zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Artigos - 16/02/2009 - 08h15

A nova mania nacional




Por Prof Rosildo Barcellos (*)

 

      Ainda existe muita dúvida no que tange a iluminação dos veículos automotores notadamente no tocante ao comentados faróis de Xenon.Não podemos negar que eles facilitam a visibilidade para quem os possui, mas comumente ofusca a visão de quem está de encontro a eles. Essa semana fui procurado para explicar se os faróis de gás xenônio, estão realmente com os dias contados nas vias abertas a circulação publicas brasileiras. Explico que  o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) editou sim, medidas para evitar que a "guerra de luzes" se transforme em acidentes e vítimas. Assim sendo já estão em vigor as Resoluções 227 e 294 do supramencionado Conselho (Contran) que tratam do sistema de iluminação dos veículos entraram em vigor no dia 1° de janeiro de 2009. Ou seja,no que se refere aos faróis de descarga de gás (xenônio), as Resolução exigem dispositivo de limpeza e de regulagem. Tanto os veículos saídos de fábrica a partir de janeiro de 2009 quanto os que forem modificados para o uso deste tipo de farol deverão possuir esses dispositivos. Já os veículos fabricados e modificados com o farol de descarga de gás antes do dia 1° poderão continuar circulando, no entanto, no caso dos veículos modificados é necessário que tenham cumprindo as normas previstas na Resolução 292 (Contran) que trata das modificações de veículos. A informação referente à modificação deve constar no Certificado de Registro do Veículo (CRV) e no Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRV).

      E não poderia ser de outra forma posto que o direcionamento no rosto do facho de luz desses faróis pode causar cegueira momentânea e a longo prazo lesões definitivas na retina provocadas pelo espectro azul. Além disso, já existem estudos constatando que três em cada dez motoristas são portadores de fotofobia, aversão à luz, que aumenta o ofuscamento na claridade e diminui o reflexo no trânsito por funcionar como um gatilho que dispersa a concentração. A dificuldade de adaptação à luminosidade também tem como causas comuns como, por exemplo, o astigmatismo,a catarata e o olho seco (redução da quantidade ou qualidade de lágrima). Evidentemente a menor visibilidade reduz o senso de velocidade aumentando a chance de acidentes e é o que está acontecendo, haja vista que assim como na vida, o condutor só pensa em si e em ver melhor, e troca o equipamento simplesmente e esquece de toda a sistemática de regularização; o que o faz estar sujeito a infração do art. 230, VII, do CTB – lei 9503/97 ("conduzir o veículo com a cor ou característica alterada"), classificada como grave (5 pontos) e para a qual há previsão de multa, no valor de R$127,69, e concomitantemente a retenção do veículo para regularização. Outrossim no caso do sistema de iluminação deve se observar também as cores das lâmpadas. Segundo Resolução 227, independente do tipo de lâmpada a cor do facho de luz emitido pelo farol deve ser branca. Para um melhor esclarecimento, o farol de xenon é composto por reatores elétricos e lâmpadas a gás. Essas lâmpadas a gás apresentam um bulbo (cápsula de vidro fechada) que contém em seu interior gases que apresentam grande poder de luminescência. Dentre os gases presentes o mais importante é o gás nobre denominado "Xenônio".

      Assim, o reator proporciona uma alta descarga elétrica (Hid Intensity Discharg), de onde veio o termo HID XENON, que faz com que a mistura gasosa vibre suas moléculas a uma frequência adequada à produção de luz, proporcionando uma forte emissão luminosa. A iluminação obtida desta forma é aproximadamente 3 vezes superior àquela obtida com lâmpada halógena e com um consumo 40% inferior.

      Convém enfatizar que em conformidade com o que preconiza a resolução 294 do Contran, só poderão circular com faróis de xenônio os carros que tiverem um sistema que regula a altura das lâmpadas quando há desnível na pista ou sobrecarga do porta-malas. A regulagem da altura das lâmpadas impede que o facho de luz do farol seja alterado e ofusque outros motoristas. Também são obrigatórios os limpadores de farol. Nesse caso, o lavador da lente ajuda a manter o farol sempre limpo, para que nenhuma intervenção na lente desvie o facho, enquanto a regulagem automática de altura garante sempre que se ilumine somente a estrada, mesmo que o carro esteja com sua lotação de pessoas ou de carga completa.Na prática, quem instalou os faróis de xenônio provavelmente terá que encontrar outra alternativa ou removê-los, como aconteceu há algum tempo atrás com os engates, que também viraram mania nacional.

(*) è articulista

Os artigos publicados com assinatura não representam a opinião do Portal Pantanal News. Sua publicação tem o objetivo de estimular o debate dos problemas do Pantanal do Mato Grosso do Sul e de Mato Grosso, do Brasil e do mundo, garantindo um espaço democrático para a livre exposição de correntes diferentes de pensamentos, idéias e opiniões. redacao@pantanalnews.com.br

Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 

zap2
Comentários
 
Últimas notícias do canal
24/07/2017 - 09h01
Atentado à Vida de Plácido de Castro
22/05/2017 - 09h01
Heraldo Pereira e Bosco Martins: um breve reencontro entre amigos
04/05/2017 - 14h30
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte VI
02/05/2017 - 11h08
O poeta de Sobral
24/04/2017 - 09h53
Dr. Francisco Cavalcante Mangabeira – Parte V
 
Últimas notícias do site
26/07/2017 - 10h04
Kits do Desafio Piraputanga de Mountain Bike começam a ser entregues
25/07/2017 - 16h35
Acelerador trava durante teste, ultraleve capota e fere piloto no pé esquerdo
25/07/2017 - 16h02
Divulgada marca da etapa Centro-Oeste dos Jogos dos Institutos Federais
25/07/2017 - 14h16
Rádios do MT e MS assinam contrato para funcionar em FM
25/07/2017 - 10h21
SOS Mata Atlântica monitora a qualidade da água dos rios de Mato Grosso do Sul com o auxílio de voluntários
 

zap

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.