zap
ANIVERSÁRIO CORUMBÁ 2017
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Artigos - 27/04/2009 - 09h27

Propaganda dolosa




Por Luiz Leitão (*)


Gostando-se ou não do presidente Lula, é preciso saber separar a boa política, a oposição decente, que respeita a inteligência do público, de ações tacanhas, como o desserviço à população contido nas declarações do deputado Raul Jungmann (PPS-PE) no horário político, dizendo que o governo Lula irá “mexer” nos depósitos em cadernetas de poupança como fez seu antecessor, Fernando Collor, nos anos 90, quando ordenou o congelamento de todas as aplicações financeiras.

Não é o caso nem mesmo de se falar em propaganda enganosa, porque é descaradamente dolosa; com isso, o PPS ateia fogo à credibilidade que até aqui cultivou.

Tem razão o presidente Lula em reagir à associação feita pelo PPS entre seu governo e o de Fernando Collor em inserções veiculadas no rádio e na televisão, que abusa da ingenuidade da população ao recordar o trauma sofrido com o confisco ordenado pelo "caçador de marajás", cujos economistas diziam à época, antes de perpetrada a barbeiragem econômica, que deixariam a “direita indignada e a esquerda perplexa”.

Collor provavelmente se inspirou em seu antecessor, José Sarney, inovador na modalidade daquilo que informalmente se chama de “pendura” quando instituiu uma pérola de eufemismo, o “empréstimo compulsório” de 30%, incidente sobre o valor total da compra de veículos e combustíveis. Quem recorreu à Justiça conseguiu, após quase duas décadas, receber uma fração do dinheiro que o desastroso governo do escriba maranhense lhe garfara.

Segundo Lula, "O que é grave é que um partido faz uma propaganda e pode passar por mentiroso".

O PT irá questionar a peça publicitária no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e é de se esperar que a Corte puna adequadamente o partido transgressor, no mínimo, obrigando-o a se retratar, e não seria mal cortar-lhe um naco do tempo no horário político. Do contrário a Corte estará pavimentando o caminho para o baixo nível na campanha de 2010.

Jungmann não se acanha em dizer que o PT quer censurar seu partido, e insiste na diatribe, avisando que a agremiação irá lançar uma campanha nacional em defesa da caderneta de poupança.

O deputado do PPS disse não temer o resultado da ação judicial. "Se o TSE decidir em favor do PT, vamos reformular e continuaremos na batalha." Quer dizer, mudará os termos utilizados, mantendo, possivelmente, o intuito de prejudicar o adversário – e muito mais ainda à sociedade - ao semear a intranquilidade.

 A intenção do governo, uma tarefa espinhosa, é justamente preservar os rendimentos do pequeno poupador e desestimular depósitos de maior vulto.

 Acreditar em confisco seria subestimar a inteligência e o aguçado instinto de sobrevivência política de Lula, que não ignora o prejuízo que um calote causaria à imagem da economia sólida e bem comportada do Brasil, iniciada no governo Fernando Henrique, zelosamente mantida nesses seis anos, e fiadora maior de sua popularidade.

Melhor faria o PPS, por exemplo, se denunciasse com igual ênfase o apoio entusiasmado de governadores e prefeitos, especialmente José Serra e Gilberto Kassab (este, investigado pelo Ministério Público por não pagar precatórios), ao Projeto de Emenda Constitucional nº 12 que - este sim - institui um calote generalizado nos detentores de precatórios.

Serra vendeu a Nossa Caixa por R$ 5,386 bilhões. Com esse dinheiro poderia quitar quase um terço da dívida de precatórios do Estado, cerca de R$ 16,2 bilhões. Mas a situação dos detentores desses títulos - haveres legitimados pela Justiça, oriundos de desapropriações, pensões alimentícias e outras dívidas de governos com cidadãos – muitos já em idade avançada, não comove prefeitos e governadores que privilegiam gastos de visibilidade, em grandes obras, que rendem polpudos dividendos eleitorais.

Ainda assim, o histórico brasileiro de calotes, que inclui uma moratória da dívida externa, não autoriza a crença de que Lula poderá dar um cano nos poupadores.


(*) Luiz Leitão

luizmleitao@gmail.com

 É Articulista

Os artigos publicados com assinatura não representam a opinião do Portal Pantanal News. Sua publicação tem o objetivo de estimular o debate dos problemas do Pantanal do Mato Grosso do Sul e de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, garantindo um espaço democrático para a livre exposição de correntes diferentes de pensamentos, idéias e opiniões. redacao@pantanalnews.com.br

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
AbLand, em 27/04/2009 - 18h16

Lamentavel e absurda a agressão aos ouvidos dos telespectadores subestimando sua inteligência. Cadeia aos fomentadores da desordem e estabilidade social.

 
Últimas notícias do canal
04/09/2017 - 09h11
3ª Etapa da Expedição Centenária Roosevelt-Rondon (Parte III)
04/09/2017 - 09h06
3ª Etapa da Expedição Centenária Roosevelt-Rondon (Parte II)
04/09/2017 - 09h01
3ª Etapa da Expedição Centenária Roosevelt-Rondon (Parte I)
28/07/2017 - 16h47
Chapéu Bandeirante
24/07/2017 - 09h01
Atentado à Vida de Plácido de Castro
 
Últimas notícias do site
20/09/2017 - 17h12
Vídeo: Ministro oficializa migração de 23 rádios da frequência AM para FM
20/09/2017 - 17h00
Vídeo: Ministro assina documento que autoriza migração de rádios AM para FM em MS
20/09/2017 - 16h40
Blairo Maggi vem a MS para inaugurar frigorífico de jacarés em Corumbá
20/09/2017 - 16h10
Greve nos Correios inicia com paralisação em 25 municípios de MS
20/09/2017 - 16h01
Com clássicos da MPB, Padre Fabio de Melo faz show acústico em MS
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.