zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Energia - 09/03/2009 - 13h27

Campo de Akpo na Nigéria começa a produzir




Por Gerência de Imprensa/Comunicação Institucional

 

Começou a produzir hoje (9) o Campo de Akpo, localizado no bloco OML 130, em águas profundas da Nigéria, do qual a Petrobras possui 16% de participação, em parceria com a francesa Total, operadora do bloco, as nigerianas NNPC (Nigerian National Petroleum Corporation) e Sapetro (South Atlantic Petroleum) e a chinesa CNOOC Ltd.. O início da produção de Akpo estava previsto para abril, porém foi possível antecipar o cronograma em um mês.

O campo de Akpo, descoberto no ano 2000, está localizado a 200 quilômetros da costa nigeriana, em profundidade de água que varia entre 1.200 e 1.400 metros. As reservas estimadas são da ordem de 620 milhões de barris de óleo condensado (acima de 50º API).

A produção do campo é realizada por um navio do tipo FPSO (plataforma flutuante de produção, estocagem e escoamento), que tem capacidade para produzir 185 mil barris de condensado por dia e armazenar até dois milhões de barris. Estima-se que o pico de produção, de 175 mil barris por dia, seja alcançado no terceiro trimestre de 2009.

Para o desenvolvimento de Akpo, serão necessários 44 poços (22 produtores, 20 injetores de água e 2 injetores de gás), dos quais 22 já foram perfurados. O envio do petróleo do poço até o navio é realizado por 110 quilômetros de dutos. O petróleo extraído é transportado por navios-tanque, conectados a uma bóia- terminal de ancoragem, a dois quilômetros de distância.

O projeto de Akpo atende ao regulamento de "Flare Out" do governo nigeriano, que determina que o gás não deve ser queimado no processo de produção.

Petrobras na Nigéria
A Petrobras iniciou suas atividades na Nigéria, oeste da África, em 1998, em águas profundas do Delta do Rio Níger. Além da atuação no campo de Akpo, a Companhia tem outra participação em águas profundas do país, no campo de Agbami, no bloco OML 127. Em Agbami, que começou a produzir em julho de 2008, a companhia tem como parceiras a Chevron (EUA - operadora), a StatoilHydro (Noruega),  NNPC e Famfa Oil Limited (ambas da Nigéria).


Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
09/12/2013 - 09h57
Agência inicia em MS fiscalização de brinquedos e luminárias de Natal
17/10/2013 - 17h30
Horário de verão vai gerar economia de R$ 400 milhões, diz ONS
23/03/2013 - 08h05
No dia mundial da água jovens conhecem eletrodomésticos que preservam mananciais no consumo de energia
21/03/2013 - 15h37
Versão atualizada da cartilha Por Dentro da Conta de Luz
21/03/2013 - 14h05
Energia mensal de duas casas usa 1,5 milhões de litros de água
 
Últimas notícias do site
17/11/2017 - 16h03
Viralizou: cachorrinho 'penetra' na balada é a imagem mais fofa que você vai ver hoje
17/11/2017 - 10h18
Fim de semana tem sertanejo, funk, comédia e teatro
17/11/2017 - 07h53
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
17/11/2017 - 07h44
Proprietários rurais são autuados por manterem carvoarias ilegais
17/11/2017 - 06h14
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.