zap
   

especiais

seções

colunistas

blogs

enquete

Na sua opinião, o Pantanal já sente os efeitos do desmatamento?
Sim
Não
Não sei
Ver resultados

tempo

newsletter

receba nosso newsletters
   
Rádio Independente

expediente

Pantanal News ®
A notícia com velocidade, transparência e honestidade.

Diretora-Geral
Tereza Cristina Vaz
direcao@pantanalnews.com.br

Editor
Armando de Amorim Anache
armando@pantanalnews.com.br
jornalismo@pantanalnews.com.br

Webmaster
Jameson K. D. d'Amorim
webmaster@pantanalnews.com.br

Redação, administração e publicidade:
Aquidauana:
Rua 15 de Agosto, 98 B
Bairro Alto - CEP 79200-000,
Aquidauana, MS
Telefone/Fax (67) 3241-3788
redacao@pantanalnews.com.br

Escritório:
Corumbá:
Rua De Lamare, 1276 - Centro
CEP 79330-040, Corumbá, MS
Telefone: (67) 9235-0615
comercial@pantanalnews.com.br
pantanalnews4@terra.com.br

 
Finanças - 09/02/2009 - 08h36

Inflação medida pelo IPC-S tem leve desaceleração




Por Marli Moreira, da Agência Brasil

 

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), apresentou alta de 0,81% na apuração referente ao período de 31 de janeiro a 7 de fevereiro. O resultado ficou 0,02 ponto percentual abaixo da medição anterior (0,83%). A principal contribuição veio do grupo educação, leitura e recreação que, pela primeira vez em quatro pesquisas, diminuiu o ritmo de aumento da taxa, passando de 3,53% para 2,91%.

Dos sete grupos pesquisados, quatro desaceleraram, um apresentou redução e outros dois ampliaram a velocidade de altas. Em transportes, o IPC-S subiu 0,66% ante 0,74%. Já em habitação, a taxa passou de 0,31% para 0,29% e em saúde e cuidados pessoais, de 0,45% para 0,43%. O grupo vestuário apresentou deflação de 0,27%, acentuando o recuo verificado no levantamento anterior (-0,19%), devido às liquidações de roupas. Os preços desses artigos, que já estavam em queda (-0,35%), diminuíram ainda mais (-0,72%).

Em movimento contrário, os preços dos alimentos avançaram de 1% para l,16%,  sob pressão das hortaliças e dos legumes, que ficaram em média 5,07% mais caros ante uma taxa anterior de 4,17%. O tomate continuou com variação negativa (-13,52%), mas indicando recuperação, uma vez que na pesquisa anterior a taxa havia ficado em -17,39%. O mesmo movimento ocorreu em relação ao limão, que apresentou variação de -34,64% ante -35,89%. Outros dois produtos apresentaram queda: o mamão papaia (-6,94% ante 0,29%) e o pimentão (-13,95% ante -6,53%).

Também houve aceleração no grupo despesas pessoais, cuja taxa subiu de 0,36% para 0,44%, com destaque para as bebidas alcoólicas, que tiveram alta de 1,92% ante 1,53%.


Compartilhe


Deixe o seu comentário

Todos os campos obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.

Nome:

E-mail:

Seu comentário:
Sistema antispam

Digite aqui o código acima para confirmar:


 


Comentários
 
Últimas notícias do canal
13/12/2013 - 06h35
Consultas ao último lote do IR abrem segunda; 711 mil caem na malha fina
28/08/2009 - 10h37
Força Nacional terá base aérea na fazenda Itamarati
05/06/2009 - 17h40
Trabalhadores têm até o dia 30 para sacar Abono e rendimentos do PIS
01/06/2009 - 11h27
Bovespa inicia semana acima dos 54 mil pontos
01/06/2009 - 09h09
Analistas mantêm estimativa da inflação oficial em 4,33% neste ano
 
Últimas notícias do site
17/11/2017 - 16h03
Viralizou: cachorrinho 'penetra' na balada é a imagem mais fofa que você vai ver hoje
17/11/2017 - 10h18
Fim de semana tem sertanejo, funk, comédia e teatro
17/11/2017 - 07h53
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
17/11/2017 - 07h44
Proprietários rurais são autuados por manterem carvoarias ilegais
17/11/2017 - 06h14
Confira as ocorrências dos Bombeiros das últimas horas
 

88

Untitled Document
 ® 2009  

CPN - Central Pantaneira de Notícias
PantanalNEWS - Marca registrada 1998-2009
Todos os direitos reservados.