federais e estaduais, o presidente fez questão de cumprimentar as pessoas que, desde às 6 horas, esperavam a sua chegada, numa área cercada com grades de ferro, colocadas pela segurança presidencial.
O presidente Lula assistiu a várias apresentações de grupos de cantores e de dança indígena e regional.
 
Em seguida, entrou na área de embarque e desembarque da estação ferroviária, reformada pelo governo do Mato Grosso do Sul, onde já se encontrava, desde a noite de ontem (7), o Trem do Pantanal, com duas locomotivas e sete vagões.
 
Lula cortou a fita simbólica, inaugurando o Trem do Pantanal, junto com o governador André Puccinelli. Em seguida, o presidente subiu na locomotiva posicionada à frente do comboio, senando no lugar do maquinista e, dali, acionou a potente buzina, que já havia sido testada durante toda a manhã.
 
Depois, o governador André Puccinelli levou o presidente Lula para o lado da segunda locomotiva, onde estava a placa em homenagem ao Trem do Pantanal, que foi descerrada pelas autoridades.
 
Sem falar com a imprensa, o presidente andou alguns passos para, logo em seguida, embarcar num dos primeiros vagões, destinado a ele, ao governador Puccinelli e demais autoridades.
 
Prefeitos de todo o Mato Grosso do Sul tiveram que se contentar com os lugares reservados num dos últimos dos sete vagões, distante do presidente Lula.
Presidentes de Câmaras de vereadores tiveram o acesso negado pelo cerimonial e pela segurança presidenciais.
 
Às 11h10 - horário do Mato Grosso do Sul, ou 12h10 em Brasília - o presidente Lula iniciou a viagem de Aquidauana até o distrito de Palmeiras, no município de Dois Irmãos do Buriti. Previsto em 90 minutos, inicialmente, o percurso de cerca de 40 quilômetros durou duas horas.
 
Na saída de Aquidauana, foi impresionante o número de pessoas posicionadas nas margens da ferrovia. Todas saudavam o presidente Lula, o governador André Puccinelli e autoridades.
 
O Trio Elétrico Jacaré Independente do Pantanal, animado pelo locutor da rádio Independente, Brito Rodrigues, acompanhou pela rodovia, paralela à ferrovia, o Trem do Pantanal. Dirigido por Orlando de Oliveira, auxiliado por Sérgio "Zuza" Paulo e com sonoplastia de Valmir Amaral, o trio elétrico tocou várias músicas de campanhas políticas do presidente Lula, com ênfase para "Lula-lá". Foi feita, também, uma homenagem ao governador do Mato Grosso do Sul, André Puccinelli, que tornou possível o velho sonho de ter de volta o Trem do Pantanal. O presidente e o governador ficaram em janelas à esquerda do Trem do Pantanal, de onde puderam ver as homenagens, retribuindo com acenos aos integrantes do trio elétrico.
 
Dois vagões do Trem do Pantanal foram destinados à imprensa. A rádio Independente transmitiu ao vivo, desde às 6h, todos os detalhes sobre a viagem do presidente Lula. O Portal Pantanal News enviou o seu representante, que registrou em fotos a primeira viagem do Trem do Pantanal.
 
Na chegada em Palmeiras, uma multidão cercou o presidente Lula. Demonstrando o mesmo carisma de sempre e uma grande vontade de ficar perto do povo, Lula foi ao encontro das pessoas, para alegria dos moradores do distrito e de centenas de pesoas que se dirigiram até lá, pela rodovia BR-262, que liga Aquidauana a Campo Grande.
A segurança do presidente teve muito trabalho. No entanto, o presidente Lula, em nenhum momento, se afastou do povo, posicionado nas duas laterais da estrada de terra que liga a estação ferroviária ao asfalto que dá acesso à BR-262.
 
Foi um verdadeiro delírio coletivo. Pessoas do povo agarravam o presidente, gritavam o seu nome, batiam fotos ao seu lado e faziam sinal de positivo com as mãos. Lula sorria e alternava os cumprimentos, ora de um lado, ora do outro lado da rua.

Depois de mais de 20 minutos, o presidente Lula finalmente entrou numa mini-van branca e segui até o helicóptero, que o levou de volta a Campo Grande, onde tinha almoço marcado para o meio-dia, mas que teve o horário atrasado, devido às duas horas de viagem e o tempo destinado aos cumprimentos do povo.

Veja mais fotos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, durante a inauguração do Trem do Pantanal, no Blog do Armando Anache, clicando AQUI,AQUI e AQUI

 



Leia a notícia completa, com texto e fotos, no Portal Pantanal News, clicando AQUI

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
JAIR JOSE, em 17/05/2010 - 20h47

PARABÉNS PELO GRANDRE PROJETO DE DESENVOLVIMENTO,IRA AJUDAR MUITO MATO GROSSO DO SUL, ONDE SERÁ UM LEQUE PARA O TURISMO.

Ro, em 15/05/2009 - 11h30

O CALOTE DA NOVOESTE / A L L E OS APLAUSOS DAS AUTORIDADES Depois do foguetório da propaganda enganosa e perigosa com o trem do pantanal é hora de voltar os olhos para a triste realidade reproduzida pela gestão irresponsável da América Latina Logística. Trinta e Cinco trabalhadores ferroviários de Corumbá, esperam há dois meses para receberem seus salários e verbas rescisórias, são na maioria, moradores de assentamentos próximos à Corumbá e foram enganados pelo intermediador de mão de obra da ALL que sumiu e não atende ligações. Esta é a situação vivida pela grande maioria dos ferroviários do interior do estado, que têm que recorrer ao judiciário para receberem seus direitos. Na cidade de Aquidauana, por exemplo, um grande número de processos se amontoa na vara trabalhista e a situação se repete nas cidades de Três Lagoas, Ribas do Rio Pardo e Corumbá. Para continuar intermediando a mão de obra da via permanente, a Novoeste assinou um termo de compromisso com MPT 15ª que entre outros compromissos está o de não permitir atraso de salários, verbas rescisórias e manter condições sanitárias, ou seja, o oposto de tudo o que acontece nas frentes de trabalho do interior do estado. Em 01-04-2009 o MPT 24ª visitou as frentes de trabalho e constatou as péssimas condições sanitárias em que os trabalhadores eram mantidos, nas frentes da reforma do trecho do trem do pantanal. A postura da ALL é de total desrespeito a lei e aos direitos dos trabalhadores de nosso estado, na medida, em que desfruta da “amizade” de integrantes do governo do estado, alguns parlamentares e a parceria inabalável da ANTT que deveriam fiscalizar os trabalhos, o que não ocorre pois ficou claramente demonstrado na audiência pública “um trem de oportunidades”. A situação dos trabalhadores ferroviários do interior do nosso estado é inaceitável e se contrapõe vergonhosamente a propaganda política veiculada na mídia. É MUITA SUJEIRA E NÃO CABE MAIS DEBAIXO DO TAPETE! Em respeito aos usuários do transporte do trem do pantanal os órgãos responsáveis devem exigir da ANTT as garantias de segurança e a classe política deveria olhar um pouco mais aos interesses dos menos favorecidos, afinal, já não está tão longe o período eleitoral. Mais informações Fone: 67-3306-7973 67-3306-0344 STEFBUMS

bianca aparecida de oliveira nunes lopes, em 11/05/2009 - 15h18

eu amei a inauguraçao mas as passagens sao muito caras mais ada para compensar

Monsueto Araujo de Castro, em 10/05/2009 - 17h33

Carta aos Senhores Prefeitos Gostaria de entender qual a grande dificuldade ou os motivos do pouco interesse do Poder Público Municipal na identificação de algumas - às vezes muitas - ruas e logradouros públicos de muitos bairros da periferia das cidades brasileiras. A falta de placas denominativas de muitas ruas de bairros, da periferia das cidades, gera vários tipos de prejuízos aos seus munícipes. Particularmente, nas situações de emergência, quando das chamadas de ambulância, polícia, Corpo de Bombeiros, táxi ou dificuldades para os carteiros, entregadores de encomendas de uma maneira geral e para visitantes da cidade. A falta de placas denominativas nas ruas, muitas vezes, provoca atrasos na chegada das pessoas a seus destinos; consequentemente, elas sofrem também perdas financeiras. Quando uma pessoa, na madrugada, procura uma rua e naquela região não existe placa denominativa e não é possível encontrar alguém para pedir informação, a situação acaba virando um martírio. O município que valorizar a fixação de placas, indicando a direção de seus bairros, distritos, entradas da cidade, saídas para rodovias, indicação dos principais pontos e instituições de prestação de serviços públicos e com placas denominativas afixadas nas esquinas das suas ruas, estará favorecendo a todos: moradores e visitantes. Monsueto Araujo de Castro monsuetodecastro@uol.com.br Divulgação da mensagem autorizada

Anísio Pereira Faustino, em 09/05/2009 - 22h28

Parabéns Aquidauana! Como seu filho,sou só felicidade, vi meu coração saltitamdo de alegria por entre os trilhos da saudade, por viver distante, no dia triunfal que tanto mereces,sólamento, não ter apertado a mão do nosso querido Presidente! Anísio P. Faustino.

cristina, em 08/05/2009 - 18h12

aquidauana esta de parebens

 
Últimas notícias do canal
17/05/2017 - 09h41
Cientistas desenvolvem alimentos processados de pescado pantaneiro
16/05/2017 - 14h17
Sete famílias deixam suas casas com início da cheia no Pantanal de MS
12/05/2017 - 09h50
Hidrovia do Rio Paraguai é tema de Road Show em Corumbá
04/05/2017 - 06h29
A palmeira que desponta como novo 'ouro verde' do Brasil
02/05/2017 - 12h05
'Banho de São João', de Corumbá, é selecionado para receber recursos do Ministério do Turismo
 
Últimas notícias do site
26/05/2017 - 12h16
Projeto prevê salas de amamentação em shoppings, aeroporto e igrejas
26/05/2017 - 11h48
Polícia Militar capturou quatro foragidos da justiça nos últimos dias
26/05/2017 - 10h59
PMA apreende meia tonelada de pescado e aplica R$ 33 mil em multas
26/05/2017 - 10h20
Fim de semana em MS tem eventos gratuitos na capital e no interior
26/05/2017 - 09h25
7º Batalhão da PM fecho o cerco contra assaltos à bancos
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.