zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Cinema - 02/05/2009 - 08h08

Cinema d(e) Horror exibe os filmes "O Cheiro do Ralo" e "Johnny vai à Guerra" em maio no Centro Cultural




Divulgação







Por Assessoria de Imprensa FCMS

 

      As exibições do projeto Cinema d(e) Horror acontecerão nos dias 6 e 20 de maio na sala Rubens Corrêa no Centro Cultural José Octávio Guizzo. No dia 6 será exibido o filme "O Cheiro do Ralo" e no dia 20 é a vez do filme "Johnny vai à Guerra".

     "O Cheiro do Ralo" (2007/Brasil) tem duração de 112 minutos, tem classificação de 14 anos e acontece em São Paulo, onde Lourenço (Selton Mello) é dono de uma loja que compra objetos usados. Pouco a pouco, ele troca a frieza de negociar pelo prazer de explorar os clientes, que procuram sua loja quando atravessam dificuldades financeiras. Lourenço enxerga o mundo como um lugar em que as pessoas, tanto quanto os objetos usados, estão à venda. E, de preferência, por um preço vil. A diversidade de pessoas que passa por sua loja o faz vê-las como integrantes de um grande catálogo humano. Ele as classifica segundo uma característica ou o objeto que lhe é oferecido. Assim, elas são "a noiva", "o homem do gramofone" ou "a viciada". Esse processo de "coisificação" do mundo será colocado em xeque quando Lourenço tiver que se relacionar com pessoas usando uma moeda que lhe é estranha - o afeto. Simbolicamente, ele é também perturbado pelo fedorento cheiro de um ralo que há na loja. Em confronto com personagens que ele julgava controlar, Lourenço é obrigado a reavaliar sua visão de mundo. De certo modo, sua coleção de tipos se volta contra ele.

     Após sua exibição terá inicio o debate mediado por Nadiesda Barros Zílio, que é aluna do curso de Letras da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e participante do grupo de Iniciação Científica de estudos sobre o horror na literatura e na cultura.

     O filme participou do Festival do Rio - melhor ator (Selton Mello, dividindo o prêmio com Sidney Santiago), prêmio especial do júri e da FIPRESCI (oferecido pela imprensa internacional) - da 30ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo - Prêmio de Melhor Filme (Júri Oficial e Crítica) e Menção Honrosa do Júri Oficial para todo o elenco, do 2007 Sundance Filme Festival (onde foi elogiado pela crítica americana), do 4º Festival de Cinema de Campo Grande (Melhor Filme Nacional) e do 10º Festival de Cinema de Punta Del Leste ( Melhor Ator - Selton Mello).

     "Johnny vai à Guerra" (1971/EUA) tem duração de 111 minutos, classificação de 16 anos e foi o primeiro e único filme dirigido pelo escritor e roteirista Dalton Trumbo, uma das grandes vítimas do Macarthismo, onde criou a figura do soldado sem nome como uma metáfora de todos os homens que perderam a vida na guerra. A história é narrada em dois níveis, com o preto-e-branco e o colorido, separando a vida e a agonia de um soldado reduzido a um torso em combate, durante a Primeira Guerra Mundial. Por meio de um monólogo interior, conhecemos o que foi a vida do jovem soldado e acompanhamos o que restou de seu corpo, numa sala escura de hospital. O filme foi vencedor do Prêmio Especial do Júri e do Prêmio da Crítica (FIPRESCI) no Festival de Cannes em 1971.

     Após sua exibição terá inicio o debate mediado por Rodrigo Kruppa Gomes, que é acadêmico do curso de Letras da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e participante do grupo de Iniciação Científica de Estudos sobre o horror na literatura e na cultura.

     A proposta de leitura a ser feita sobre o filme é o conceito de morte: até aonde a morte deixa de ser um obstáculo e se torna um anseio, trabalhando também com a questão do descaso e com o sofrimento alheio, sobre a violência justificada, o descaso e compaixão, finalizando sobre a censura. 
 
Projeto "Cinema d(e) Horror"

     O projeto "Cinema d(e) Horror" é desenvolvido pela acadêmica Carolina Barbosa e pela doutora, professora e coordenadora do Mestrado em Estudos de Linguagens da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Rosana Zanelatto  e tem o apoio da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS). O projeto oferece ao público local duas exibições de filmes por mês, que acontece sempre às 18h30. O objetivo do projeto é promover reflexões por meio de debates que acontecem a partir de filmes que tratam a categoria "Horror", possibilitando uma melhor compreensão do universo artístico contemporâneo e da conflituosa natureza humana, numa leitura diferente do habitual. Após a exibição do filme é realizado um debate, com abordagem crítica sobre o filme, relacionando-o a obras literárias que também tratam do "Horror".

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
13/03/2013 - 15h09
Gênero, Corpo e Sexualidade da Mulher Contemporânea serão discutidos no Cineclube
12/03/2013 - 17h00
UEMS em Campo Grande promove mostra de cinema e literatura portuguesa
08/03/2013 - 17h00
Rota Cine MS inicia suas atividades em 2013 com sete anos de existência
01/03/2013 - 15h45
Festival de Cinema CurtAmazônia abre inscrições
22/02/2013 - 07h57
Nova temporada do projeto Cine Clube aborda obesidade infantil
 
Últimas notícias do site
23/10/2017 - 09h54
Prefeito de Corumbá representa o Brasil em seminário internacional do FONPLATA sobre hidrovia
23/10/2017 - 08h55
Semana em MS começa com 169 vagas em concursos públicos
23/10/2017 - 07h41
PMA e parceiros realizam Educação Ambiental para alunos em escolas ribeirinhas e indígenas
23/10/2017 - 07h40
Em oito dias, Mato Grosso do Sul registra queda de 55 mil raios
23/10/2017 - 07h02
Medidas anunciadas por Temer farão ressurgir o rio Taquari, diz Ruiter
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.