especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Correio de Corumbá - 02/03/2009 - 07h17

Torpedos




Por Farid Yunes

 

Lenda

            O Rádio no Brasil, por décadas teve o seu apogeu, comparado à televisão de hoje. Todo radialista até os anos 70, 80 era um ídolo, muito assediado pelos radio ouvintes, principalmente pelas jovens e donas de casa. O único problema é que o prestígio era muito maior que o salário. Os comunicadores, principalmente dos anos 50 e 60 eram considerados verdadeiros idealistas.

 

            Um desses locutores, que inclusive hipnotizava multidões em Corumbá, era e continua sendo um sucesso dentro da potencialidade atual.

 

            Para anunciar música ele empostava a voz, pedia ao técnico de som que também era conhecido como sonoplasta, por mais reverberação(eco), enchia o peito e anunciava a música. Numa dessas, o locutor muito inflamado, ao  anunciar a música de Raul Seixas, “S.O.S.”, soltou no ar: E agora ouviremos com Raul Seixas, “sós”... Entrou para o folclore da radiofonia corumbaense.

 

Carnavais

            Eu me lembro que transmissão de carnaval empolgava o público ouvinte. O locutor entrava no meio das entidades carnavalescas, colocava o microfone em meio à bateria e assim fazia orgulhosamente o serviço de cobertura dos mínimos detalhes.

 

            Aí veio a televisão e com transmissão ao vivo, roubava o público do Rádio.

 

            O colorido das próprias escolas de samba, junto com o colorido das geradoras de TV, dão um encanto especial ao visual.

            Os precursores de comentários sobre o carnaval pela TV foram os carnavalescos “machões” Evandro de Castro Lima, Clóvis Bornay e outros(as) menos cotados que fizeram escola, tendo seguidores inclusive no interior brasileiro.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

area
Comentários
 
Últimas notícias do canal
06/08/2012 - 10h37
Exposição na TV Brasil Pantanal homenageia principais colônias de Campo Grande
22/10/2009 - 14h29
Projeto "Conexão Rua em Dança" visita Nova Andradina
21/09/2009 - 14h00
Marco recebe a visita de estudantes para a 3ª Primavera de Museus
17/06/2009 - 08h15
Nosso destaque especial
17/06/2009 - 08h09
Corumbá de boas lembranças
 
Últimas notícias do site
23/11/2017 - 15h48
Em Brasília, prefeito viabiliza recursos para Corumbá e busca apoio para curso de Medicina
23/11/2017 - 15h31
No Ministério do Turismo, prefeito discute liberação de verbas para distrito turístico
23/11/2017 - 14h46
Corumbá comemora neste dia 23 o Dia Municipal da Cultura
23/11/2017 - 14h26
PMA prende e autua em R$ 60 mil trio de pescadores no rio Paraguai
23/11/2017 - 08h46
Durante fiscalização PMA apreende caminhão com uma tonelada de agrotóxico
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.