zap
ANIVERSÁRIO CORUMBÁ 2017
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meio ambiente - 28/04/2009 - 09h27

Governo vai incentivar sociobiodiversidade para combater desmatamento




Por Painel Florestal

presidente Luiz Inácio Lula da Silva lançou nesta segunda-feira (27), em Manaus, o Plano Nacional das Cadeias Produtivas da Sociobiodiversidade. A nova política pública vai incentivar a produção, industrialização, comercialização e  consumo da produção extrativistas, da agricultura familiar, das comunidades tradicionais e dos povos indígenas. As ações envolvem os ministérios do Meio Ambiente, da Agricultura, do Desenvolvimento Agrário e do Desenvolvimento Social e Combate à fome. O objetivo do Governo é mostrar que o mercado não-madeireiro, representado principalmente pela indústria do extrativismo, é economicamente viável e, com isso, evita o desmatamento na Amazônia.

O evento terá a participação da ministra interina do Meio Ambiente, Izabella Teixeira. Formulado pelo MMA, o plano pretende promover mudanças radicais no padrão predatório da produção em biomas sob risco ambiental, como a Amazônia, e vai fortalecer as Reservas Extrativistas do País. Isso implica na implementação do extrativismo e do desenvolvimento rural sustentável em novas bases, assegurando um baixo impacto ambiental para a floresta.

O ministério pretende envolver as organizações ambientais, a iniciativa privada e os governos federal, estadual e municipal, na busca de soluções sustentáveis para os povos tradicionais e a economia não-madereira. "Na medida em que os extrativistas se sentirem remunerados, eles vão manter a floresta em pé", avalia Cláudia Calório, da Secretaria Nacional de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável do MMA, responsável pela articulação entre o poder público, as comunidades e o mercado, um dos principais desafios dos programas do plano. A estratégia para isso é apontar as vantagens competitivas das atividades extrativas.

Cláudia vê o plano como atendimento a antigas reivindicações dos movimentos sociais organizados da Amazônia. Como responsável direta pela agenda do extrativismo, a SEDR e os parceiros interministeriais formularam um plano que prevê o diálogo amplo entre o mercado em todas as suas etapas, produção, comercialização e consumo, e os ministérios, principalmente os da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário, além de incentivos aos extrativistas, serviços ambientais, distribuição dos resultados da exploração da biodiversidade e conhecimentos tradicionais.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
22/09/2017 - 14h39
Projeto Florestinha realizou Educação Ambiental para alunos em comemoração ao dia da árvore
21/09/2017 - 12h44
Dia da Árvore tem plantio e coral do Rede Solidária na Sedhast
21/09/2017 - 08h23
Campo Grande recebe primavera colorida pelos tarumãs e jacarandás
14/09/2017 - 05h50
Incêndio florestal que durou 10h consumiu pelo menos mil hectares
08/09/2017 - 07h45
Em uma semana, setembro já é o 3º mês com mais queimadas no ano
 
Últimas notícias do site
25/09/2017 - 17h12
Vídeo: Ministro oficializa migração de 23 rádios da frequência AM para FM
25/09/2017 - 17h00
Vídeo: Ministro assina documento que autoriza migração de rádios AM para FM em MS
25/09/2017 - 16h38
Preço do botijão de gás terá reajuste de 6,9% a partir de amanhã
25/09/2017 - 15h47
Petrobras anuncia redução nos preços da gasolina e do diesel
25/09/2017 - 15h24
Governo decide manter o horário de verão a partir de outubro
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.