zap
ANIVERSÁRIO CORUMBÁ 2017
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Correio de Corumbá - 09/03/2009 - 07h22

Homenageada: Arlene Inez de Carvalho Costa




Por Crônica de Silva Neto(Tim)

 

Há pouco mais de 3 anos, quando ensaiava lançar o meu segundo livro – CURIÓ – Um amor pantaneiro - tive o prazer de conhecer uma senhora bastante simples no seu modo de ser, dona de elevada cultura geral  facilmente observada  através  as  conversações que mantém com amigos,  conhecidos  e pessoas que eventualmente  cruzam  no seu caminho.   Para cada  uma delas,  e em  conformidade  com o grau de escolaridade observado,   ela  tem o seu jeito muito especial  de conversar,  de se manifestar  com muita simpatia,  fazendo-se  admirada,  cordial,  alegre  e  extremamente atenciosa  aos assuntos tratados e,  com especialidade,   com aquelas que a cercam.   Assim é a Geógrafa Arlene Inez de Carvalho Costa que se aproximou de mim quando já folheava as últimas páginas de CURIÓ -  Um  Amor  Pantaneiro -  antes mesmo de ser levado ao prelo.  

Era quase que um rascunho.   Apesar disso, entretanto, Arlene Inez  demonstrou  interesse  em  conhecer  o  romance  que  seria  editado  alguns  meses  mais tarde.  E  por  estar  hoje  recordando esse fato,   quero,  nesta manhã  de fevereiro,  próxima  do  Carnaval,   endereçar-lhe  o meu  Bom  Dia. 

        Bom dia para você,  Geógrafa  Arlene Inez de Carvalho Costa a quem,  um dia,   emprestei   os  originais  de Curió  com a  recomendação que me fossem devolvidos  tão logo  concluísse sua leitura.  Confesso ter ficado agradecido  pelo  interesse  demonstrado  por ela,  a quem mal acabava de conhecer.

Bom dia para Você,  Arlene Inez,  que despediu-se  de mim   e  foi embora  com  meu trabalho  sob os braços.   O tempo passou.   Duas  semanas,    um mês,   dois meses,  quando  minha  preocupação aumentava  pela falta de notícias  do meu romance,  quando, certa manhã,  Arlene Inez  encontrou-se comigo  durante expediente da Prefeitura Municipal,  devolvendo-me  o  Projeto  Curió.    Pediu muitas desculpas  pela demora,  justificando simplesmente ter lido os originais  da minha produção   por  DUAS VEZES.   Na  primeira,   segundo seu relato,  ela apreciou  o roteiro da história,  suas   passagens  ora românticas,   ora  cheias  de  dúvidas,  de incertezas,   de maldade,  de perseguições,   o  que  justificavam  reler  o  meu trabalho.   Desta feita,  entretanto,   ela  saboreou linha por linha,  palavra por palavra,  todos os instantes   narrados na história de Curió – um   romance  complicado -  mas extremamente humano  que teria sido vivido  nos  campos  de Mato Grosso do Sul  lá  pela  década de 60Segundo ela referindo-se ao livro:  “Em alguns momentos é possível pensar que a dor e o sofrimento existem para que o homem desenvolva sua capacidade de amar o próximo”.     

No lançamento do livro,   em setembro de 2007,   Arlene Inez de Carvalho Costa  confidenciou-me  ter  lido  CURIÓ   três vezes.   Primeiramente  ainda  pelos originais;   depois de lançado  leu,  ainda,   mais  duas vezes,  tal o interesse que a história despertou.     São depoimentos dessa natureza  que incentivam  e dão força  para que continuemos  produzindo estórias,  levando a cada um dos leitores  um  pedaço  da  vida pantaneira  (ficção – é claro -  mas com  muito da realidade dos campos)   tão cantada em versos e prosas.

Bom dia Geógrafa  Arlene Inez de Carvalho Costa.   Bom dia para você  que logo irá conhecer  um novo texto  cheio  de encantamento,   porque  ele  conta  a aparição de um Anjo  na mesma fazenda Curió,  onde chegara  para  trazer  muito da sua Graça  aos moradores da região  e  onde  sua  identidade  foi revelada,  apenas,   a  duas  pessoas.  

Bom dia,  Geógrafa Arlene Inez de Carvalho Costa! Bom dia para você,   minha amiga  e  companheira de Lions  que,  com muita competência  e  garra,  presidiu  o Lions Clube Alvorada  de  nossa  cidade.

Nota da Redação

            Nos endossamos as palavras do amigo Silva Neto. A Arlene é Bacharel e professora de Geografia, formada pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul(UFMS) – Campus de Corumbá, sendo especialista em gestão e planejamento ambiental.

            É servidora concursada do Poder Judiciário de MS, sendo escrivã da Primeira Vara Criminal de Corumbá-MS. É associada do Lions Clube ALVORADA, tendo sido membro da diretoria em várias gestões, inclusive exercendo o cargo de secretária por duas vezes. Arlene foi presidente do Alvorada no período Leonístico de 2007-2008.

            A homenageada é atuante conselheira do COMAD-Conselho Municipal Antidrogas de Corumbá-MS. É presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher(CMDB) em Corumbá.

            Arlene Inez de Carvalho Costa é casada com Wardes Costa, também servidor público concursado do Poder Judiciário de MS. São pais do jovem Wardes Thiago, acadêmico de Direito da UFMS e da jovem Amanda Inez, acadêmica do curso de Psicologia da UFMS.

            Quando se inicia a Semana da Mulher, nossas efusivas felicitações a Arlene Inez pela merecida homenagem. Esposa dedicada, mãe extremada, servidora competente da Justiça e que é um ser humano que se preocupa com o bem-estar dos seus semelhantes através das funções que já ocupou e ainda exerce, seja nos conselhos ou no Lions Clube Alvorada, junto com suas companheiras e companheiros, estando sempre solidária as demais entidades sociais da região, inclusive colaborando em muito junto às quermesses e outras promoções que visam amenizar o sofrimento dos menos favorecidos da sorte.

 

Adolfo Rondon Gamarra

Jornalista-Radialista


Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
06/08/2012 - 10h37
Exposição na TV Brasil Pantanal homenageia principais colônias de Campo Grande
22/10/2009 - 14h29
Projeto "Conexão Rua em Dança" visita Nova Andradina
21/09/2009 - 14h00
Marco recebe a visita de estudantes para a 3ª Primavera de Museus
17/06/2009 - 08h15
Nosso destaque especial
17/06/2009 - 08h09
Corumbá de boas lembranças
 
Últimas notícias do site
25/09/2017 - 17h12
Vídeo: Ministro oficializa migração de 23 rádios da frequência AM para FM
25/09/2017 - 17h00
Vídeo: Ministro assina documento que autoriza migração de rádios AM para FM em MS
25/09/2017 - 16h38
Preço do botijão de gás terá reajuste de 6,9% a partir de amanhã
25/09/2017 - 15h47
Petrobras anuncia redução nos preços da gasolina e do diesel
25/09/2017 - 15h24
Governo decide manter o horário de verão a partir de outubro
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.