CARNAVAL CORUMBÁ 2018 II
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Meio ambiente - 25/02/2009 - 09h17

Embrapa desenvolve pesquisa para controle do inseto cochonilha-do-carmim no Nordeste




Por Agência Brasil

 

O controle biológico e a seleção de plantas resistentes são tecnologias em estudo para conter a infestação em palmais cultivadas no Nordeste pelo inseto cochonilha-do-carmim. O estudo é liderado pela Embrapa Semi-Árido (PE), junto com Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), e a Empresa Estadual de Pesquisa Agropecuária da Paraíba (EMEPA), que procuram tornar viáveis medidas de controle para o manejo integrado dessa praga que, por ano, causa prejuízos estimados em 150 milhões de reais.

Segundo o pesquisador Carlos Gava, o projeto consiste em reunir uma rede de pesquisadores para resolver os problemas dos ataques do cochonilha-do-carmim nas palmas forrageiras do semi-árido. A palma forrageira é uma atividade lucrativa para os produtores. Além de servir de alimentação para os rebanhos, ela permite que as famílias tenham renda extra. A forrageira é o único alimento que o animal tem no período de seca, porque a palma permanece verde durante esse período.

Gava ressalta que esses insetos causam uma reação tóxica nas plantas, que é capaz de matá-las rapidamente. Os produtores podem ter perdas de até 100% da produção da reserva, enquanto o risco potencial para o estado é calculado R$ em 2 bilhões ao ano, o que acaba afetando a produção de carne e leite para serem comercializados.

Por meio da desenvolvimento de tecnologia de controle biológico usada em microorganismos e insetos predadores nativos e exóticos, várias práticas alternativas de controle de inseto já estão sendo realizadas em áreas de ocorrência como na Paraíba, Pernambuco e Ceará.

A pesquisa teve início em 2007. No período inicial foram selecionadas algumas tecnologias que podem originar produtos importantes. Para aplicação no campo ainda é preciso mais tempo para que essa tecnologias sejam protegidas e tenham um desempenho efetivo, mas até o final do ano os produtores já devem contar com algumas delas para combater a praga.

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
11/01/2018 - 08h00
PMA captura lagarto dentro de banheiro de escola
03/01/2018 - 07h44
MS quebra recordes de queimadas e fecha 2017 com 7.446 focos
19/12/2017 - 08h01
PMA autua pecuarista por desmatamento ilegal
18/12/2017 - 13h38
PMA autua assentado por construir drenos em área de nascentes
15/12/2017 - 16h02
Veado e tatu são resgatados e devolvidos a natureza
 
Últimas notícias do site
19/01/2018 - 15h00
Agenda Cultural: fim de semana está repleto de opções com samba, rock, pop e funk
19/01/2018 - 13h00
Inmet alerta para chuvas intensas e ventos de até 100 km por hora em MS
19/01/2018 - 08h32
Fazendeiro é autuado em R$ 159 mil por desmatamento ilegal
19/01/2018 - 07h35
Carnaval de Corumbá terá Axé Blond, Revelação e baterias da Mangueira e Gaviões da Fiel
19/01/2018 - 07h10
Carnaval de Corumbá: atrações tem até hoje para realizar cadastro
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.