TRANSPARENCIA GOV DEZ
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Eleições 2008 - 03/09/2008 - 08h35

Elevar a qualidade da educação no Rio é a prioridade de Alessandro Molon




Por Agência Brasil

O candidato à prefeitura do Rio de Janeiro pelo PT, Alessandro Molon - primeiro dos 12 candidatos ao executivo municipal entrevistado pela Agência Brasil, escolhido por ordem alfabética - tem como bandeira nesta campanha a elevação da qualidade do ensino na cidade. Ele acredita que o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do município possa melhorar por meio da formação continuada dos professores e da garantia de condições dignas de trabalho a esses
profissionais, com recuperação salarial.

Continuando a série de entrevistas com os candidatos à prefeitura do Rio, a Agência Brasil publicará a seguinte agenda: amanhã (4), entrevista com Antonio Carlos (PCO); sexta-feira (5), Chico Alencar (PSOL); sábado (6), Eduardo Paes (PMDB); domingo (7), Eduardo Serra; seguindo-se dia 8, Fernando Gabeira (PV); dia 9, Filipe Pereira (PSC); 10, Jandira Feghali (PCdoB); 11, Marcelo Crivella (PRB); 12, Paulo Ramos (PDT); 13, Solange Amaral (DEM); e, encerrando a série, Vinicius Cordeiro (PTdoB), no domingo, 14.

O candidato do PT afirmou que é contrário à aprovação automática na rede municipal carioca, que, de acordo com ele, não tem nada a ver com a proposta de sistema de ciclos,  implantado em outros municípios, “com eficácia”, como a cidade de Porto Alegre (RS), por exemplo. Molon pretende também contratar, para a rede municipal de ensino, agentes educadores (os antigos inspetores), motivar os alunos e oferecer creche e pré-escola para todas as crianças de até cinco anos de idade.

Alessandro Molon afirmou que diferencia-se dos demais candidatos à prefeitura do Rio por sua disposição em enfrentar lobbies. Segundo ele, a cidade precisa de um prefeito que tenha “determinação e coragem” para mudar a situação e para recuperar o município, que estaria abandonado, na sua visão.

"A cidade precisa de um prefeito que tenha coragem de enfrentar o poder econômico, os lobbies pesados e também os esquemas que há muito tempo aprisionam o Rio e o impedem de crescer econômica e socialmente. Este é o nosso diferencial. E é com ele que nós vamos vencer as eleições e mudar, de uma vez por todas, o destino da cidade do Rio de Janeiro, que tem tudo para voltar a ser a principal do país, a capital simbólica, cultural e dos negócios", disse.

Em relação à saúde, Molon disse que o município deve assumir sua responsabilidade de gestor pleno do Sistema Único de Saúde (SUS). Molon aposta ainda na expansão do Programa Saúde da Família, na prevenção e na atenção básica como saídas para os graves problemas da saúde enfrentados pela população. Para combater a dengue, Molon planeja contratar agentes de endemias para combater o foco do mosquito transmissor da doença.

"Vamos sentar com o governo federal e chamar, para nós, a responsabilidade. Vamos fazer aquilo que está previsto no SUS: o município gerir o sistema dentro de seu território. Isso significa que nossa prefeitura vai coordenar a ação do estado, da União, dos hospitais e dos postos de saúde do município para atender à população", afirmou o candidato.

Os veículos sobre trilhos são a prioridade do candidato na área dos transportes. Por isso, ele disse que a colaboração com o governo de estado para a expansão do metrô terá sua atenção especial. O candidato também planeja implantar o veículo leve sobre trilhos em todo o município. Caso seja eleito, Alessandro Molon disse que a prefeitura fará a licitação de todas as linhas de ônibus da cidade, com o objetivo de redistribuí-las e redefini-las. Molon propõe a implantação do bilhete único, como forma de ajudar a população mais excluída a conseguir emprego.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
05/03/2009 - 09h30
Presidente do TRE acompanha sorteio do horário eleitoral em corguinho (MS)
02/03/2009 - 07h22
Mulher de prefeito cassado é eleita em Patu, no Rio Grande do Norte
02/03/2009 - 07h15
Municípios maranhenses começam apuração para saber quem será novos prefeitos e vice
27/02/2009 - 07h50
Tropas federais vão garantir eleições em duas cidades maranhenses
24/02/2009 - 07h28
Eleição de Dalton é compromisso do PMDB, declara Moka
 
Últimas notícias do site
15/12/2017 - 16h34
Acumulada, Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 39 milhões neste sábado
15/12/2017 - 16h02
Veado e tatu são resgatados e devolvidos a natureza
15/12/2017 - 12h35
Comandante e Subcomandante da PMA de Corumbá são homenageados
15/12/2017 - 12h01
PMA autua proprietário rural por armazenamento ilegal de embalagens de agrotóxicos
15/12/2017 - 10h56
Fazendeiro é autuado por armazenamento ilegal de madeira
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.