zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meio ambiente - 02/09/2008 - 10h25

Focos de incêndio em agosto são os menores nos últimos nove anos




Edemir Rodrigues

Por Boris Valerio Verbisck/Notícias MS

          Apesar do intenso calor registrado nas últimas semanas, média de 35º C, foram registrados, no mês de agosto de 2008, 146 focos de incêndio em Mato Grosso do Sul, contra 467 focos registrados em agosto de 2007.

         Segundo o coordenador do PrevFogo, Márcio Ferreira Yule, do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), foi o menor índice desde 1999, quando começaram a ser monitoradas as queimadas no Estado.

 

        De acordo com Márcio, este índice de focos de incêndio deve-se a maior conscientização da população sobre os prejuízos causados pelas queimadas. “Além da conscientização da população a respeito do aquecimento global, as multas estão mais severas e as condições climáticas também favoreceram para que o mês de agosto tivesse uma queda na quantidade de focos de incêndio”.

 

          Mas o coordenador do PrevFogo alerta: “Temos que estar vigilantes para o mês de setembro, quando são registrados os maiores índices de queimadas”, afirmou Márcio. Em setembro de 2007, foram mais de mil focos de incêndio.

 

          Juntamente com o Corpo Militar de Bombeiros e o Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), o Ibama tem preparado brigadas anti-incêndio, principalmente para atuarem nos parques estaduais de Bodoquena e região da Serra de Maracaju.

 

          De acordo com a legislação atual, a multa para quem realizar queimadas vai até R$ 1.000,00 por hectare, em áreas antropizadas (reflorestadas pelo homem) e até R$ 7.500,00 por hectare em áreas de reserva e mata nativa. Também está prevista na legislação pena de reclusão de 2 a 4 anos para quem causar incêndios.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
morganna, em 19/09/2008 - 15h01

parem de ser bobos para que vcs vao fazer isso nao vai mudar mas só vai destruir mais sedo ou mais tarde vai vir o pior para quem fez chega disso

 
Últimas notícias do canal
14/09/2017 - 05h50
Incêndio florestal que durou 10h consumiu pelo menos mil hectares
08/09/2017 - 07h45
Em uma semana, setembro já é o 3º mês com mais queimadas no ano
06/09/2017 - 10h22
PMA autua jovem presa pela PM com 32 filhotes de papagaios
29/08/2017 - 14h53
Bombeiros já combateram mais de 3 mil queimadas em MS em 2017
22/08/2017 - 06h20
Florada de ipê trouxe beleza à oficina mecânica que recebe amigos da cidade toda
 
Últimas notícias do site
19/09/2017 - 17h12
Vídeo: Ministro oficializa migração de 23 rádios da frequência AM para FM
19/09/2017 - 17h00
Vídeo: Ministro assina documento que autoriza migração de rádios AM para FM em MS
19/09/2017 - 16h05
Censo Agropecuário será lançado em MS
19/09/2017 - 15h55
Em Paranaíba, governador dobra investimentos e injeta R$ 4 milhões em obras de infraestrutura
19/09/2017 - 15h13
Setembro Amarelo: no mês de prevenção ao suicídio, Hospital Regional apresenta dados para alertar população
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.